icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Look Metal Rock In Rio

Mais um dia pelo Rock In Rio desta vez com novas emoções. Entrevistada em directo pela Rádio Renascença sobre as tendências e os looks dos festivais e logo de seguida a mesma entrevista mas para a Mega Fm. Obrigada pela oportunidade. Volto a ir sozinha apesar de vários amigos estarem presentes pela cidade do Rock. Na realidade ninguém está sozinho ali, há sempre uma cara conhecida ou uma oportunidade de fazer novos amigos. 

Inspirada nas bandas do dia Korn e Holliwoos Vampires o meu Look foi uma leggings pretas, um top com cabrita, um biker jacket, botas estilo tropa, uma fita no pescoço e a boina estilo YMCA, como disse uma amiga minha. 

É bom variar e mostrar o meu lado um bocadinho mais excêntrico no meio de tanta gente completamente diferente de mim. 

Beijinhos e até já 

Sofia 


 

Sinto um Vazio dentro de mim, menos na minhas Coxas

Na 5ª feira pesei-me no ginásio…não sei se fiz bem…mas nasceu uma raiva, um medo, uma angustia dentro de mim. Não sei se havia de gritar, chorar ou simplesmente começar a correr e nunca mais parar até perder os kilos que ganhei a mais.

Estou com um peso que nunca na vida teria me atrevido a ter. Eu sei que não estou gorda, mas tenho a certeza que estou mais gorda e se pensarem bem temos que começar por algum lado e eu já comecei por todos, barriga, coxas, braços, peito. Até os pés estão mais largos. Tristeza Sofia Inês Novais de Paula como te deixaste chegar a este estado.

O que umas poucas graminhas a mais podem fazer, para além de todos os outros males, tais como não caber na roupa antiga o que é uma constante alarme (bang bang, estás gorda ainda não percebeste que não vais caber nessas calças?!”….Bang Bang….jura que achas que vais sair de casa com esses calções?!”, “o decote vai explodir?! podes dizer-me a que horas, para eu sair da frente?!”) ou os comentários de quem nos vê “estás mais gordinha, mas estás optima, não te preocupes!”, “Uau fizeste aumento de peito?!”, “estás a concorrer a um Reality Show ou achas que és da família das Kardashian?”.

Não sei quem o que é pior a pressão dos outros ou a minha. Tornei-me paranóica e obcecada pelo meu peso ao ponto de ter que comer para esquecer. Neste momento acho que até o ar me engorda, as gotas das lentes me fazem inchar e não há desporto no mundo que me faça gastar calorias e a drenagem tira-me inteligência em vez das toxinas.

Tornei-me a minha pior inimiga, apavorada com o que me posso fazer a mim mesma e de começar a ter uma nova linha no meu CV. Passei a linha dos 40 e estou na altura perfeita para mudar de corpo e ter uma tendência que cada vez mais, vai ser dificil de controlar.

6ª feira procurei um dos meus amigos mais controlados com o corpo, alimentação, desporto etc e fiz um desabafo e parece que vomitei parte da loucura que se tinha colada nas paredes do meu corpo.

Desde sábado que me sinto mais tranquila, mais calma, menos obcecada. Fiz a minha vida normal e ainda fui à praia mostrar a minha nova silhueta. Claro que me incomodou estar branca e mais roliça, mas não quis saber, é como estou e não me vou esconder, nem abdicar de nada. Não vai ser de agora que vou ter vergonha de mim, ou melhoro ou acostumo-me o importante é ser feliz, mesmo que uns numero a cima.

Para além de estar mais tranquila passei a treinar em casa,. Salto à corda 5 min intercalando com agachamentos, abdominais, prancha, flexões etc. Saltar à corda queima imensas calorias e é muito completo pelo movimento. Mais do que uma vez por dia e os passeios com os cães passaram a durar 20 a 30 min.

Estive muito controlada todos o fim-de-semana a nível de alimentação e sem ataques ao frigorífico, despensa, garagem, supermercado, vizinhos, lixo…parece que baixou uma nova pessoa dentro de mim.

