icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Se eu fosse aos Santos

Ontem era para ter ido, hoje era para ter ido, começo a achar que os Santos não me querem nos Santos :D.

Mas se for já sei o que vestir, estou preparada para ir para a Bica ou qualquer canto com musica cafona e pimba e ficar impregnada do cheiro de sardinha assada (só cheiro que eu odeio comer sardinhas).

Engraçado como ir aos Santos se tornou tão moda e tradição e não ir é o mesmo que não estar in “O quê, não foste aos Santos?!!” Sim não fui, não me apeteceu estacionar o fim-do-mundo, andar km a pé, ficar entalada por pessoas na Bica e começar a panicar, não haver nada para eu beber (sem álcool) e ter que aturar empurrões e bêbados pelo caminho e depois voltar a andar km até chegar ao carro.

Tive noites giras, tive noites que não foram nada de especial e todas as noites em que a fartura gordurenta cheia de açucar faz esquecer todos inconvenientes de uma ida aos Santos.

Conselhos:

vão de botins porque o chão é um nojo, porque é fácil apanhar uma valente pisadela, porque é normal que entornem imensas bebedidas em cima dos vossos pés

Vão de calças porque não está calor à noite e porque quando o álcool deixar de fazer efeito vão sentir muito frio e vão pensar na vossa mãe e no ultimo sermão antes de sairem de casa

Casaco sempre!!!

Mala pequena que leve tudo, carregador, chaves, maquilhagem de retoque, etc

Agora partilho o meu look com a blusa muito florida da Serenata (marca Portuguesa)

Beijinhos

Sofia