icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

A Beleza do Sec XXI com Filtros

Estamos numa era muito complicada de entender e de fazer parte. Ora tentem acompanhar o meu raciocínio.

Somos bombardeados. de forma positiva de mensagens e exemplos, em que temos que nos aceitar, aprender a lidar connosco e principalmente a amar-nos. É realmente a era em que nos deixa a pensar sobre o que é ser Feliz, estar feliz e querer ser feliz. Em que nos ajuda a colocar de parte aquilo que todos esperam que sejamos para ir ao encontro daquilo que queremos ser.

Por outro lado as redes sociais trouxeram uma futilidade da imagem. Em que miúdas e graúdas tentam atingir a perfeição e alteram tudo ao ponto de se transformarem-se em boneca de plástico sem expressão e em que parece que saíram todas da mesma fabrica. KK Factory!!

Isso causa, não só uma pressão social de sermos perfeitos como uma contradição sobre tudo o que andamos a escrever nas legendas do instagram. Ora se gostamos tanto de nós porquê a necessidade de mudar?!

Depois tentamos usar as mesmas maquilhagem mas não fica nada igual e o resultado é uma insegurança sobre aquilo que vimos no espelho. Sentimos que não estamos enquadradas mas que temos urgentemente que ser felizes e que nem um filtro nos safa a não ser os gatinhos do snapchat e mais uma vez ficamos iguais e projectamos algo que gostaríamos de ser e não podemos.

Isto tudo assusta-me, porque dou por mim a pensar e ver mil formas de disfarçar as rugas e afunilar o nariz e a tentar ter a boca mais carnuda, etc. Mas felizmente demora tudo uns minutos porque não me gosto de ver artificial por muita maquilhagem que use.

Importante é decidirem o que querem para vocês, e o que vos faz mais feliz. Agora não esqueçam que esta febre das mudanças, plásticas e botox, logo desde miúdas, não passam de crianças completamente estucadas a usar carradas de maquilhagem, que acredito que só saia com uma espátula. Espero mesmo que não sejam infelizes nem se tornem obcecadas com a imagem. Até porque daqui a 20 anos sabe-se lá como é a cara vai ficar com tudo o que já fizeram.

Fiquem-se pelas frases clichês por favor que faz bem menos mal à saúde.

Nota: Pais, eu imagino que não seja fácil viver com adolescentes que querem por força fazer mudanças em tão tenra idade, e que é dificil dizer que não a uma tatuagem, a umas luzes no cabelo a um piercing, mas pensem que estão apenas a contribuir para o vosso filho cresça de forma mais saudável e ser arrependimentos. Até porque sabemos por experiência própria que mudamos rapidamente de gostos e de modas, etc.

Por exemplo fumar faz muito mal à saúde certo? sabem o mal que faz pintar as unhas (verniz) ou acetona ou todos os produtos usados no processo? Pior do que faz às unhas faz às vias respiratórias e pode ser tão grave quanto um cigarro.

Não vos quero assustar, mas não exagerem com as mudanças. Há decisões que tomamos que podem mudar muita coisa para pior mais vale aprenderem a colocar pestanas postiças do que fazer extensões de pestanas, modelar o rosto de que colocar botox e pintem as unhas de vez em quando

Beijinhos e sejam felizes e mais humanos

Sofia