Será que é desta que consigo matar os vícios antigos que se camuflaram em bolachas recheadas de chocolate, bolinhas de chocolate com amendoim, batatas fritas (é melhor parar por aqui, estou a começar a babar e quando chego a casa é a hora mais critica do dia).

Vamos ver, tenho tudo para dar certo como tenho tudo para dar errado, a certeza estará sempre em mim e nas decisões que tomo. Domingo almocei fora e pedi salmão grelhado (só não menciono o pão com manteiga que comi antes porque não quero estragar o post).

Obrigada Dinora Bastos por acompanhares a minha loucura. Quem sabe te ajudo a entender outros pacientes que estão a passar o mesmo deserto que eu. Continuas a ser a melhor nutricionista, apenas fui eu que falhei comigo mesma.

Obrigada Carlos Filipe pela paciência que tens tido comigo, nestes últimos dias. O teu controlo, a tua determinação, o teu exemplo têm-me ajudado imenso.

 

Leiam este artigo que o Carlos enviou-me ajudou-me imenso a entender o que estou a passar.

http://lifestyle.sapo.pt/saude/peso-e-nutricao/artigos/contrariar-a-fome-emocional

Beijinhos

Sofia

Um simples pormenor na Sala, mudou tudo

Há pouco tempo dei conta que há 12 anos vivo na minha casa e a mesma continua praticamente na mesma. Foram poucas as alterações que fiz desde que fui para la viver.

Tem se adaptado as novas tendências de decoração, mas é num pormenor aqui e noutro ali, mas aquilo que estava de raiz, está lá e eu estou a começar a ficar cansada.

Acho que nunca mudei nada porque tinha sempre aquela esperança de me mudar, depois, fala-se do investimento que se faz e que não recupera no acto da compra, mas o que é certo que graças a estes receios todos eu vou ficando no mesmo sitio e com o mesmo ar.

Felizmente tenho uma Filipa Monteiro – Interiores com Alma, que está sempre a incentivar-me a gastar dinheiro lol, piada, a mudar, a mexer, a pintar, a comprar, etc. E aos poucos andamos super entusiasmadas com as mudanças que pretendemos fazer.

Aviso-vos que em breve vamos ter alguns momentos de decoração aqui no blog para que fiquem com algumas ideias para as vossas casas.

A minha mais recente mudança, sugerida pela Filipa, foi comprar e colocar este tapete do Ikea, de 50€ no chão frio da minha sala (já que mudar a horrorosa cerâmica é caríssimo). Parece uma sala nova e eu sinto que tenho tenho um espaço muito mais acolhedor e convidativo. Não vos consigo explicar o quanto adoro estar na minha sala acolhedora, lindamente iluminada. Parece mágica e reparem que até os cães parecem preferir a nova mudança.

Próximas mudanças – Iluminação dos quartos, quarto, colchão e quem sabe a minha dolorosa e horrorosa casa-de-banho

Beijinhos

Sofia

 

A Ausência do Amor

Ando eu aqui a escrever sobre o Amor, Romance, mas continuo a fazer parte de um grupo, cada vez maior, que vive sem ele.

O meu par romântico foi um querido que alinhou e apenas pousou para as fotos. Somos amigos na vida real.

Mas nesta fase e data, em que se comemora o amor a união, a paixão, milhares de pessoas tentam sobreviver à solidão, recuperar das desilusões ou mesmo tentam-se enganar que estão melhores sozinhos do que acompanhados. Mas lá no fundo, no fundinho, se olharmos bem, para dentro das entranhas, todos procuramos o mesmo….LOVE e um final feliz!!

E que pior altura da vida para se ficar sozinho, em que a tecnologia tirou o espaço ao romance e à fidelidade, que os valores se perderam e o egoísmo reina as almas e já ninguém ama sem cobrar ou sem interesses.

