icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

A Ausência do Amor

Ando eu aqui a escrever sobre o Amor, Romance, mas continuo a fazer parte de um grupo, cada vez maior, que vive sem ele.

O meu par romântico foi um querido que alinhou e apenas pousou para as fotos. Somos amigos na vida real.

Mas nesta fase e data, em que se comemora o amor a união, a paixão, milhares de pessoas tentam sobreviver à solidão, recuperar das desilusões ou mesmo tentam-se enganar que estão melhores sozinhos do que acompanhados. Mas lá no fundo, no fundinho, se olharmos bem, para dentro das entranhas, todos procuramos o mesmo….LOVE e um final feliz!!

E que pior altura da vida para se ficar sozinho, em que a tecnologia tirou o espaço ao romance e à fidelidade, que os valores se perderam e o egoísmo reina as almas e já ninguém ama sem cobrar ou sem interesses.

Costumo dizer às minhas amigas “casadas” que elogiam a minha liberdade “deixa-te estar quietinha que isto dos solteiros anda uma selva!”. É um salve-se quem puder de sentimentos estranhos e baralhados. Ora quer, ora desaparece, ora és fantástica, ora já nem te respondem…(isto para ambos os sexos).

O mais engraçado é que se todos procuramos o mesmo, porquê mudamos quando temos alguém? Medo da desilusão, da traição, da insegurança? Que raio de sina que parece que ninguém se entende ou que falamos línguas diferentes.

Na realidade há 2 factores que nos torna diferentes na forma de amar nos dias de hoje. Antigamente os casais aceitavam, lutavam e mantinham-se. Uns foram felizes outros miseráveis e mal acompanhados para sempre. Hoje procuramos a felicidade, mas também deixámos de lutar, passamos a pensar apenas em nós. As facilidades tiraram o lugar ao desafio, ao romance, ao conhecer a longo prazo. Quer-se tudo de uma só vez, e vive-se o principio, o meio e o fim num único dia. No dia em que se beija é o dia e que se começa a viver junto e por ai em diante….e claro muitas vezes as pessoas que estão juntas não deviam ter passado do café que tomaram.

Misturam-se sentimentos, inseguranças, carências e em 2 tempos a coisa azeda, desmorona-se e as fotos do facebook, da paixão absoluta desaparecem e dão lugar às frases cliclés de “Estou bem e melhor que nunca” “Eu sou Forte e estou-me nas tintas para o meu ex, mas só quero é que ele leia e que acredite” (e corto os pulsos enquanto escrevo isto).

E começa tudo novamente…a caça a busca, as saídas de engate, as app, os pedidos de amizades das amigas giras, dos amigos gostosos, tudo a correr, tudo para amanhã, tudo ao mesmo tempo e sem respirar.

O medo de ficar sozinho e a insegurança são os piores inimigos do Amor e da Felicidade.

Apesar de continuar sozinha, faço um esforço enorme para não deixar que essas minhas carências falem mais alto e que me atrapalhem, que me atirem para o 1º sorriso ou convite para jantar. As pessoas tornaram-se comodistas, interesseiras, oportunistas, clichés e desinteressantes.

A idade é lixada porque trás as rugas, o excesso de peso, mas também trás a serenidade, a tranquilidade e o poder decisão, a ponderação, a sensibilidade. Graças a isso tem sido fácil contornar a decepção de relações falhadas e condenadas.

Quanto mais olha para dentro de mim e das minhas entranhas, sei e desejo encontrar o homem da minha vida, mas tenho a certeza da pessoa que quero que esteja ao meu lado porque sei a pessoa que terá do dele. Já se foi o tempo em que precisava de agradar, já ficou para trás o tempo em que me achava menos que os outros e que era a escolhida de alguém. Agora a igualdade trás a união, o respeito, os valores e o Amor incondicional e para sempre.

Beijinhos e nesta fase de amor, aproveitem para fazer as vossas reflexões

Sofia

Feira que Ladra não Morde

Ontem com 2 amigos decidimos passar a manhã na famosa e típica Feira da Ladra.

Fazia anos que lá não ia, mas havia artigos que ainda pareciam os mesmos desde a ultima vez os vi, como se não tivesse passado um dia apesar de parecerem mais sujos e mais ferrugentos.

