icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Primark Home

Ontem marcaram-me uma reunião no Colombo….os meus olhos logo brilharam e uma voz em tom de suspiro disse Ahhh Primark.

Já sabia que depois daquele compromisso profissional, o meu passo seguinte seria só ir espreitar as novidades….SÓ?!! como se isso fosse possível. Acho que mesmo que não levasse carteira, dinheiro, multibanco iria arranjar que alguém me oferece-se

Bem lá entrei e comecei logo aos tropeções com coisas giras, bikinis, vestidos, tops, calções, “ai medo que é hoje que me vou desgraçar”, pensei eu, felizmente tinha algumas coisas que me ajudaram nessa gestão:

  • Não haver o meu número
  • Estar mais gordinha e tudo o que for demasiado curto passar a estar fora de questão
  • E ter levado comigo, a voz da razão que me acompanhou-me em todo o processo. “Tens certeza?, já tens algo do género”! “Eu sei que é barato, mas vais mesmo usar?”

Tirando isso não correu mal, alias poderia ter corrido muito pior, caso as coisas todas que experimentei tivessem ficado bem.

Quanto aos artigos para a casa, isso tem sido um novo amor. É que gosto mesmo das decorações e das peças da Primark, são giras, diferentes, combinam com a decoração da minha casa e ficam tão em conta.

As velas têm um preço fantástico e aproveito sempre as 30 cheirosas e coloridas velinhas a 3€. Uma vela gigante sem cheiro a 1,90€ para dar luz na minha varanda.

Mas ontem dediquei-me ao meu jardim (varanda) que este ano tem mais uma parede a decorar. Um painel cheia de Hera comprado no chinês e que estava a precisar de luz, cor e afecto.

A luz é toda solar, por isso quando chegar a casa logo à noite vai ser a loucura. com todas as luzinhas ligadas na minha varanda (essa foto só vos vou mostrar amanhã).

Espero que gostem do meu cantinho e já agora acrescentei mais umas velinhas na cabeceira da minha cama.

Beijinhos

Sofia