icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Ressonância Quântica

Ontem fui fazer uma Ressonância Quântica, recomendada pelo Dr. Soares Neto da Clinica em Forma em Telheiras  após o meu teste de Intolerância Alimentar.

Desde que tenho o meu cartão Medicare Club que passei a estar muito mais atenta à saúde e a fazer de tudo para conhecer o meu corpo e dar-lhe o melhor tratamento possível.  E aliás….bem já vos conto

No meu teste te Int. Alimentar chegámos à conclusão que o meu estômago era muito sensível e por isso o Dr. Soares Neto recomendou-me este “check up” que analisa todos os órgãos do nosso corpo, sangue, hormonas etc. É uma verdadeira visita ao fundo das nossas entranhas e connosco sentados a assistir à tour, há coração para tanta adrenalina!

Confesso que estava nervosa quando percebi que iriamos analisar cada órgão e eu iria estar ali sentada a assistir a tudo sabendo que se aparecer o número 1 é falta de energia, 2 e 3 é equilíbrio, 4 é desequilibro funcional, 5 ou 6 é desequilibro profundo. Podem imaginar o medo que deu na barriga sempre que apareceu um 4 ou 5 e felizmente não apareceu nenhum 6.

Brinquei várias vezes que era mulher muito equilibrada porque 90% do teste deu 2 e 3.

No inicio do teste o meu corpo acusou fadiga e falta de energia o que confirmo. Ontem estava exausta e cheguei até a adormecer algumas vezes.

  • No plano geral estava e estou óptima. Os pontos mais sensíveis foram os pulmões (normal para ex fumadora) e com tendência a asmática, fossas nasais – rinite, sucos gástrico (lá está) e peito esquerda o que meu deu o pânico porque é uma zona muito sensível para mim e que tem que ser vigiada frequentemente.
  • A 2ª parte do teste é ir ver, caso a caso, os órgãos que acusaram os ponto 4, 5 e 6 (no meu caso tive alguns 4 e uns dois 5). E lá fomos nós entender se havia algo de grave ou se era apenas um ponto mais sensível e delicado. No peito esquerdo acusou aquilo que tenho há anos que é um tumor benigno – Fibroadenoma* o que me fez respirar de alivio, porque há semanas que ando apavorada por achar que tenho um cancro. Por isso eu andava muito insegura e nervosa e instável.
  • A 3ª parte é enviar energia para equilibrar os ditos órgãos de forma a que fiquem equilibrados. O meu corpo reagiu muito bem e sai dali como nova e o mais incrível foi ter ficado a respirar bem, quando tinha acabado de mostrar que estava ligeiramente asmática.

Recomendo mesmo que façam este check-up porque vos vai ajudar a compreenderem o vosso corpo. Ontem tomei a decisão que vou passar a deitar-me mais cedo e a dormir mais porque a exaustão me tira a vontade e força para treinar e preciso recuperar a forma urgentemente, mas sobre isso vou escrever amanhã, porque graças a outro teste que fiz descobri algumas coisinhas.

Beijinhos e cuidem-se

Sofia

PS. Preço do exame 80€

*surge como consequência de um desequilíbrio das hormonas que regulam o desenvolvimento mamário ou ainda devido a uma sensibilidade especial de algumas células dos tecidos mamários aos estímulos hormonais. Embora possa surgir em qualquer momento da etapa reprodutora feminina, costuma apresentar-se durante a juventude, especialmente entre os 20 e os 30 anos.

 

#StrongerthanMS

Já imaginaram o que é ter uma vida normal em que tudo funciona, vocês estão a evoluir na carreira, sentem-se mais maduros com a idade, estão a abraçar novas oportunidades, apaixonam-se, cozinham, fazem desporto, dançam, conduzem, são livres e independentes e de repente apercebem-se que algo mudou, que já não controlam todos os vossos movimentos, que a vossa memória começa a falhar, já não se sentem tão rápidos e eficientes.

Esse dia nunca mais será o mesmo, porque todos os outros serão uma luta diária por uma vida normal, igual, tenha a que idade tiverem, o género, o estilo, a educação, etc.

Felizmente a medicina evolui muito e a um doente de Esclerose Múltipla pode ajuda-se desacelerar o processo evolutivo da doença. Infelizmente não há cura, mas um doente pode viver muitos anos uma vida quase normal, em que mesmo que deixe de fazer algumas coisas conseguia fazer outras não impeditivo de fazer outras.

