icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Bebé Vicent está a mudar-me

Tem sido tão linda esta minha aproximação do meu afilhado e poder presenciar todo o amor que há entre uma mãe e um filho.

A Cátia tem sido incrível e tem-me ensinado tanto sobre o que é ser mãe e apenas com 3 semanas de vida o Vincent volta a despertar em mim todo o sonho e desejo de o ser que foram colocados de parte devido ao facto de não ter um Pai como companheiro.

Mas afinal uma Mãe pode ser Pai e pode ser tudo. Enquanto houver Amor haverá sempre a força de fazer uma criança feliz e torna-la alguém de especial no mundo.

Um dia disseram-me que não nasci para ser mãe e ao fim de um tempo acreditei. Realmente a minha vida activa e dedicada demasiado a mim, tornou-me numa pessoa egocêntrica e sem vocação materna. Vou sendo mãe dos meus cães e dos meus gatos e de uma forma prática vou partilhando algums momentos de mãezinha com eles.

Para não me custar este destino de ser mulher sem ser mãe, decidi afastar-me de todos os bebes do mundo. Não lhes tocava, brincava qb, evitava muita conversa sobre o tema. Assim a minha missão falhada não era tão dolorosa, era simplesmente aceitar que não tinha nascido para ser mãe. Voilá e tem corrido bem até agora que fui envolvida numa situação em que tenho uma responsabilidade.

Eu serei o apoio do Vincent sempre que for pedido e permitido. Estou cá para ele e serem juntamente com a Cátia uma família e é lindo ver como um bebe pode gerar tanto amor e uma emoção gigante à volta dele. Acho que mais do que nunca entendo como o nascimento de uma criança pode mudar as nossas vidas para sempre e até nascer uma nunca saberemos o que é amar incondicionalmente.

Ter o Vincent no colo a dormir, ouvir os seus barulhinhos, beijar a sua cabecinha, vê-lo crescer e ter a oportunidade de partilhar momentos incríveis com ele  vai ser uma bênção na minha vida e deixa-me tão comovida.

Obrigada Cátia por tanto.

Deixo-vos o presente que dei na semana passada feito com muito amor e carinho pela madrinha babada. Há uns 20 anos que tinha colocado de parte esta minha veia artística e que agora voltou a nascer.

Beijinhos

Sofia