icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Ela é perfeita e sabe ele é que não dá valor

Hoje escorreguei neste texto http://jafoste.net/ela-e-perfeita-mas-nao-sabe/. Fiquei imovel a lê-lo e senti tudo. Como se fosse escrito para mim, inveja de quem para quem foi escrito, raiva de nunca ninguem ter dado valor ou visto-me desta forma. Foram facadas no meu coração.

Ainda há 2 semanas escrevo o texto do “Enforcado do Amor” em que concluo que o fracasso das minhas relações é por dar demasiado de mim, e que ao fazer tudo o que em cima a mulher perfeita faz, sou vista como chata, demasiado intensa, ou a avançar depressa demais.

Mas afinal o que esperam de nós?! Que sejamos as mulheres perfeitas ou as mulheres ausentes?

Ou será que o que nos falta é termos também o homem perfeito que consegue sentir todo o carinho das nossas acções e dos pormenores do nosso amor. Também me apetece sentar no sofá e não fazer nada e esperar que alguem faça por mim. No entanto o importante é que depois de chegar de um dia de problemas e de stresses o que mais quero é mimar a pessoa que gosto e que isso seja visto e sentido como uma declaração de amor.

Ontem na Tertulia, perguntei a uma das convidadas “Bora dizer mal dos homens?!” Ao que ela disse logo “Bora!”, voltei-me e disse “Não, vamos antes dizer mal de nós, que continuamos a ser umas parvas que nos deixamos envolver pelos homens errados e continuamos a deixar que nos tratem menos do que merecemos!”.

Dizem que não há pessoas perfeitas e obviamente não há, mas há momentos que conseguem ser perfeitos graças a pessoas comuns que não têm medo de amar, de sentir, de se envolver, de aceitar os pequenos defeitos, e de partilharem com o mundo o que sentem!!!

Obrigada Hugo por amares essa sortuda, que faz de ti um homem de sorte como tantos outros que nem se digam a agradecer o minimo dos pormenores. Eu sinto um enorme vazio, porque hoje revejo-me em todos os gestos que a tua amante, amiga, mulher, faz e nunca ninguem deu valor. Sinto-me mais vazia do que nunca como se tivesse feito tudo num vazio ou para um amante imaginário.

Beijinhos às mulheres e aos homens perfeitos

Sofia