icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

A Justiceira!!!!

Imaginem andarem a sair com um rapaz e em conversa descobrirem que ele andou a s

air com uma amiga ou conhecida vossa?!

Uma situação um pouco chata, porque ao falarem com ela pode ficar sempre aquela ideia de “cabra” que está a fazer joguinho para a afastar do caminho.

Engolir em seco e tentar entender o que se passou, por via de outros amigos até se ter a certeza que não entráram no meio de nada.

Agora continuem a imaginar que esse rapaz, aproxima-se de vocês, como caído do céu, no momento certo, na hora certa, a dizer as coisas que sempre quiseram ouvir.

Faz acreditar que somos únicas e especiais, envia mensagens lindas de morrer e apenas quer estar connosco!! No ar há uma sensação de amor, criada por ele e cheia de romance e longe de serem clichés e foleiras. Usa a imagem de pai babado que nenhum mulher resiste e facilmente caímos que nem uma mosquinha na teia da aranha de um homem interessante, muito giro, culto e com uma vida normal e pronta para nos receber.

Na visão das tolas, a imaginação começa a crescer por entre os fantásticos passeios de mota, os fins-de-semana inesquecível e os piqueniques selvagens preparados por ele.

Não foi uma amiga, foram 2 conhecidas e sabe-se lá mais quem. A forma como actua é sempre a mesma. É bastante rápida a relação, o amor, o romance, o namoro dura apenas 1 semana, o suficiente para leva-las onde ele realmente quer. Quando está com outra, envia mensagem de noite a dizer “Beijinhos vou dormir” e encerra a conversa e possíveis trocas de mensagens. Está tudo altamente controlado

Depois morre tudo….as conversas tornam-se secas, inexistentes, os assuntos baços, cada vez as procura menos e menos e menos e menos até deixar de as procurar completamente….estamos a falar de 2 dias depois.

Fâ-las sentir como nada, como se fosse tudo das suas tristes e ridículas imaginações….e desaparece como água entre dedos. Alias será que ele alguém vez ali esteve?!

Puff quando damos conta, ele não faz mais parte da nossa vida, há um vazio, uma falta de interesse, as mensagens nem vê-las, os likes nem senti-los. Morreu….matámos a relação perfeita….sempre culpa nossa, porque na realidade aquilo nunca existiu.

Ao tentar chama-lo à razão é bruto, frio, assertivo e cruel. Como se fosse outra pessoa a falar por ele. Se sente? se tem dor? se lhe custa? os motivos? o prazer que tem? Não vos consigo dizer. Não consigo entender qual o gosto de se magoar alguém que nunca nos fez mal e sempre nos quis bem. Que orgulho movem estes homens que apenas atacam para se aproveitarem de mulheres vulneráveis e carentes?

Talvez vingança, ou porque precisam de se sentir mais homens porque na realidade são uns frustrados e infelizes. E espero mesmo que sejam infelizes e que este vazio os invada e os magoe tanto como nos magoa a nós.

Neste caso concreto, desta pessoa em concreto, para agravar este perfil de lobo em pele de cordeiro giro e cool, tem uma pagina do facebook com textos intensos em que faz as mulheres morrerem de desejo por ele…..e escreve…e caça…e escreve e caça….sem piedade de ninguém.

A mim ao ver este tipo de homem a actuar sem consideração nenhuma pelas mulheres, pelas filhas de alguém, pelas irmãs de outros, pelas amigas dos seus amigos, pela uma pessoa que sente e que sente por ele, dá nojo e repulsa e faça um esforço gigante em não revelar a sua identidade, por isso deixo aquilo um perfil de comportamento e não um perfil de imagem. Odeio homens assim.

Espero mesmo que as suas filhas tenham melhor sorte do que nós tivemos a cruzarmos com homens e que o karma que o seu pai criou não passe por elas, porque ninguém sabe o que isto magoa e humilha uma mulher. É um género de violação consentida….que nos faz sentir como nada nem ninguém

Beijinhos

A Justiceira