icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Está quase a chegar 2016

Vou passar com as 12 passas na mão, preparadas pelo meu Pai. A cada passa colocada na boca faço um pedido, peço um desejo, que envolva a minha família, os meus animais, os meus amigos, o mundo e depois para mim. Naqueles 12 segundos, tento não excluir ninguém, por isso coloco virgulas em vez de pontos finais.

Deixo-me para o fim, porque sei que vou ficar bem. Sei que o que quer que a vida me der, será o melhor e eu estou preparada para ultrapassar tudo, vejam coisas boas ou momentos mais difíceis.

A vida ensinou-me a não pedir muito, mas a arregaçar as mangas e a fazer. A espera não trás nada, apenas horas perdidas de vida. O trabalho será sempre recompensado, assim como a audácia, a inovação, a criatividade, a liberdade.

Momentos para sorrirmos não nos faltam diariamente, mas o nosso grau de exigência é que passou a ser tanto e tão ganancioso e fútil que deixamos de apreciar o maravilhoso que a vida e o mundo nos dá. Às vezes precisamos de ter o exemplo dos outros para voltarmos à terra e a fazer o que é correcto e o coração e o instinto nos manda.

Passo mais um ano sem desejar nada em concreto, apenas que haja saúde, amor, trabalho, força e sanidade mental para continuar a luta. O resto vem por acréscimo e o principal tem que permanecer para sempre dentro de nós: Se não acreditarmos, se não nos valorizarmos, se não formos Felizes nada fará o devido sentido.

Beijinhos e que o vosso 2016 seja o melhor de todos os Anos.

Saia em toule – feita à minha medida – PP Couture

Top em lantejoulas – H&M

Pumps – Seaside

Clutch – Primark

Boneca – 

Cabelo – Mad Madmoiselle Vintage Hairstyle

Fotografia – Tozé Canaveira

Sofitel Lisbon Liberdade

Beijinhos e Boas Entradas e Feliz 2016

Sofia