Costumo dizer às minhas amigas “casadas” que elogiam a minha liberdade “deixa-te estar quietinha que isto dos solteiros anda uma selva!”. É um salve-se quem puder de sentimentos estranhos e baralhados. Ora quer, ora desaparece, ora és fantástica, ora já nem te respondem…(isto para ambos os sexos).

O mais engraçado é que se todos procuramos o mesmo, porquê mudamos quando temos alguém? Medo da desilusão, da traição, da insegurança? Que raio de sina que parece que ninguém se entende ou que falamos línguas diferentes.

Na realidade há 2 factores que nos torna diferentes na forma de amar nos dias de hoje. Antigamente os casais aceitavam, lutavam e mantinham-se. Uns foram felizes outros miseráveis e mal acompanhados para sempre. Hoje procuramos a felicidade, mas também deixámos de lutar, passamos a pensar apenas em nós. As facilidades tiraram o lugar ao desafio, ao romance, ao conhecer a longo prazo. Quer-se tudo de uma só vez, e vive-se o principio, o meio e o fim num único dia. No dia em que se beija é o dia e que se começa a viver junto e por ai em diante….e claro muitas vezes as pessoas que estão juntas não deviam ter passado do café que tomaram.

Misturam-se sentimentos, inseguranças, carências e em 2 tempos a coisa azeda, desmorona-se e as fotos do facebook, da paixão absoluta desaparecem e dão lugar às frases cliclés de “Estou bem e melhor que nunca” “Eu sou Forte e estou-me nas tintas para o meu ex, mas só quero é que ele leia e que acredite” (e corto os pulsos enquanto escrevo isto).

E começa tudo novamente…a caça a busca, as saídas de engate, as app, os pedidos de amizades das amigas giras, dos amigos gostosos, tudo a correr, tudo para amanhã, tudo ao mesmo tempo e sem respirar.

O medo de ficar sozinho e a insegurança são os piores inimigos do Amor e da Felicidade.

Apesar de continuar sozinha, faço um esforço enorme para não deixar que essas minhas carências falem mais alto e que me atrapalhem, que me atirem para o 1º sorriso ou convite para jantar. As pessoas tornaram-se comodistas, interesseiras, oportunistas, clichés e desinteressantes.

A idade é lixada porque trás as rugas, o excesso de peso, mas também trás a serenidade, a tranquilidade e o poder decisão, a ponderação, a sensibilidade. Graças a isso tem sido fácil contornar a decepção de relações falhadas e condenadas.

Quanto mais olha para dentro de mim e das minhas entranhas, sei e desejo encontrar o homem da minha vida, mas tenho a certeza da pessoa que quero que esteja ao meu lado porque sei a pessoa que terá do dele. Já se foi o tempo em que precisava de agradar, já ficou para trás o tempo em que me achava menos que os outros e que era a escolhida de alguém. Agora a igualdade trás a união, o respeito, os valores e o Amor incondicional e para sempre.

Beijinhos e nesta fase de amor, aproveitem para fazer as vossas reflexões

Sofia

Feira que Ladra não Morde

Ontem com 2 amigos decidimos passar a manhã na famosa e típica Feira da Ladra.

Fazia anos que lá não ia, mas havia artigos que ainda pareciam os mesmos desde a ultima vez os vi, como se não tivesse passado um dia apesar de parecerem mais sujos e mais ferrugentos.

A volta deu-se de forma descontraída sobre os comentários alegres dos feirantes e as técnicas cómicas de vendas.

O vento trespassava por entre os bonecos de plástico, a roupa usada e os sacos de plástico colocados no chão.

Não comprei nada, mas foi divertido e valeu a pena pelas fotos que tirei, pelas recordações que me trouxe e pelo piropo que ouvi “Há Beleza no Ar”, por uns rapazes que achei que me iam assaltar o carro.

