icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

PT ou não PT eis a questão

Vou contar-vos uma pequena história.

Há muitos anos, mais de 13, decidi inscrever-te no ginásio após 6 anos afastada do desporto por causa de uma ruptura de ligamentos. Contra as recomendações do meu fisioterapeuta, que acho que só me queria só para ele lol, segui em frente e disse para mim, logo se vê, não posso é continuar assim.

Fui para a novidade da altura o famoso Holmes Place de Oeiras. Era tudo novidade, caras giras, tudo lá dentro parecia um ginásio saído da novela da Malhação.

Estava feliz e fiz de imediato novas amigas e amigos.

Andava pelo ginásio e frequentava algumas aulas como Ioga. Foi nessa aula que conheci o meu ex ex (infelizmente o homem que veio a dar completamente cabo da minha cabeça e estrutura emocional, mas isso é outra história).

Lá andava eu pelo ginásio a fazer as máquinas que me tinham recomendado fazer. Os Pt rondavam-me para que “comprasse” pacotes de personal trainer mas não conseguia suportar os custos do gym mais os dos Pts.

Aos pousos fui completamente abandonada no ginásio pois sabiam que eu não tinha interesse em investir e ninguém me ligava nenhuma. Andava por lá apenas. todos passavam por mim e era um passageiro Olá que me davam como quem diz “não fales com aquela que não tem para gastar”.

Um dia fartei-me. Não sentia ligação a nada daquilo e acreditava cada vez mais que apenas me queriam pelo dinheiro Para além disso as amigas que conheci vieram a revelar-se umas cabras, o meu ex um louco psicopata e os amigos queriam apenas “festa”. Desisti assim que cumpri o meu contrato e já estava naquela fase a fazer a minha psicoterapia por causa da depressão. Tinha o cabelo à rapaz e sentia-me nada alia, feia medonha e ninguém me passava cartão. Era altura para mudar de vida e fui para a dança!

Há 3 anos atrás voltei a querer mudar, mas não era de vida, mas apenas de hábitos. Tornei-me uma solteirona sem regras. Não tinha horas para comer, dormir, treinar. Fazia o que bem e apetecia e para além disso fumava. Começava a sofrer as consequências de quem não tem regras e vive de acordo com as suas necessidades. Somos mesmo aquilo que plantamos.

Sozinha não ia lá e precisava de ajuda e decidi pela 1ª vez na vida contratar um PT que me desse uma ensaboadela e uma esfrega de ritmos saudáveis e bons costumes.

Contratei o Tiago e na 1º encontro antes mesmo de eu começar a tentar explicar as minhas necessidades o Tiago disse. Tens que mudar Sofia, tens as pernas flácidas, o rabo para dentro e podes ficar com um corpo fantástico. Ok confesso que não tinha ido por isso, mas achei que o pacote completo podia valer a pena.

Só consegui deixar de fumar em Setembro do ano passado, continuo a deitar-me tardíssimo a comer quando me apetece, mas o meu corpo mudou e mudou para muito melhor. Fiquei com uma perna linda e o meu rabo começou a ter um “peso” muito interessante na minha vida. Sentia-me optima e fantástica.

Recentemente voltei a ver-me sem forças para treinar. Uma merda quando a cabeça não tem vontade o corpo não reage e vai atrás, ela é uma péssima influência. Vi-me novamente a ir a baixo emocionalmente e comecei a viver de desculpas. O facto de andar a engordar por ter deixado os vicios não ajudou, apenas foi um incentivo para comer ainda mais. Enfim foi duro e tem sido duro.

Mas decidi que não iria desistir e apliquei-me mais na dieta e com umas ajudas extra e muito sobre o que escrevi, fui largando os pequeno e novos vícios das bolachas, deixei de jantar tanto fora, comecei a fazer treinos em casa e nas férias no campo deu-se a magia total. Estava mais magra e voltava a ver os meus músculos. Isso sim é motivo para celebrar com mais ginástica ainda. Apetece-me ficar melhor e contrariar todos que depois dos 40 já não se pode ter um corpo fantástico.

Ontem treinei com a koobby e voltei a reviver o que é ter um Personal Treiner, alguém que nos acompanha, que sabe o que é melhor para nós e para o nosso corpo. Que nos ajuda a superar e atingir os nossos objectivos. Vou continuar e já marquei o próximo para a semana.

Financeiramente custa, mas pensem como um investimento que pode ser até chegarem a determinado ponto da vossa vida. Fica a dica e a minha história, até porque muita gente faz horas de desporto, mata-se no ginásio mas mudanças no corpo são quase inexistentes porque não fazem os exercícios bem e os indicados para si.

www.koobby.com

Beijinhos

Sofia