icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

O Silêncio do Bom Dia

Hoje descobri, que no meu estado de solteira, que a coisa que mais me custa, é a

cordar sem um Bom Dia, sem um carinho, sem uma mensagem de alguém que gosta de mim e que é reciproco.

Sinto uma certa inércia em começar o dia, graças a esse vazio….mesmo que, rapidamente seja esquecido num banho quente e na azafama de sair de casa porque estou sempre atrasada, deixa-me uma certa nostalgia de solidão nas paredes que me rodeiam.

Só volto a sentir a mesma frieza quando de noite, estou sentada no sofá, e dou por mim a conversar com a televisão e aninhar-me nos cães fazendo delas de almofadas e de conforto.

É uma estranha sensação de que estou só no Mundo, porque na realidade não sinto a falta de ninguém e parece-me que ninguém sente a minha. Tenho tudo para ser autónoma, mas esta lacuna, confesso que começa a afectar um bocadinho o meu olhar, o meu sorriso.

Existe a máxima de que devemos estar bem connosco mesmos, antes de termos alguém. Eu estou óptima comigo, e na realidade estou sozinha há 4 anos, confesso já estar um pouco fartaaaaaaa do silencio, das faltas de chamadas, de borboletas, de interesse, das ausências de sentimento, de não saber quem levar em viagem e de me estarem sempre a perguntar quando vou ter um namorado….que só me apetece responder de forma estupida “acho que depois de amanhã já tenho, mas depois confirmo no facebook!”

Mas calma, que não estou para aqui a cortar pulsos, até porque felizmente tenho milhares de amigos, actividades que me ocupam e distraem e que me fazem sentir linda e desejada. Sou uma apenas uma “lucky girl with an empty heart :).

Como diz o povo, quando menos esperas, mais depressa ele aparece, por isso deixo escrito a partir de agora, em letras gordas e garrafais “EU NÃO ESTOU NADAAAAA À ESPERA!!!” lol vamos ver quanto tempo demora

Beijinhos

Sofia