O velho é caro e o usado faz-me alguma impressão (tornei-me nojentinha), mas tenho que admitir que há pormenores e peças que são únicas por lá, assim como a vista sobre uma Lisboa eterna e um rio Magistral

Beijinhos

Sofia

 

Contos de Enganar

Hoje faz aniversário um dos homens que nos fez acreditar que as gatas borralheiras podem virar Princesas Cinderelas, que os homens procuram sempre o número certo, que os gatos que falam também usam botas e que se formos inocentes há sempre um Lobo Mau para nos enganar.

Charles Perrault escreveu e contou, histórias lindas de encantar que hoje em dia, após 300 anos chegamos à conclusão que não há finais felizes (diz a borralheira amargurada quem nem a abóbora virou carruagem, nem os ratos transformaram-se em cavalos, nem a fada lhe fez um vestido, mas que tem um gato e vários cães e anda a tentar fazer bolachas, mas que nem a avó as quer comer).

A Cinderela de hoje continua a limpar a casa, mesmo vestida de festa, faz tudo e é completamente multitask. É uma mulher de negócios empreendedora, muito confiante, positiva, bem disposta e gere uma rede de redes sociais enquanto prepara o jantar. O possível príncipe está mais divertido com os amigos nos copos e nas noitadas, ou a correr por algum trilho da cidade ou a provarem o seu sapato dela do chinês, do que à procura dela. Na história de hoje até as irmãs más e feias também marcham e a madrasta será sempre um troféu no seu ranking…já o estou a ouvir dizer “sempre gostei de mulheres mais velhas, as princesas da minha idade não me dizem nada”. Na realidade ele tem medo da independência da Cinderala e apesar de muitos bla bla bla a coisa não avançar devido à falta de auto-estima dele. The End

Quanto ao capuchinho vermelho, essa sonsa dos dias de hoje, põe-se a jeito. Faz de tudo para ir pelo caminho errado, mas nunca está perdida. Já não vai tão saltitona e ginga ao som de kizomba “Tenho fome”. O Lobo foge dela, porque passou a ser a presa e deixou de achar piada a essa versão da história. Pede ajuda a avó mas essa também só o quer comer e os bolinhos que ela quer são outros. O pobre coitado não vê outra forma senão fugir e aliar-se ao caçador e pedir para o levar dali para fora, porque não aguenta aquelas duas e chora-se dizendo: “Os dias e as noites na floresta já não são o que eram! Volta tradição, volta!!!!” The End

Quanto ao gato das botas….passou a ser a gata das botas a cima do joelho, a tendência desta estação. É muito fashion e não tem medo de nada. É divertida, veste-se sempre bem e tem um blog de moda e lifestyle e evita meter-se em confusões. Na realidade o que quer é ter mais likes e seguidores e os homens é ela que brinca com eles e faz deles gato sapato. The End

Beijinhos e Parabéns Charles

Sofia a bruxa má 🙂

Finalmente onde Arrumar os Cintos

Já pensei e já tentei de tudo, mas acabo sempre por desistir.

Os cintos são das coisas mais chatas de arrumar, acabam sempre por ocupar espaço, principalmente enrolados, depois há uns que desmancham e não obedecem ao enrolar.

Pelo menos para o meu estilo de vida a correr, nunca encontrei a solução perfeita até há 1 semana atrás, quando andava em arrumações e pinturas e tinha jurado a mim mesma que não passava daquele fim-de-semana sem os cintos arrumados.

De imediato fez-se luz e pensei que um toalheiro seria o mais fácil para colocar atrás da Porta do quarto. Entrei no site do ikea a correr e comecei à procura de cabides, toalheiros e voilá!! Encontrei mesmo o que precisava, até que permite separar os cintos por tipo….não fosse eu viciada em cintos para acentuar a cintura.

Mas vejam o efeito porque, para além dos cintos podem pendurar colares, chapéus, malas e outras coisas

Beijinhos

Sofia

 

Um vestido com História

Ontem fiz uma surpresa à minha mãe e vesti um vestido dela, que tem mais de 30 anos.

Apesar dos anos, continua super actual e sexy, por causa do pormenor das costas abertas.

