icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

A Minha Lancel

Na minha primeira viagem de negócios, há uns 15 anos atrás. Fui a Paris com o meu pai e ele disse-me no avião, enquanto levantávamos voou. Temos que comprar um conjunto de malas para as futuras viagens, escolha umas.

Então na revista de bordo vi um lindo conjunto vermelho e creme da Lancel e disse “quero estas”. Ele gaguejou um pouco e disso Lancel é uma marca cara…lol. Ahhh não sabia, mas não faz mal, havemos de encontrar outras.

Ao passearmos pelas Galerias Lafaytte, final do dia depois das nossas reuniões de trabalho, descobrimos com um enorme desconto o conjunto que tinha folheado no avião. Ficamos radiantes e decidimos comprar, mas por azar as galerias estavam a fechar e mas a muito custo o meu pai conseguiu que abrissem uma caixa e saímos de lá com uma nova vida profissional.

Eu sentia-me uma mulher de negócios e pronta para o Mundo, com o meu trolley, necessaire e mala para o portátil e pastas.

Mas há medida que os anos avançaram, o tamanho dos portáteis também, o meu gosto foi mundo e a vinda de um trolley para o computador parecia-me tão prático e confortável. Por isso o meu kit Lancel, ficou arrumado….

No outro dia a passar com o meu trolley do computador, por um técnico de informática, ele disse-me para não andar com o computador ali. A trepidação, os diferentes pisos faziam mal ao disco do computador e por isso talvez tenha dado cabo de 2 nos últimos anos. Claro que relaciono logo estes acontecimentos ao azar e má sorte que tenho com este género de “electrodomésticos”…mas afinal é apenas desconhecimento sobre como o Mundo informático funciona e deve ser estimado.

Uns dias depois comecei a ver todas as minhas possíveis pastas e sacos para fazer a substituição, até obviamente comprar um novo, todo giro. Mas na minha busca para uma solução rápida, dei de caras com a minha cara, elegante e chique Lancel que estava tão estimada e pouco usada.

O Computador “Cabia”, parecia gata borralheira no dia da visita do príncipe! Adoro, não podia estar tão feliz até mais, por saber que um presente tão querido e lindo voltava a ser usado no meu dia-a-dia e ainda consegui poupar uns Euros!!!

Obrigada Pai por este luxo que se mantém 15 anos depois.

Fica a dica, antes de pensarem em comprar algo novo, dêem uma volta no vosso passado, pode ser que ainda se vão surpreender muito.

Beijinhos

Sofia