icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Never Let Go of Your Dreams

Ainda hoje partilhei convosco o evento “Seja Feliz” e agora falo de sonhos.

Tudo está ligado, somos felizes a sonhar, somos felizes quando realizamos os sonhos e quando esses se tornam realidades.

Há 4 anos que vivo o meu sonho e deu-me forças para nunca desistir dos mesmos, seja em que fase da vida for. Obviamente temos que nos ir adaptando à idade, às oportunidades, ao meio que nos envolve, às tendências e às necessidades e bom senso.

Mas para ter o que tenho hoje outros sonhos tiveram que ficar para trás. A minha carreira como artista plástica foi u deles.

Há cerca de 10 anos deixei de pintar, logo após a minha ultima exposição. Bloqueie, deixei de conseguir transmitir o que sentia. Uma inercia apoderou-se de mim e o fluxo da criatividade deixou de circular entre o meu coração, o braço, a mão e pincel. Passei a ser mais racional o que me afastou do emocional e talvez por isso tenha deixado de pintar e de criar. Engraçado, é ter chegado a esta mesma conclusão agora, a escrever este artigo, porque há anos que tento arranjar explicação para o tal e não tenho conseguido.

Mas se olhar para trás, há 10 anos estava a começar a crescer na psicoterapia em que aprendemos a conhecermo-nos melhor, avalizar, a criticar, a ajudar tudo o que se passa na nossa cabeça, no coração e à nossa volta. Sem querer tornamo-nos mais frios, reservados, calculistas. Menos apaixonados e sentimentais e a razão toma um bocadinho conta da coisa. Deve ter sido o que aconteceu, deixei de ser tão explosiva e passei a ser mais controlada emocionalmente, o que foi bom, mas negativo para a minha arte.

Nunca achei que fosse algo definitivo, mas sabia-se la o dia em que a coisa mudava.

E mudou, estou a mudar. Voltei a pintar, voltei a sentir. Tenho um video comovente em que partilho o momento das primeiras pinceladas e aquelas que mais tarde, umas horas depois se vieram a tornar um mural no meu quarto.

Adoro o que fiz por tantos motivos! Pela mensagem, pela paz que me dá, pelo meu regresso, pelo desenho, pela luz.

Partilho convosco o inicio de uma nova etapa em que me sinto mais criativa e principalmente mais confiante e segura.

“Never Let Go Of Your Dreams!” e tu vais deixar de sonhar?!

Beijinhos

Sofia