icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Oeiras Parque em Festa

Hoje é Shopping Day no Oeiras Parque que é quase a minha 2ª casa. Logo à noite vou voltar, às 21h00 para o concerto dos Black Mamba que são uma das minhas bandas portuguesas favoritas.

E por lá perdi-me juntamente com a minha querida amiga Vanda Gameiro por algumas lojinhas e aproveitámos para colocar a conversa em dia saboreando uma das minhas pizzas favoritas MADPizza.

Vejam o que comprei se não é o máximo?!

Beijinhos e até logo

Sofia

 

Em busca do riso perdido 

Hoje, enquanto ria descontroladamente no cinema lembrei-me de uma história que podia ter um final triste mas teve um final feliz 

– Era uma vez uma menina que perdeu o riso. 

Ela era uma menina normal e feliz, sempre bem disposta e pronta para fazer todos rirem. 

Uns anos mais tarde mudou de escola e a meio do ano teve uma turma nova, professores novos e colegas novos. 

A sua boa disposição não mudou por isso em pouco tempo começou a fazer novos amigos e a encher o espaço com a sua Felicidade. 

Mas apesar de todos, aparentemente gostarem Dela, o seu riso deixava de ser contagiante e passava a ser incomodativo. 

Aos poucos a diversão passou a gozação e pediam para ser rir em silêncio. “Não faça faças barulho a rir”‘”não sabes rir como uma pessoa normal?”

Para não incomodar, a menina engolia as gargalhadas enquanto tapava a boca com a mão. 

Uns anos mais tarde, já na universidade a menina, a fazer-se mulher foi interrompida a meio de um ataque de riso mudo por uma colega: “o teu riso não tem som, tu ris em Silêncio”. 

Ela tinha-se esquecido, não tinha dado conta e achava que ninguém se iria aperceber que o seu modo de rir parecia mais  saído de um filme mudo do que de uma comédia.

Teve vergonha e mais do que isso sentiu-se a definhar.

Ao longos dos anos rodea-sende pessoas que sabiam rir, de pessoas que riam com gosto é das que choravam a rir. Os Sons entravam e saíam de dentro de si e as emoções saltavam por todos os lados, mas sempre que abria a boca para rir não saia som….era vazio… como se nem fosse sentido ou achasse piada. 

Como se fazia para rir? Era mais fácil falar e cantar do que rir

E o mais irónico de toda esta história é que a menina em questão fazia todos rir com a sua maneira de ser; a sua piada natural e as suas histórias hilariantes. Era capaz de fazer uma alface rir mais alto que ela. 

Durante a sua depressão e já em fase de recuperação e ascensão, ela lembrou-se de que talvez para além de salvar a sua dignidade e força de viver, conseguisse encontrar o riso perdido! 

Hoje sentada na sala de cinema descontroladamente a rir, enquanto as lágrimas escorriam-lhe pela cara e as gargalhadas espalhavam-se pelos rostos dos estranhos que a rodeavam, só porque a amiga caiu no colo de uma senhora sentada na fila ao sair para comprar pipocas, é que me apercebi-me que o tinha encontrado, que ele existe dentro de mim e que é livre como eu sou e que tem tanta vontade de viver e de ser partilhado pelo mundo e que está  pronto a explodir a qualquer momento e fazer-me pensar que sou a pessoa mais feliz do mundo porque eu sei rir!!! 

Beijinhos e que ninguém vos faça perder a vontade de rir

Sofia 

O Meu Primeiro Baby Shower

Finalmente Portugal cedeu à ultima tradição Americana que faltava – Baby Showers.

É normal que comecem a ir a muitos a partir de agora (não desde este post lol), mas anda tudo mais aberto e entusiasmado com esses eventos.

Eu adoro e alinho completamente, é uma forma de presentearmos a mãe e oferecer algo que possa contribuir para a sua relação com o seu futuro filho e ajudar nos encargos, porque ter filhos é muito dispendioso. Nem consigo imaginar a ginástica financeira que vocês fazem para conseguir suportar tudo, ou então tiram dos vosso conforto para darem mais a eles…não tenho dúvidas.

O que mais me anima nos baby showers é mesmo a decoração, os temas fofinhos, os pormenores, os presentes…apetece-me ter tudo. Costumo brincar que o motivo que eu nunca tive um filhos, foi porque “Deus quis evitar a minha banca rota” lol, se for menina vai ser a desgraça das desgraças, pois vou querer ter a miúda mais pirosa do Mundo cheia de rosas e glitters a subir às árvores e a saltar muros e a correr com os cães. Ahh pensavam que ia querer uma menina quietinha?! Quero uma mini versão minha :).

Ontem fui ao meu 1º Baby Shower e estava tudo um amor e delicioso e deu-me ainda mais força para fazer o baby Shower do meu afilhado que será muito em breve. Decorar bolos, paredes, colocar fitinhas, fazer cartões, enrolar brigadeiro, tudo um must à volta da criança que irá nascer e fazer uma família muito feliz e claro tirar imensas fotos!!!!!

Agora digam-me o que acham deste tema. Já sabem que não tendo filhos não falo muito de crianças, nem dessas coisas porque não tenho experiência ou a que tenho é muito pouca, mas como convidada, tia, brincadeiras tenho muita!!!!

