icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Quando te Arrependes de Usar uma Peça De Roupa

Não é a primeira vez e de certeza não ser a ultima que visto algo que me venho a arrepender. Felizmente já tenho ferramentas suficientes dentro de mim para saber lidar com a situação.

Nos Alive foi na semana passada e um dos meus looks fez imenso sucesso nas minhas redes sociais, mas ao vivo foi uma pressão enorme para mim. Foi inclusive, considerado pela MSN um dos melhores looks do Alive. Yeahhh que honra para mim :).

Quando fiz a escolha das peças nunca pensei vir a sentir-me desconfortável com elas, mas parece que ainda não entranhei na minha cabeça que já não peso 45 kilos e que os meus 54 a roupa ao vivo não fica tão gira como o reflexo que vejo no espelho do meu quarto.

Na realidade ninguém reclamou ou fez qualquer comentário depreciativo, mas eu sentia-me demasiado exposta. Os calções pareciam ter encolhido de um dia para o outro e continuavam a encolher à medida que caminhava pelo recinto. Duvido que algum dos cavalheiros deitados na relva tenha desgostado da vista :).

Mas sabem, o importante nessas e noutras situações mais desconfortáveis é manter a cabeça erguida, a confiança e andar como se nada fosse. Ninguém diria que me estava a sentir mal ou a sonhar por umas calças. mantive a postura até ao fim. Esse é o recado que vos quero dar.

A maior parte das mulheres, quando não gosta do que leva vestido, ou porque é curto demais, ou longo, ou largo ou apertado ou porque simplesmente ela tem a auto-estima tão em baixo que não gosta de se ver com nada, esconde-se e fica tão desconfortável ao ponto dos outros notarem. Se vocês mantiverem a postura e a confiança vão mais depressa passar despercebidas do que ao contrário.

Fica a dica para o fim-de-semana

Beijinhos

Sofia

Conta uma História…

Aprende a contar uma história nas tuas redes sociais.

Ou então aprende a captar a atenção dos teus seguidores,

como chegar até eles, sobre o que falar e como o dizer?

Podem aprender isto e muito mais no curso do Martim Mariano que irá acontecer amanhã, no dia 15 de Março em Lisboa. Deixo-vos o link para que se possam inscrever ou obter mais informações:

Curso de StoryTelling

se usarem o meu cód. têm um desconto de 30€ – storydiariobatom

Beijinhos grandes e sejam muito felizes

Sofia

Quem Quer Namorar com o Agricultor?

Bem não posso mentir que me senti muito tentada a concorrer ao novo reality show da Sic mulher “Quem quer namorar com o Agricultor”

Entusiasmava-me pela aventura de viver um pouco do meu sonho de viver numa quinta com animais, mas depois tudo o resto vai contra aos meus ideias.

Não me imagino a colocar-me em posição de ser escolhida por alguém. Eu sei que na realidade somos, mas ninguém nos afila na parede e diz…és tu, anda cá. Fazem isso quando é para identificar um criminoso, não a mulher com quem se quer ficar.

Depois o histerismo e o desespero que algumas mulheres se colocam é muito triste e humilhante (estou a seguir o Espanhol) . Todas dizem que se apaixonaram por uma foto e depois era amor até morrer sem interesses algum…please!!! Mas alguém acredita nisso?! Muita imaturidade.

Sei que sou muito, ou até demasiado racional no que diz respeito a apaixonar-me e talvez por isso não iria durar nem 1 dia no programa. A não ser que ele aproveitasse a minha ida à quinta para ter mão de obra gratuita lol…eu até conduzo tractores e adoro. Não iria entrar em conflito com nenhuma mulher por nenhum homem, por isso acho que não causaria polemica, nem problemas pois iria  ser demasiado pacifica.

Não sou nenhum mar de rosas, tenho imenso mau feitio, aviso já e quando me chateiam posso ser bruta, mas sem perder a postura. Depois sou demasiado sincera e acho que iria estar a tentar tratar todas as carências do grupo com os meus conselhos lol, ainda desistiam todos do programa ou se apaixonavam as pessoas erradas.

Mas estou ansiosa para ver o programa Português e espero que seja bem mais elegante que o Espanhol (que também me ajudou muito a desistir, pois não iria permitir nunca cenas intimas minhas com ninguém…a não ser a dar festinhas nas vacas, nas ovelhas lol nos animais da quinta).

