icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Compras e Looks como fazê-los

Acredito que para muito gente é estranho como faço as combinações e conjugações diárias dos meus looks. Vou tentar explicar, pode ser que vos ajude a fazerem as vossas.

Tem muito a ver com a arrumação da roupa que temos em casa e depois como fazemos as compras.

A roupa deve ser arrumada pela lógica de cada um. No meu caso está tudo organizado por estilo: casacos compridos, saias, calças, casacos curtos. As saias estão penduradas aos pares por género como por exemplo: riscas com riscas, padrões, tipo de tecidos, cortes, etc. As calças tenho as de ganga juntas, depois as de tecidos, as de sair à noite, etc. Nas gavetas a mesma coisa, cada gaveta é para determinada coisa. Os top de dia estão juntos, os da dança, os de sair à noite, etc. 🙂

Faço-me explicar? Ajudei?

Também é importante se conseguirem memorizar praticamente tudo o que têm, género catálogo na cabeça, assim automaticamente, quando encontram e compram uma peça já sabem com o quê que vai combinar. Também podem ir às compras já à procura da necessidade, que no caso das mulheres é fácil porque é quase tudo!!! Falta-nos sempre qualquer coisa LOL, por muita coisa que se tenha. Como diz Carrie Bradshaw “Tanta Roupa e Nada para Vestir”.

Ando assim há 2 semanas, olho e olho e por muita coisa que tenha no guarda-roupa, não me apetece vestir nada e ontem até pensei, “Pronto, enjoei de roupa lol”. Mas afinal deve-se ao facto de estar muito cansada por isso a minha elasticidade mental não funciona tão bem. Não consigo facilmente fazer conjuntos de cabeça como outras pessoas fazem contas :P. Ontem quando repeti um look do ano passado, só mostrei hoje porque de noite acrescentei um casaco lindo rosa e como ficou uma graça, pensei que tinha perdido o jeito, lol, Até que ontem fui estragar-me um bocadinho à Zara (que mesmo em Promoções está cara como tudo) e apaixonei-me por um simples top de alças, preto com bolinhas brancas debruado a laranja e mais outras coisas que mostrarei em breve.

Como é costume, não provei nada na loja e raramente o faço (só em lojas que não dá para devolver), assim vejo mais coisas e perco menos tempo. Mas mal chego a casa, toca a provar tudo e tenho a liberdade de um espelho gigante (as portas do meu roupeiro) e de fazer combinações com tudo o que tenha à minha volta, roupa, sapatos, acessórios, etc, assim poupo imenso tempo no futuro, porque já sei com o quê vai combinar.

O que não fica bem devolvo ou troco (devolver = a dinheiro/ troca = a outra peça). Por isso eu só arranco etiquetas quando tenho mesmo a certeza que é para ficar. Esse é o truque principal em qualquer compra que se faça. Comprar por comprar acaba por ser uma peça a mais que não se vai usar nunca a não ser que seja um básico indispensável, o que raramente acontece.

Espero que vos tenha ajudado e pensar nisso e dos conjuntos. Tudo isto pode dar algum trabalho mas poupa imenso tempo garanto-vos. Experimentem a roupa em casa, no dia em que a compram (mesmo que tenham já provado na loja).

Beijinhos e Boas Compras

Sofia