icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

E Morreram Felizes para Sempre….

Podia contar-vos uma história ou fazer-vos um resumo de um amor que acabou em tragédia ou a coroar alguém depois de morto por causa de choques eléctricos ou uma lobotomia.

Podia tentar explicar como Inês de Castro e Egas Moniz se encontram na Historia, mas não seria a mesma coisa.

Podia dizer-vos tantas coisas, mas nem sei se consegui reter todos os milhares de pormenores que decorrem durante 100 minutos.

Posso em poucas palavras, até porque sinceramente até tenho medo de correr o risco de não escrever bem o suficiente para comentar tão grandiosa obra de arte, contar-vos o que se passou, mas acho que é preciso estar lá para ver e sentir. E sente-se muito!

Dizem que os génios são loucos, então devem estar no Júlio de Matos e isso posso garantir-vos que têm toda a razão!

Não vos quero revelar mais nada, até porque me foi pedido silêncio e a muito custo cumpri.

Entrei num mundo que não era meu e sai de lá mais enriquecida em termos de arte, de representação, dança e de expressão a todos os níveis.

Façam um favor a vocês mesmos e vão ter essa experiência sem medos e receios de serem conduzidos para um mundo de loucos sem voz mas com tanto por dizer.

Eu deixei a minha marca numa parede cheia de nomes e apesar do meu ser apenas mais um, ficará para sempre marcado por esta obra, assim como eu.

Uma peça que termina e começa 2 vezes e que sem pedir aplausos, eu os aplaudo, a todos, de pé e grito BIS, BRAVO!!!! várias vezes por detrás de uma máscara e em silêncio.

E Morreram Felizes para Sempre 

Beijinhos

Sofia

PS. Não se podem tirar fotos e as poucas que tirei foram autorizadas pelo criador…o génio.

O preço do bilhete é entre 35 a 60 euros.

Para grupos existem alguns descontos: Para usufruir do desconto de 15% na compra de 4 a 6 bilhetes, 20% de 7 a 9 bilhetes, ou de 25% na compra de 10 ou mais bilhetes, por favor contacte a Ticketline através de 707 234 234 e ticketline@ticketline.pt ou dirija-se a um posto de venda.

Há quem tenha comprado na Odisseias