Beijinhos a todos e quero ver esses romances  a florescerem

Sofia

Ps. um dia espero ser eu a agricultora. Digam lá pelas fotos se não ficava bem 🙂

Conan ou Não Conan eis a questão!!!

Temos que admitir que mesmo que não se entenda, ou se goste da música de Conan ele tornou-se um herói mais poderoso que o fofinho e tolinho Salvador.

De forma viral todos fomos partilhando os vídeos dele porque achávamos uma piada de mau gosto a sua participação no Festival da Canção.

Não quer isto dizer que as músicas que participem do Festival tenha grandeeeeee qualidade mas pelo menos têm uma letra e fonética normal ao evento em questão.

As músicas de Conan são mensagens, são críticas, são sei lá o que mas o que é certo é que “Passito a Passito” ele foi conquistando o nosso coração e ouvido.

Um dia na dúvida de quem seria este fenómeno, comecei a segui-lo no instagram e gostei dos seus textos, das suas fotos, da sua humildade e das suas conquistas. Apercebi-me que quem o apoiava gostava mesmo dele de coração. Ele é muito genuíno

Aos poucos, sem conhecer muito o seu trabalho e música até comecei, em segredo, a torcer pelo rapaz.

Existe um processo criativo, mesmo que seja difícil explicar. O que é certo que se todos fossemos ouvir o que os outros têm a dizer sobre o nosso trabalho, Picasso nunca haveria ter saído da fase azul…faço-me entender, certo? E Picasso deve ter sido o Conan da altura, assim como Leonardo Da vinci com as suas invenções,

Conan passou!!! e vai representar Portugal na Eurovisão e que seja o que o público quiser. Podemos não ganhar mas de certeza que ninguém ficará indiferente à sua actuação e Portugal voltará a estar nas bocas do Mundo!!!

Força Conan!!! Canta e encanta com o teu coração como tens feito até agora 🙂

Beijinhos

Sofia

E o Oscar Vai para….

Na madruga de Domingo realizou-se a 91o edição dos Oscars.

Foi uma cerimonia um pouco seca, pois este ano ninguém aceitou fazer a apresentação do mesmo devido às polémicas e escândalos em Hollywood, mas acabou por contar com uma incrível actuação da Lady Gaga e Bradley Cooper, discursos únicos e emotivos e alguns vestidos que me deixaram a suspirar.

Esteve longe de ser aquilo que já foi e que nos habituamos ao longo dos 91 anos. Sente-se um pouco o cair do Glamour, de uma Evento que era o mais esperados e importante do ano.

Mas vamos dar uma voltinha pela Red Carpet e educamente e sem ofender ninguém, até porque adoro a maior parte dos profissionais, dar a minha humilde simples opinião sobre os looks que por lá passaram. Isto é um momento de entretenimento por isso irei dizer algumas piadas que me vieram à cabeça.

Os comentários estão nas legendas das fotos.

Divirtam-se e partilhe comigo a vossa opinião.

OS LINDOS MARAVILHOSOS QUE ME FAZEM SUSPIRAR (os vestidos, claro e o Chris Evans)

 

OS QUE NÃO ME AQUECERAM NEM ME ARREFECERAM

 

SERÁ QUE ELES SABIAM QUE IAM PARA OS OSCARS?

 

Beijinhos, espero que se tenham divertido.

Sofia

Como Tornar o Natal ainda mais Especial

Eu sou uma entusiasta pelo Natal. Uma eterna criança nesta época que fica maravilhada pelas decorações, as musicas, as roupas os presentes, os jantares de Natal e toda a magia que envolve esta época.

Não me torno uma pessoa boa ou especial apenas em Dezembro, felizmente aprendi com o tempo que dar e receber pode ser feito a qualquer altura do ano. Mostrar a alguém que gostamos dela, ou que lhe estamos agradecidos deve ser um acto sem data marcada, espontâneo e depois sim torna-se um momento especial.

Talvez no Natal existam as obrigações sociais que tantas vezes são confundidas como cinismo, mas se forem feitos com amor e carinho não deixam de ser amor, mesmo que seja um cliché.

Este ano, não podia deixar de fazer para a minha família os meus famosos Cartões de Natal. São uns 30 anos a fazer Cartões e vou dizer-vos que a imaginação já custa. Uns anos correm melhor outros pior. Este ano não foram os Cartões mais fofos de sempre por isso compensei nos embrulhos.

