icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

As Desculpas que te Destroem e te Afastam do Sucesso

Como sabem há uns 4 anos atrás comecei uma viagem emocional que se veio a tornar muito importante na minha existência.

Descobri muita coisa sobre mim e descobri também muito sobre o ser humano e de como ele vive na sociedade.

Uma das coisas que aprendi é que a maior parte das pessoas vive e consome-se de desculpas. Tudo o que não consegue atingir arranja uma desculpa ou um culpado para o seu insucesso. O engraçado é que isto torna-se tão viciante que as pessoas não conseguem entender o mal que isso lhes faz, pois não conseguem encontrar uma alternativa nem muito menos arranjar forças para mudar o que não gostam. Então apontam o dedo aos outros em vez de apontarem os dedos a si mesmos.

Vou dar-vos uns exemplos:

“Não consigo deixar de fumar porque o meu marido fuma”

“Não consigo emagrecer porque não há restaurantes de saladas”

“Não treino porque não gosto de ginásios”

Para todas estas situações e mais aquelas que nem mencionei, há solução, basta quererem, certo? conseguem ver que as desculpas são apenas formas de vocês atrasarem os resultados ou então até de os boicotar?

É muito mais fácil, por muito que seja triste, pesado, duro, manter o que conhecem do que sair da vossa zona de conforto? Porque não há mudanças imediatas e fáceis e essas duram pouco e fazem-nos cair novamente no pecado e na traição.

Quando vocês tomam a decisão de mudar a vossa dieta, o vosso corpo, ou os vossos vícios devem faz-lo de forma a mudar tudo para sempre. Não são por períodos que as coisas vão ser melhores é mesmo para mudar o vosso estilo de vida. Mesmo que venham a perder determinados confortos, as vossas mudanças devem ir ao encontro da vossa felicidade.

Se querem olhar para um corpo bonito, não olhem para a pessoa ao lado mas façam para olhar para o vosso.

As decisões que tenho tomado, tem sido pela minha felicidade e bem estar.Por exemplo ao treinar em casa (pois deixei de ter vontade de ir ao ginásio) perdi todos os patrocínios que tinha de desporto. As marcas assumiram que eu não estava a treinar, mesmo falando sobre isso, mostrando vídeos caseiros e o meu corpo ter começado a mudar para melhor.

Pois bem, para mim poderia ser mais interessante reverter essa situação voltando ao ginásio mas sei na minha mente que irei reverter algo mais importante ainda que é o meu corpo e o amor que sinto por ele.

No final de contas o que conta é mesmo a relação que temos connosco, depois disso tudo set distribui pelas aldeias. Se gostar mais de mim, vou gostar mais dos outros. Se estiver mais bem resolvido vou conseguir ajudar mais pessoas.

Eu sei que sou chata a falar destes temas, mas continuo a não chegar a toda a gente, por isso passou a ser para mim uma missão. Aos poucos se todos formos mudando, iremos alcançar melhores resultados em todas as áreas e alcançar o sucesso.

Beijinhos enormes e sejam muito felizes

Sofia