icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Coisa mais irritante de um(a) apaixonado(a)

Não há coisa mais irritante do que alguém, um amigo, um ex caso, um conhecido, um colega começa a namorar e

desaparece por completo das nossas vidas.

Entendo o histerismo inicial de um relacionamento, em que apetece fazer e viver tudo nas 1ªs semanas, mas há quem prolongue isso para o resto da relação. E Puff desaparece… Quê dele(a)?

Depois, caso seja homem, quando uma mulher procura para dizer um olá, para saber se está tudo bem…parece que estamos a dizer “passa mais logo lá em casa, estou de lingerie à tua espera?”, quando só se estava a desejar um Oi, ou saber se estava tudo bem. Acredito que haja casos em que as mulheres são oferecidas e gostam de provocar um homem comprometido…mas nem todas são iguais!!

Tive um caso, em que a minha mensagem, era a desejar felicidades ao novo casal, e dizer que estava a adorar vê-lo feliz. Foi o mais sincero…até hoje estou à espera de um obrigada…Até me arrependi de enviar a mensagem, não fosse ser interpretada como cinismo…enfim.

E quando sabemos que namoros acabaram? Fácil…é quando nos voltam a procurar! Ah pois, para esquecer ou mostrar que estão na maior já precisam da nossa ajuda. E o mais engraçado é que é tudo para ontem. Temos que estar disponíveis….como se tivéssemos estado à espera sentadas….”Olha eu vou ali namorar com uma, daqui a uns tempos volto, ok? É só para estares à minha espera e não marcares nada com ninguém”.

Jurei que iria escrever isto para ambos os sexos…mas no que diz respeito a relacionamentos eu conheço melhor a versão da Mulher – Homem, até porque todas nos queixamos do mesmo. “Já viste a lata deste, desapareceu porque namorava, agora volta e quer festa!!!”.

Na Versão Mulher-Mulher, temos as amigas que desaparecem…grilos…..silencio….e um dia voltam….para chorar-se, para dizer mal do ex…tentar saber se ele já anda com outra…para ligar com paranóias várias vezes ao dia, porque querem voltar a fazer programas e precisam de companhia, etc

E vai-se fazer o quê?! Somos insensíveis e mandamos pastar?! Ou lá começa tudo outra vez, até arranjarem outro com que se entreterem?

Os solteiros são sempre os que mais sofrem, porque vão ficando para ver e são os que estão sempre lá para garantir as saídas do desespero. São os disponíveis, com mais tempo livre. Os andam sempre em farras e os que devem ter milhares de amigos e amigas livres e lindas e boas para aumentar a auto-estima.

Pior que isso é a desilusão que lhes damos aos recentes e desesperados solteiros: “mas tu não tinhas amigas giras para mim?!”, “e a festa onde é hoje? Mas tu não tens programa todos os dias?!”

Beijinhos e tenham mais atenção para não magoarem quem realmente gosta de vocês. O Mundo não acaba porque se apaixonaram há espaço para todos e para tudo.

Sofia