Fui a um pinhal e estive a apanhar do chão algumas das ramas caídas e juntei aos lindos embrulhos e o resultado ficou fantástico.

Deixo-vos a dica para o ano ou quem sabe noutra época festiva. Como disse em cima para mostrar o quanto gostamos dos nossos não data nem dia.

Beijinhos e Boas Festas

Sofia

 

 

Os Palhaços das Estradas

Natal e Passagem de Ano, para além de toda a folia,  festa, felicidade, presentes, animação, também é uma época famoso pela quantidade de acidentes que há nas estradas.

Podem achar que é porque as pessoas estarem mais alcoolizadas (que óbvio não ajuda), mas grande parte é porque as pessoas simplesmente conduzem sem qualquer influência das regras de condução.

Eu vivo sempre com o coração nas mãos com os idiotas que mudam de faixa e não olham para os lados (eu olho mesmo para os vidros até mais do que os espelhos) apenas para garantir que o caminho está livre. Já para nem falar que fazem essa mudança e como se acham os melhores condutores do mundo não precisam de pôr pisca.

Nesta época pôr o pisca até podia combinar com as luzes de Natal e nem assim, as pessoas sabem usá-lo e não entendem que não tem a ver com a pinta com que conduzem, mas para mostrar aos outros condutores o que lhes passa pela cabeça.

Já agora, deviam retirar os sinais de perda de prioridade, stops…já ninguém os usa, a maior nem abranda, simplesmente aceleram para se colocarem à frente, até podia até ser para andarem mais depressa, mas não, a maior parte é apenas para ficar na frente, como se tratasse de uma competição. Até porque quem vai numa autoestrada a 120km/h é super tranquilo ter que abrandar, travar ou até parar para um carro entre a 60 km/h

O incrível de tudo é que a educação das pessoas na estrada passou a ser completamente inexistente. Quem se coloca na frente é incapaz de agradecer ao carro detrás. Se buzinas para alertar que estás perto ou o outro o condutor não te está a ver, corres o risco que o outro saia do carro para te bater e não te escapas de uns palavrões, umas ameaças ou até uma espera. No pára arranca (e aqui as mulheres são as piores), as pessoas com o medo de perder o lugar não deixam os carros das outras vias passarem, nem que seja para irem para outro caminho. Sentem-se os donos  do mundo a travar a circulação, só para  que ninguém lhes passe a frente. Já agora há uma regra de educação, que se diz…deixar entrar 1 depois passamos nós.

Não posso também deixar de referir o perigo dos peões que estão no passeio e do nada atravessam na passadeira. Mesmo que um carro vá a 20km/h já é o suficiente para doer muito uma pancada. O Peão deve parar para ser visto e depois atravessar.  Estou apenas a dar uma dica, melhor parar e estar vivo, do que impor uma obrigação e acabar ferido ou até morto.

Ahhh já agora quem passa na passadeira como se estivesse a  passear no campo a gozar com quem está no carro…sim passá-nos muitas coisas pela cabeça…

Telemóveis…please. comprem um auricular, são tão baratinhos e parem de escrever mensagens no carro, ou menos façam das gravadas que é menos arriscado do que olhar para o ecran a escrever. Tudo isto contribui para que se distraiam e podem provocar muitos acidentes, assim como conduzir com muito sono. Mais vale parar um pouco e descansar, do que dormir mais tarde no hosital.

Não pastelem na faixa do meio. Querem ir na boa, encostem-se à direita e deixem os outros circularem ao seu ritmo, ou então vão para casa.

Um lembre-te para quem anda de bicicleta. Montados nas mesmas vocês são veículos. Querem passar na passadeira é ao lado da vossa menina, em cima vocês não sao peões.

Motas…tanto a dizer sobre as motas e não sei mesmo como não morrem mais. A coragem que é passarem entre os carros a altas velocidades ou entre os raides. Não temos as mesmas regras de condução ou para eles é diferente?

Acredito que por andarem de mota não têm a noção do sustos que nós, os que  vamos dentro do carro apanhamos convosco. Ou por causa do barulho que só chega no momento em que passam por nós. Ou porque há ângulos que os motociclistas desaparecem por completo. Ou quando olhas pelo espelho e não vem ninguém e em segundos tens uma mota atrás de ti ou a ultrapassar-te a velocidades assustadoras!! Medo.