A volta deu-se de forma descontraída sobre os comentários alegres dos feirantes e as técnicas cómicas de vendas.

O vento trespassava por entre os bonecos de plástico, a roupa usada e os sacos de plástico colocados no chão.

Não comprei nada, mas foi divertido e valeu a pena pelas fotos que tirei, pelas recordações que me trouxe e pelo piropo que ouvi “Há Beleza no Ar”, por uns rapazes que achei que me iam assaltar o carro.

O velho é caro e o usado faz-me alguma impressão (tornei-me nojentinha), mas tenho que admitir que há pormenores e peças que são únicas por lá, assim como a vista sobre uma Lisboa eterna e um rio Magistral

Beijinhos

Sofia

 

Contos de Enganar

Hoje faz aniversário um dos homens que nos fez acreditar que as gatas borralheiras podem virar Princesas Cinderelas, que os homens procuram sempre o número certo, que os gatos que falam também usam botas e que se formos inocentes há sempre um Lobo Mau para nos enganar.

Charles Perrault escreveu e contou, histórias lindas de encantar que hoje em dia, após 300 anos chegamos à conclusão que não há finais felizes (diz a borralheira amargurada quem nem a abóbora virou carruagem, nem os ratos transformaram-se em cavalos, nem a fada lhe fez um vestido, mas que tem um gato e vários cães e anda a tentar fazer bolachas, mas que nem a avó as quer comer).

A Cinderela de hoje continua a limpar a casa, mesmo vestida de festa, faz tudo e é completamente multitask. É uma mulher de negócios empreendedora, muito confiante, positiva, bem disposta e gere uma rede de redes sociais enquanto prepara o jantar. O possível príncipe está mais divertido com os amigos nos copos e nas noitadas, ou a correr por algum trilho da cidade ou a provarem o seu sapato dela do chinês, do que à procura dela. Na história de hoje até as irmãs más e feias também marcham e a madrasta será sempre um troféu no seu ranking…já o estou a ouvir dizer “sempre gostei de mulheres mais velhas, as princesas da minha idade não me dizem nada”. Na realidade ele tem medo da independência da Cinderala e apesar de muitos bla bla bla a coisa não avançar devido à falta de auto-estima dele. The End

Quanto ao capuchinho vermelho, essa sonsa dos dias de hoje, põe-se a jeito. Faz de tudo para ir pelo caminho errado, mas nunca está perdida. Já não vai tão saltitona e ginga ao som de kizomba “Tenho fome”. O Lobo foge dela, porque passou a ser a presa e deixou de achar piada a essa versão da história. Pede ajuda a avó mas essa também só o quer comer e os bolinhos que ela quer são outros. O pobre coitado não vê outra forma senão fugir e aliar-se ao caçador e pedir para o levar dali para fora, porque não aguenta aquelas duas e chora-se dizendo: “Os dias e as noites na floresta já não são o que eram! Volta tradição, volta!!!!” The End

Quanto ao gato das botas….passou a ser a gata das botas a cima do joelho, a tendência desta estação. É muito fashion e não tem medo de nada. É divertida, veste-se sempre bem e tem um blog de moda e lifestyle e evita meter-se em confusões. Na realidade o que quer é ter mais likes e seguidores e os homens é ela que brinca com eles e faz deles gato sapato. The End

Beijinhos e Parabéns Charles

Sofia a bruxa má 🙂

Finalmente onde Arrumar os Cintos

Já pensei e já tentei de tudo, mas acabo sempre por desistir.

Os cintos são das coisas mais chatas de arrumar, acabam sempre por ocupar espaço, principalmente enrolados, depois há uns que desmancham e não obedecem ao enrolar.

Pelo menos para o meu estilo de vida a correr, nunca encontrei a solução perfeita até há 1 semana atrás, quando andava em arrumações e pinturas e tinha jurado a mim mesma que não passava daquele fim-de-semana sem os cintos arrumados.

De imediato fez-se luz e pensei que um toalheiro seria o mais fácil para colocar atrás da Porta do quarto. Entrei no site do ikea a correr e comecei à procura de cabides, toalheiros e voilá!! Encontrei mesmo o que precisava, até que permite separar os cintos por tipo….não fosse eu viciada em cintos para acentuar a cintura.