Cheguei a casa dos meus pais, tirei o blusão e ela gritou “o meu vestido do Brasil!”

Para quem não sabe eu vivi no Brasil dos 9 meses aos 7 anos de idade e temos excelentes recordações desses tempos, grande parte graças ao bom gosto da minha mãe que andava sempre girissima.

Agora é a minha vez de brilhar com o seu vestido e espero em breve encontrar outras peças que fizeram o maior sucesso nos anos 70/ 80.

Beijinhos e façam o mesmo com a roupa das vossas mães

Sofia

As minhas Unhas nunca mais foram as mesmas

Foram umas semanas duras, estas ultimas!

Andar sem verniz, para quem estava habituada a usar e a mudar de cor, quase todos os dias. Foi um choque no inicio. Depois com o tempo, voltei a gostar das minhas mãos ao natural.

Tinha que passar por este processo. Para além de elas estarem com um tom acastanhado, começaram a partir género pétalas, a escamar e a ficar baças. Nem era preciso estar a fazer nada de especial e olhava e já não tinha um bocado da unha.

Assustei-me. Sempre tive as unhas muito fortes e resistentes. Agora passara a ter, cada unha do seu tamanho, secas, sem brilho…uma chatice. Confesso que não costumo usar base nas unhas e por isso deve ter contribuído para piorar as unhas

Se pensarem bem, o verniz, é algo muito tóxico, alias até se nota pelo cheiro e pelo facto de só sair com outro produto igualmente tóxico, a acetona. Li em tempos um artigo assustador que é muito normal que venhamos a ter cancro dos pulmões pelo que inalamos ao aplicar o verniz e ao remove-lo. Não estou a brincar e tem algum sentido. Até o próprio pó do limar da unha não faz bem respirar.

Devemos ter cuidado que Às vezes a vaidade pode fazer pior que bem. Eu sei que parece ridículo, mas devíamos usar as máscaras quando pintamos, retiramos o verniz ou limamos.

Para além dos fantásticos cremes que existem do mercado hidratar as mãos, o óleo de amêndoas doces continua a ser o melhor para hidratar a unha

Pensem nisso, fica a dica e preocupação.

Beijinhos

 

Sofia

Cookii Time!!

Rendi-me ao Robot de cozinha Cookii da Flama.

Primeiro fica linda na minha cozinha e ao contrário do que eu achava, não ocupa muito espaço, o que é optimo.

Eu sou daquelas pessoas que odeia ler manuais de instrucção, mas neste caso tinha que ser. Não podia contar com a minha intuição, porque nunca na vida tive um robot de cozinha e correr riscos por causa da preguiça, não fazia parte do manual lol.

Mas foi fácil e rápido e em pouco tempo já estava a lavar tudo e aprender os nomes das peças e a saber como se montava e o como tudo funcionava.

No sábado passado decidi ficar em casa a tratar da casa e como tinha que ir às compras pensei…É Hoje!!! Vou estrear a minha Cookii com uma sopa. A minha sopa favorita “Espinafres com Grão” Humm adoro.

Fotografei a receita, para que não falhasse com os ingredientes, porque já me conheço e adoro fazer coisas de cabeça e ser criativa…mas por enquanto tenho que me sentir mais segura com a máquina.

Já agora o livro de receitas é top e peça fundamental do Robot de Cozinha. As receitas são feitas mesmo para nos facilitar a vida e tem tudo…como se fossemos crianças. Por isso, quem não gosta ou não sabe cozinhar, está aqui um principio :).

Até a Maggie ficou curiosa e desejosa para ver o que se passava na cozinha.

A Sopa ficou deliciosa e no próprio dia comi 3 pratos de sopa e no dia seguinte até terminar….era para 6 pessoas, pormenor que só reparei quando já estava quase a terminar lol.

Foi simples, fácil e muito divertido. No final ficou pouco para lavar e muita sopa para comer.

Em breve terei mais novidades e receitas

Bjs e bom proveito

Sofia