Eu sei que os motociclistas vivem zangados com os condutores, porque não temos cuidado com eles, mas muitos de vocês vivem numa estrada imaginária que só vocês conhecem. Se andassem nas faixas como todos nós, acredito que tudo iria ser mais tranquilo. E não estou a desculpar os condutores, porque há muitos que são umas bestas e azelhas e ordinários, mas se não arriscassem tanto a vida em ultrapassagens loucas, provavelmente iria correr tudo melhor.

E para quem anda de t-shit e calções de mota, nas AE …gabo-vos a coragem…até doí só de ver.

Bem aqui fica o meu contributo para um época com menos acidentes!!! Por favor tenham cuidado e não se considerem o melhores condutor do Mundo, nem sejam arrogantes e egoístas atrás do volante, senão não passam de uns palhaços que acham que são os maiores e apenas são os maiores idiotas de sempre.

Temos imenso tempo para chegar e mais vale vivo no nosso carro do que de ambulância.

Já agora as rotundas, quando entras vais para dentro e quando vais sair, colocas o pisca a começar a ir para a faixa de fora. Eu sei que custa quando ninguém faz isso, mas garanto se o fizeres vais-te senti muito melhor.

(por falar em ambulâncias dêem-lhes passagem quando elas vão em marcha de urgência!! Tenho assistido a imensas situações em que os carros simplesmente não saem da frente).

Beijinhos e boas festas e sejam felizes e conduzam em segurança

Sofia

 

 

 

 

Ao Fim das Touradas

Vamos então ao tema das touradas.
Leiam até ao final, antes de começarem a espernear:

Quando era pequenina tive o sonho de ser toureira a cavalo. Montava e conhecíamos vários cavaleiros e ganadarias e por isso o ambiente touradas era normal na família. Na altura olhávamos muito para a elegância das roupas, dos cavalos, dos cavaleiros e dos banderilhos e passava-nos um pouco ao lado a tortura do touro.

Felizmente há muitos anos tudo mudou em mim e na minha família e nenhum de nós tolera touradas e somos contra. Gosto das roupas para os estilistas e para as tendências de moda, mas adorava que os touros estivessem livres e soltos no campo. Também sei que o Touro só existe por causa das touradas, caso contrário seria apenas um animal de pasto e aos poucos iria desaparecer (pois para quem trabalha com animais eles passam a ser um encargo).

Tourada é um evento cultural e tradicional que está entranhada nas veias e raízes de imensas vilas, aldeias, ilhas de Portugal, mas da mesma forma que as lutas de gladiadores e as arenas de massacre terminaram, as touradas já podiam ter evoluído para um touro mecânico conduzido por comando à distância.
Em relação às descidas do IVA parece-me que é uma forma de os nossos políticos mostrarem quem manda e que somos um país que a vontade do povo fica-se pelos posts do facebook. Podemos ser cada vez mais pessoas contra as touradas, mas continuamos a ter uma voz muito pequena. Para além disso o Mundo das touradas é um mundo rico e que se ganha bastante dinheiro e não estou a ver a RTP ou outro canal de televisão perderem aquele dinheirinho por causa da saúde de um touro.

Infelizmente na Politica o dinheiro falará sempre mais alto, seja na direita, no socialismo ou no comunismo.
Interesses meus queridos isso sim são as grandes touradas de Portugal.

Beijinhos e espero mesmo que tudo mude muito em breve e que deixem o touro ser touro no pasto, junto das vaquinhas e os outros animais, sem terem que o usar para mostrar que alguns homens são machos e superiores à espécie, quando são apenas assassinos que sacrificam animais.
(também sou contra a caça como desporto, circos com animais, animais amestrados e que vivem em tanques como os golfinhos do jardim zoológico)

Já agora é a minha opinião sejam educados a darem a vossa 

Aproveito para deixar um link para assinarem a petição. Eu já o fiz

https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=Touradas-Referendo&fbclid=IwAR1MJijZ6orev_yfxYo7uQBwBAgqMixZ6l86KH0VCSVfhDueuloI4O9uO0E

Beijinhos e Bom fim-de-semana

Sofia

Bohemian Rhapsody

Cantei, ri, chorei, bati palmas, fiquei várias vezes arrepiada.