Mas vejam o efeito porque, para além dos cintos podem pendurar colares, chapéus, malas e outras coisas

Beijinhos

Sofia

 

Um vestido com História

Ontem fiz uma surpresa à minha mãe e vesti um vestido dela, que tem mais de 30 anos.

Apesar dos anos, continua super actual e sexy, por causa do pormenor das costas abertas.

Cheguei a casa dos meus pais, tirei o blusão e ela gritou “o meu vestido do Brasil!”

Para quem não sabe eu vivi no Brasil dos 9 meses aos 7 anos de idade e temos excelentes recordações desses tempos, grande parte graças ao bom gosto da minha mãe que andava sempre girissima.

Agora é a minha vez de brilhar com o seu vestido e espero em breve encontrar outras peças que fizeram o maior sucesso nos anos 70/ 80.

Beijinhos e façam o mesmo com a roupa das vossas mães

Sofia

As minhas Unhas nunca mais foram as mesmas

Foram umas semanas duras, estas ultimas!

Andar sem verniz, para quem estava habituada a usar e a mudar de cor, quase todos os dias. Foi um choque no inicio. Depois com o tempo, voltei a gostar das minhas mãos ao natural.

Tinha que passar por este processo. Para além de elas estarem com um tom acastanhado, começaram a partir género pétalas, a escamar e a ficar baças. Nem era preciso estar a fazer nada de especial e olhava e já não tinha um bocado da unha.

Assustei-me. Sempre tive as unhas muito fortes e resistentes. Agora passara a ter, cada unha do seu tamanho, secas, sem brilho…uma chatice. Confesso que não costumo usar base nas unhas e por isso deve ter contribuído para piorar as unhas

Se pensarem bem, o verniz, é algo muito tóxico, alias até se nota pelo cheiro e pelo facto de só sair com outro produto igualmente tóxico, a acetona. Li em tempos um artigo assustador que é muito normal que venhamos a ter cancro dos pulmões pelo que inalamos ao aplicar o verniz e ao remove-lo. Não estou a brincar e tem algum sentido. Até o próprio pó do limar da unha não faz bem respirar.

Devemos ter cuidado que Às vezes a vaidade pode fazer pior que bem. Eu sei que parece ridículo, mas devíamos usar as máscaras quando pintamos, retiramos o verniz ou limamos.

Para além dos fantásticos cremes que existem do mercado hidratar as mãos, o óleo de amêndoas doces continua a ser o melhor para hidratar a unha

Pensem nisso, fica a dica e preocupação.

Beijinhos

 

Sofia

Cookii Time!!

Rendi-me ao Robot de cozinha Cookii da Flama.

Primeiro fica linda na minha cozinha e ao contrário do que eu achava, não ocupa muito espaço, o que é optimo.

Eu sou daquelas pessoas que odeia ler manuais de instrucção, mas neste caso tinha que ser. Não podia contar com a minha intuição, porque nunca na vida tive um robot de cozinha e correr riscos por causa da preguiça, não fazia parte do manual lol.

Mas foi fácil e rápido e em pouco tempo já estava a lavar tudo e aprender os nomes das peças e a saber como se montava e o como tudo funcionava.

No sábado passado decidi ficar em casa a tratar da casa e como tinha que ir às compras pensei…É Hoje!!! Vou estrear a minha Cookii com uma sopa. A minha sopa favorita “Espinafres com Grão” Humm adoro.

Fotografei a receita, para que não falhasse com os ingredientes, porque já me conheço e adoro fazer coisas de cabeça e ser criativa…mas por enquanto tenho que me sentir mais segura com a máquina.

Já agora o livro de receitas é top e peça fundamental do Robot de Cozinha. As receitas são feitas mesmo para nos facilitar a vida e tem tudo…como se fossemos crianças. Por isso, quem não gosta ou não sabe cozinhar, está aqui um principio :).

Até a Maggie ficou curiosa e desejosa para ver o que se passava na cozinha.

A Sopa ficou deliciosa e no próprio dia comi 3 pratos de sopa e no dia seguinte até terminar….era para 6 pessoas, pormenor que só reparei quando já estava quase a terminar lol.

Foi simples, fácil e muito divertido. No final ficou pouco para lavar e muita sopa para comer.

