icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

As pessoas Revelam-se

No outro dia escrevi no meu perfil: 

“….mais cedo ou mais tarde, as pessoas revelam-se…basta darem um bocadinho de espaço e ver com olhos de ver.
O tamanho da desilusão está relacionado com a confiança e expectativa que temos de determinada pessoa ou relacionamento.”.

Gostava que pensassem sobre isto. Há muito tempo que não toco nestes temas, até porque não me tenho desiludido com ninguém, mas há sempre aquela pessoa que faz aquela coisinha que me chateia que eu nunca iria fazer o mesmo, porque sai fora da minha educação e valores.

Nasci rodeada de ditares populares e cedo aprendi que eles se encaixam perfeitamente a quase todas as situações da vida e para este texto o ideal é “Não faças aos outros aquilo que não gostarias que te fizessem a ti”. Tão simples e tão perfeito.

Se têm duvidas de como a outra pessoa vai reagir, basta colocarem-se no lugar dela durante 1 segundo e terão a vossa resposta.

O problema é que vivemos numa sociedade egocêntrica, individualista e egoísta e que cada um por si e poucos por todos ou por nenhum. Interessa que não nos magoem, mas queremos lá saber se magoamos os outros.

Não devia ser assim, mas é. É quase como uma praga que se alastra à medida que os anos passam. Tornamo-nos frios, oportunistas e falsos. Conduzimos como se a estrada fosse nossa e os outros que se afastem ou que se lixem.

Apesar de me achar uma pessoa sensata, amiga, leal e de valores e educação rigorosa, falho, também magoou, não sou perfeita. Há de haver alguém a ler este texto e sentir que a decepcionei algures no tempo. Mas o bom destas rugas e cabelos brancos que carrego é que sempre que o faço tenho uma oportunidade de rever as minhas atitudes e fazer de tudo para que não volte a acontecer ou pelo menos saber pedir desculpa.

Já agora aproveito para pedir desculpas a todos aqueles que desiludi, que deixei de ter tempo, que não respondi ou que falhei como amiga.

Voltando ao assunto inicial, oiçam os sinais, se tiverem ajuda a reconhecerem o caracter de uma pessoa, peçam ajuda aos vossos amigos. Quem não está ligado emocionalmente, tem sempre maior facilidade em ver o que nós evitamos ver.

Beijinhos

Sofia