Estas foram as emoções que senti durante o filme “Bohemian Rhapsody“.

Uma incrível interpretação do actor Rami Malek que veste o papel de Freddie Mercury  e que no final do filme se torna uma fotocópia do original, duranteo concerto Live Aid

Não consigo dizer se as datas e os factos batem certo, até porque eu era apenas uma criança quando os “Queen” reinaram no mundo da Música. Mas creio que a ideia geral da banda, a excentrecidade de Freddie, a relação da banda e do processo criativo está lá.

Os actores secundários como o guitarrista e baixista são idênticos aos originais. Até faz impressão e levá-nos a uma viagem no tempo, em que cantávamos ao som de um homem que dava o corpo e alma no palco e às suas criações.

Se Queen não tinha uma linha a seguir, se gostava de quebrar as regras, e aproximar-se daqueles que ficam num canto e que são pouco compreendidos pela sociedade ,então Bem haja por essa ganância e pela vitória, porque chegou a bem mais pessoas que isso. Basta rever os concertos os originais e a estado do público.

Se gostava de Queen fiquei ainda mais ligada a eles. Sai de lá com vontade de acordar o Freddie que há dentro de mim e abanar a minha vida por completo.

Freddie é uma lenda, um génio e ele sim é legendary mil vezes!!! A banda é incrível e não se lhes pode tirar o mérito de serem excelentes músicos mas os Queen são Queen por causa de um pequeno indiano com dentes grandes que tinha atitude e confiança para dar e vender.

O nome do filme “Bohemian Rhapsody” vem de uma das suas músicas mais icónicas que atrevo a dizer que é uma obra de arte do mundo da música! Se alguém algum dia duvidou do seu sucesso é porque não entende nada de música.

Agora deixo-vos pois vou ouvir alguns dos clássicos deles e cantar como se ninguém estivesse a ouvir e a ver.

Vejam o filme e depois falamos 🙂

Já agora Freddie faz muita falta ao mundo. Se ele não tivesse apanhado a doença tão cedo, tenho a certeza que ele ainda estaria vivo a fazer-nos muito felizes

Beijinhos

Sofia

Bohemian Rhapsody

Cantei, ri, chorei, bati palmas, fiquei várias vezes arrepiada.

Estás foram as emoções que senti durante o filme “Bohemian Rhapsody”

Uma incrível interpretação do actor Rami Malek que interpreta o papel de Freddie Mercury que se torna uma fotocópia no final do filme – concerto Live Aid.

Não consigo dizer se as datas e factos batem certo porque eu era apenas uma criança quando os “Queen” reinaram no mundo da Música. Mas creio que a ideia geral da banda, a relação entre eles, o processo criativo está lá e principalmente a pessoa Freddie.

Os actores secundários como o guitarrista e baixista são idênticos aos originais, até faz impressão e sem dúvida que nos transporta para uma viagem no tempo em que cantávamos ao som de um homem que dava o corpo e alma no palco e às suas criações.

Se Queen não tinha uma linha a seguir. Se gostavam de quebrar as regras, e aproximarem-se daqueles que ficam num canto e que são pouco compreendidos pela sociedade então Bem haja por essa ganância e pela vitória. Melhor ainda é que a música dos Queen chegou a todos e é intemporal.

Se gostava de Queen fiquei ainda mais ligada a eles e ao seu propósito da sua existência..

Freddie sem dúvida que é uma lenda, um génio e ele sim é lengendary mil vezes!!! A banda é incrível e não se lhes pode tirar o mérito de serem excelentes músicos, mas os Queen são Queen por causa de um pequeno indiano com dentes grandes que tinha atitude e confiança que poucos tiveram.

O nome do filme “Bohemian Rhapsody” vem de uma das suas músicas mais icónicas que atrevo a dizer que é uma obra de arte do mundo da música! Se alguém, algum dia duvidou do seu sucesso é porque não entende nada de música!!!

Agora deixo-vos pois vou ouvir alguns dos clássicos deles antes de me deitar e cantar como se ninguém estivesse a ouvir e a ver.

Para terminarr, Freddie faz muita falta e se ele tivesse tivesse tidoo SIDA 10 anos depois ainda estaria por cá a fazer-nos muito felizes.

Vejam o filme é depois falamos 🙂

Beijinhos

Sofia