Beijinhos Às futuras mamas

Sofia

2o Look Web Summit 

Quando se vem a uma feira ou evento desta dimensão como o Web Summit, e refiro-me ao espaço físico, tem que se ter algumas preocupações quando se pensa no que vestir.

– sapatos super confortáveis porque se anda muito e o piso não é sempre o mesmo! Eu tenho feito 11km por dia, entre o estacionar e o andar de pavilhão em pavilhão!

– o tempo está instável, ora está muito calor, ora está frio ou chove. Trazer camadas de roupa, top, camisola/ casaco, gabardine, um chapéu de chuva, ou chapéu, uma encharpe

– uma mala que caibam os cabos para carregar os gadgets, a make Up para retocar, Um perfume, óculos escuros etc que  ao se torne demasiado pesada, nem um tormento

Sendo assim partilho o meu look de ontem

Jumpsuit – Cafofo

Casaco de Malha – Adolfo Domingues

Casaco – Zara

Brincos – Maria Morango

Botas – MaryPaz

1o Look Web Summit

Como sabem está a decorrer em Lisboa um dos mais importantes eventos ligados à tecnologia, empreendedorismo e inovação.

Uma honra para Lisboa/ Portugal que nos próximos 3 anos será a anfitriã de mais de 50.000 pessoas vindas de todo o lado, será notícia em todo o Mundo e contará com a presença dos melhores oradores e empreendedores, investidores e startups

A partir de hoje irei mostrar-vos os meus looks diários e nocturnos e recomendar conforto acima de tudo. Vistam-se a pensar nos pés e para diferentes níveis de temperatura e não esquecer que pode chover

Mala e Porta Moedas – Michael Kors

Calças – Natura

Camisa – Primark

Casacão – South Fashion Brands

Beijinhos

Sofia

A Caminho de Lamego

Não me canso de dizer que Portugal é lindo de morrer! Mesmo tendo ido directa por Auto-estrada a nossa vegetação, rios, montes e vales são inspiradores.

Sou uma amante assumida do nosso País – Continente e Ilhas. Cada vez tenho mais curiosidade em conhecer melhor o nosso Portugal e principalmente o nosso Portugal profundo e menos comercial.

O que mais me custou nesta viagem, foi passar por tanta terra ardida 🙁 e relembrar o medo, o tormento e a dor do que se perdeu e a luta e dedicação total dos nossos Bombeiros. Faço mais um agradecimento por tudo o que fazem por nós e pela forma como nos protegem.

Fui a Lamego para um casamento de uma amiga muito especial, a minha querida Miss Rumbanita.

Fiquei hospedada no Hotel Rural Casa Dos Viscondes da Várzea do início do século 19 com muita história para contar, uma decoração linda e uma equipa fantástica e sempre pronta com uma sorriso.

Vejam o meu look de viagem:

  • O top é daquelas lojas dos orientais ? mas fica foleiro dizer que é do Chinês  (as sandálias também). O mais giro é porque foi uma seguidora do blog que me ajudou e aconselhou a leva-lo. Ainda bem 🙂
  • Casacão da Stradivarius.
  • A mala foi um presente de NY, uma mala exclusiva de um designer que só fazia originais e peças únicas

Beijinhos

Sofia

O meu look Favorito da Viagem

Por muito que goste de tudo o que visto, confesso que tenho sempre uns favoritos.

E os favoritos são aqueles looks em que era capaz de usar várias e várias vezes ou todos os dias.

Em que me sinto a ultima bolacha do pacote e com uma confiança extra.

Que me fazem brilhar e atrair muitos olhares e até alguns elogios.

Deixo-vos o meu look favorito que usei nos Açores

A Dress do Impress

Com um vestido preto nunca ninguém e compromete, mas com este que vos vou mostrar duvido que isso aconteça.

Com o vestido preto da marca Californiana Endless Rose, distribuída pela South Fashion Brands, impossivel não nos comprometermos com a sua sedução, elegância, bom gosto e acabamento.

A saia transparente da-lhe um toque de irreverência, assim como o corte na cintura.

preto fica bem em todas as ocasiões, seja para uma festa, um cocktail, um sunset, etc. O que vai mudar o impacto e a intenção são os acessórios.

Beijinhos

Sofia

 

Read My Lipstick

Ontem foi mais um dia de Rock In Rio e para mim o último! Já não estava com muita vontade de ir hoje e com a desistência da Ariana a Grande foi mais fácil tomar a decisão. 

Ontem o dia foi duro por causa da chuva e Tivemos que esconder os looks com as capas de plástico azul vendias no local! Ou era isso ou um Look completamente encharcado. 

Aproveitei o dia para revelar a minha mais recente obra prima. A marca portuguesa Foursoul convidou-mas para ser umas das bloggers a desejar uma t-shirt. Escolhi o Feitio top tank com umas costas diferentes do normal que irei revelar noutro dia. 

“Read My Lipstick” é o tema da minha t-shirt Sobre um fundo preto, um beijo caloroso e um apontamento dourado. Em breve vocês vão poder encomendar a vossa!!! Acho que tem tudo a ver comigo e espero que gostem. 

A combinar umas leggings pretas, uma camisa aos quadrados e um blusão de ganga cheio de lantejoulas e stickers nas costas! 

Mas vejam e cometem 🙂 

Beijinhos

Sofia