icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Finalmente Justiça

Alguns anos atrás, pedi para que alguém no Governo (o outro, não este) que me ouvisse sobre algumas sugestões que tinha, referente à defesa e protecção dos Animais, de forma a evitar o abandono, os maus tratos, o aumento de natalidade etc.

É claro que ninguém me quis atender e a minha frustração aumentou ao longo dos anos e tive mesmo que me desligar deste assunto. Não consigo ver, não posso pensar nem imaginar, que alguém é capaz de maltratar um animal. Nem das baratas que eu odeio deixo matar. Todos temos o direito à vida, ao respeito e à dignidade.

Partilho hoje convoco as minhas ideias. Felizmente aos poucos algumas das medidas que eu imaginei, estão a ser adoptadas:

– Maltratar dos animais é CRIME!!!!! Excelentes noticias!!! Já vi que andou tudo a partilhar pelo facebook esta nova lei. Vamos apenas aguardar para ver se as autoridades cumprem essa regra ou quantos vão olhar para o lado…

– Ao que parece o António Costa (por coincidência….em época de eleição…mas isso agora nem interessa) proibiu o abate de cães e gatos nos canis de Lisboa. Isso é musica para os meus e para os ouvidos de muita gente. E que os veterinários locais terão que esteriliza-los de forma a diminuir a natalidade. Sempre disse isso

Há muitos anos atrás, o Jardim de Oeiras sofria um grave problema com os ratos. Ao colocarem veneno os animais que lá passeavam acabavam por morrer para além dos ratos. Então decidiram o seguinte: A Câmara (Isaltino Morais) recolheu a maior parte dos gatos abandonados e distribuí-os pelos veterinários locais de forma a que os operassem impedindo-os de procriar. Quando estavam bem soltavam os gatos no jardim. Os gatos comiam os ratos e todos viveram felizes para sempre, até alguns ratos que conseguiram fugir a tempo :).

– Proibir a venda de animais nas lojas de animais. Já para nem falar no estado em que a maior parte dos bebés Cães e Gatos se encontram. Em que as gaiolas são pouco limpas, não apanham sol, passam o tempo fechados, sozinhos à espera que alguém os compre. A compra na loja a maior parte das vezes é uma compra por impulso e que tende sempre a aumentar no Natal. A maior parte das pessoas nem sabe nada sobre a raça, se cresce se fica pequena, se vai ter paciência para ter um cão, para o ensinar, etc.

As pessoas pensam que um cão e um gato é um brinquedo e tratam-no como um capricho, sem paciência, sem tempo e sem amor.

– A venda de animais de raça seria feita apenas junto de criadores, devidamente registados e que tivesse controlos apertadissimos sobre os nascimentos e a quantidade de vezes que a mesma cadela tem ninhadas. Há criadores que fazem com que a mesma cadela tenha milhares de ninhadas e os animais têm um limite para o fazer. Outros não têm cuidado e deixam mães, filhos e irmãos  cruzarem…o que dá sempre asneira genética.

– A aplicação do chip deveria ser obrigatória na primeira consulta do cão. Mesmo que não fosse possível, porque o animal é muito pequenino (a partir dos 3 meses já podem), essa informação deveria constar na base de dados do veterinários e relembrada sempre que o dono lá fosse. Num mundo perfeito, os Veterinários enviaram às Câmaras as listagens dos novos animais com os dados dos donos, para que o controlo fosse feito via mais legal.

Ficam aqui as minhas sugestões. Espero que este problema dos animais com o tempo vá diminuindo. Os animais não merecem mais nada para além, do nosso amor. Se possível adoptem em vez de comprar. Façam como eu faço há 20 anos e não me arrependo nada, bem pelo contrário. Sou e fui muito feliz com todos os animais que tive, cães, gatos, passarinhos, tartarugas e todos os bichinhos que nos passaram pela vida. Quando falo em nós incluo a minha família, amigos e funcionários. Sempre foi tudo tratado com o maior amor, carinho e respeito.

Espero que façam o mesmo e por favor antes de abandonarem os animais, peçam ajuda, falem com amigos, com instituições, com os veterinários ou até comigo.

Beijinhos grandes a todas as pessoas que diariamente fazem de tudo para os animais sejam felizes!!!

Sofia