Em breve terei mais novidades e receitas

Bjs e bom proveito

Sofia

 

 

Passatempo Top Glamorous

Uma marca que vai dar que falar e que marca pela diferença. Glamorous é uma marca muito feminina e elegante

Vocês adoraram o meu blusão e juntos decidimos oferecer um dos tops da marca. Aviso que o tamanho é um M…larguito, mas que só há 1 modelo.

Pela votação do dia, acho que o top branco foi o favorito, assim as mais baixinhas, como eu podem usar como vestido

Como ganhar:

Atenção:

  • Só podem participar 1 vez por perfil (homens e mulheres)
  • Só podem participar pessoas com moradas em Portugal
  • passatempo começa a 20 de Abril até 26 de Abril
  • Sorteio a partir de 28 de Abril
  • Caso o vencedor não responda em 3 semanas o sorteio realizar-se há novamente

Beijinhos e Boa Sorte

Sofia

A Estrear a Beringela

Quem olha para mim, acha que não sei fazer nada. Que sou dondoca, passo a vida em cabeleireiros, a fazer as unhas a arranjar o cabelo, etc. Mal sabem que isso a Moda é o meu Mundo de vaidosice, mas há coisas para o qual eu não tenho paciência, odeio perder tempo e essas são umas delas

Pelo que sei, a minha incapacidade vai desde o desporto, afazeres domésticas, culinária, costura, bricolage etc. Tudo o que faz lembrar as boas práticas de uma menina casamenteira eu não as tenho.

Acho que olham para mim e vêm-me a fazer nada. Tipo Diva a dar ordens…adoro!! Quem me dera, mas infelizmente ou melhor felizmente tive uma excelente educação que foi colocar a “mão na massa” e fazer por mim.

Por isso tudo em cima escrito eu sei fazer com um único senão, não gosto de seguir receitas e odeio ler livros de instruções. Faço tudo com amor e pelo instinto do que sei e conheço dos paladares, dos ingredientes e do que acho que combina.

Receita de Domingo, dada por um amigo e lida na diagonal:

Beringela grelhada com queijo mozarella e tomate.

Pareceu-me optima receita e excelente para experimentar a minha 1ª receita beringela. Aqui vai:

Cortar em fatias a beringela, colocar flor de sal em cada uma.

Grelhar a beringela, atenção que ela nao faz barulho e queima muito depressa.

Colocar no Pirex alternado com fatias de mozarella e tomate.

Regar tudo com azeite e temperar com sal, pimenta, manjericão em pó ou em folha (em folha, tirada directamente da minha horta) e levar ao forno durante uns 10 min.

Comer enquanto está quente e o queijo derretido.

Beijinhos e bom proveito

Sofia

Obrigada Pedro pela receita!

 

Reveillon Perfeito – Golf Mar – Vimeiro

Já sabem o que vão fazer na Passagem do Ano? Posso dar uma sugestão?

Se eu já não tivesse um jantar de amigos ou se estivesse apaixonada e acompanhada eu digo-vos onde adoraria passar.

Não é longe de Lisboa, cerca de 40min de carro ao encontro da paz e do sossego , durante o dia, mas de noite a folia total!!

Um Reveillon de contrastes junto ao Mar com uma vista maravilhosa, uma paz absoluta durante, mas que de noite a música apodera-se do espaço e tudo muda. O fogo de artificio vai dar luz e cor aos céus estrelados do Vimeiro, a ceia reconfortar os mais gulosos, a música dar ritmo aos corpos e as vozes unirem-se a desejar FELIZ 2015!!!

A 31 e a 1 podem usufruir de Workshops de Kizomba e Dance Fit enquanto os miúdos se entretêm no Flipper Kid’s Club, ou então para os mais calmos, podem sempre relaxar no SPA do Hotel.

2 dias exelentes para fugir da azafama da cidade e juntamente com a sua familia usufruir de momentos fantásticos e inesquecíveis.

Preços – 1 noite, quarto duplo – 226,5€ ou desde 299,50€/ duas noites com pequeno-almoço buffet incluído, jantar e ceia dos dias 30 e 31 de Dezembro.

Fica aqui a minha dica

Beijinhos e Boas Entradas e que em 2015 seja tudo muito melhor e mais fácil

Sofia