icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

E Todas Se Vestiram de Preto

Podia ser uma noite normal de Passadeira Vermelha nos Globos de Ouro. Cheia de brilho e cor e luxo.

Mas foi uma noite em que todas as mulheres e homens se uniram para colocar um basta, um fim de algo que há demasiado tempo se andava a arrastar no Mundo de Hollywood.

Todos de preto, mas desta vez para se comprometerem como forma de protesto, como se fossem para um enterro. O fim do assédio sexual na indústria mais glamorosa de todas, a do Cinema.

2017 foi marcado pelas condenações, desabafos, denuncias e partilhas de inúmeros actores que se alegavam vítimas de assédio sexual, por produtores, realizadores, colegas e até investidores. Fosse dentro do set ou fora, ou em hotéis, viagens, eventos, etc onde fosse.

Imagino que este escândalo são será novidade para ninguém, até porque se acontece em outras profissões porquê não numa em que a ganancia pela fama ou o medo de ser e deixar de ser é ainda mais real.

De toda estas histórias que foram contadas fica apenas uma questão. Porquê só agora? Porquê continuavam a trabalhar com quem lhes traziam mal estar e desagrado? Medo? Ambição? Ficamos a aguardar as biografias com os pormenores dignos de filme.

Agora esperemos mesmo que seja o fim de uma era de abusos e que a partir de hoje as pessoas sejam valorizadas pelo seu talento, performance, aptidões e amor pela arte de representar e não pela facilidade do poder e de mentes mais perturbadas, seja isto ou em qualquer indústria, meio e cultura.

Deixo-vos alguns dos looks mais bonitos e elegantes da noite assim como o discurso da Ophra que nos deixa sempre de pé a aplaudir

Beijinhos e sejam felizes e mais humanos

Sofia