icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Desculpa

Eu estou sempre a fazer queixinhas dos outros, hoje chegou o dia de fazer queixinhas de mim.

Portei-me muito mal com uma amiga e desde então vivo com um peso na consciência. O que estou a fazer não vai de todo anular o que fiz, neste caso, o que não fiz, mas é uma forma de ela saber que penso nela, que gosto dela e que vou ter muitas saudades dela.

– Aproveitando que fazes anos Rita, quero pedir-te desculpas por não me ter despedido de ti. Não há qualquer argumento que possa compensar esta falha. Escrevo este post, mas não é numa tentativa de perdão, mas apenas para que saibas que apesar das minhas ausências eu gosto muito de ti e és uma pessoa muito importante para mim. Fizeste parte da minha vida e durante anos fomos inseparáveis. Graças às nossas meninas DM e Moya (que Deus as tenha) aprendemos imenso com elas, rimos as gargalhadas, choramos e partilhámos tanta coisa. Foste tu que me aturaste quando recebi a DM como minha e aceitei a escolha de Deus que eu fosse dona dela e ela a minha fiel companheira durante 16 anos. O que chorei porque tive medo de aceitar essa responsabilidade de tomar conta de um animal quando tinha noção que não sabia tomar conta de mim. Mas apesar da minha insegurança como projeto de adulto, (tinha 24 anos na altura), sabia com toda a segurança que ia poder sempre contar contigo e que à primeira falha minha, ou incerteza tu irias estar lá com a maior das paciências do Mundo.

E assim foi e assim tem sido, mesmo nos momentos menos presentes, estás sempre presente em tanta coisa da minha vida. Felizmente o facebook trouxe-nos uma rotina quebrada há alguns anos e através de fotos, vídeos e pensamentos podemos acompanhar a vida uma da outra e saber e garantir que estamos bem e felizes. As idades agora são outras, mas a tendência de tomares conta de mim, de gostares de me tratar com mimos quando cozinhas para mim, quando me ensinas coisas que desconheço continua e continuará até ao dia em que partilharmos um quartinho no lar. Somos tão diferentes, mas sempre respeitamos os gostos e escolhas de cada uma.

Gosto muito de ti, desculpa não ter ido dar um beijinho e espero que sejas muito feliz nas escolhas que fizeste e tenhas encontrado o que te faz feliz!!!!

Muitos Parabéns e que tenhas um dia mágico na companhia da tua cara metade e de todos os animais que te rodeiam.

Beijinhos às minhas sobrinhas

Sofia