Essa a Campanha em que se Celebra o Dia Mundial da Esclerose Múltipla! Um grito de coragem, de força, de esperança para quem está a atravessar um caminho dificil.

Essa é a campanha: “A EM não me pode impedir de…”! Partilha vários casos e testemunhos de Doentes que se sentem motivados a continuar a fazer o que podem fazer e conseguem fazer e que acima de tudo não vão deixar de viver e de serem felizes!!! Eles e a sua vontade será sempre superior à doença. (façam like na pagina SPEM)

Partilhem esta causa e ajudem estas pessoas a ter uma voz e a ajudarem tantas outras que estão no processo!

Beijinhos

Sofia

 

Nova Rotina – Nova Vida – Nova Alimentação

Diz o Mito Urbano que as dietas começam às 2ªs feiras. De uma coisa tenho certeza

é que a intenção é poderosa no
Domingo, mas se começam na 2ª eu cá tenho as minhas dúvidas.

Na realidade todos os dias são bons dias para mudarmos algo. Eu deixei os meus últimos vícios sem grandes planos e projectos, por isso começar uma Dieta nesta 4ª ou amanhã na 5ª feira não me preocupa mesmo nada, alias estou super entusiasmada com a ideia de mudar a minha alimentação.

Ontem fiz a minha despedida, mas como em tudo, não vou tonar isto uma obsessão, mas sim um diferente habito alimentar e de rotina.

Mudar rotinas é o mais difícil, seja para retirar algo ou acrescentar, é tudo uma questão de objectivos, de vontade e de força, depois com o tempo lá se entranham e passamos a criar uma nova rotina….e vamos fazendo isso ao longo da vida.

Lembram-se da fase em que não usavam cremes e que não se desmaquilhavam (sim sei que algumas ainda não o fazem), custou a começar, certo? mas e agora, já faz parte do vosso dia-a-dia, eu por exemplo não consigo sair de casa sem colocar todos os cremes dos pés à cabeça, mas sei que ainda há coisas que ainda posso melhorar e vou sei  que vou conseguir. E vocês?

Beijinhos e Boas Rotinas

Sofia

Escaldões

O mais comum nesta altura do ano é ver-se alguém mais vermelho, género lagosta que e pensar-se…ai coitado vai doer tanto!!!

Mais do que doer, arder, queimar, intolerável à roupa, durante uns dias é as marcas que deixa durante a vida. Sardas, envelhecimento precoce da pele, rugas,

Sei que não sou a melhor pessoa para falar disso, porque na minha geração crescemos sem cremes, isso era coisa de meninos e mariquinhas. Eramos rijos, aguentávamos tudo e não havia metade a informação que há hoje e para além disso a camada do ozono era mais fechada e os raios UV eram mais calminhos. Mas sim fomos inconscientes durante anos e felizmente as mentalidades mudaram,

Vamos evitar o escaldão, este ano?! Primeiros dias de praia, protector máximo, apesar de a partir do 15 Já proteger. Mas no limite 30 para o corpo e 50 para o rosto. Falo isto para as meninas e para os meninos! Somos todos feitos do mesmo e todos podemos ter cancro de pele. Escolham o protector pela marca, pelo cheiro, pela forma de aplicar ou pelo acabamento (os brilhantes sao lindos), o importante é proteger toda a pele exposta ao sol.

– Espalhem o protector em casa ainda, nús de preferência (não vou fazer video sobre isto lol) para cobrir todo o corpo. Peçam ajuda a alguém próximo para garantir que as costas estão salvas. Com a mania das cerimonias, não o fiz em Cabo Verde a lixei-me e fiquei “on fire”,

– Quando chegarem da praia, após o banho apliquem um aprés solei, um gel aloe vera ou o bepanthene azul para refrescar, principalmente se estiverem com um escaldão. Se o mesmo for na cara atenção que é normal que os lábios rebentem e comecem já a hidratá-los.

– Caso a pele venha a cair, que é o mais comum depois do lindo escaldão lagosta, lavem o corpo com um bom esfoliante para retirar todas as células mortas (isso devem fazer pelo menos 1 vez por semana, sempre, vão ver que vão ficar mais bonitos, sedosos e com os pêlos menos encravados.

– Hidratar, Hidratar de manhã e ao deitar, seja rosto ou corpo, desde que o creme seja o indicado para o vosso corpo

(caso continuem secos, com pele a cair, significa que o creme faz mais mal que bem)

Antes de terminar, evitem a praia, piscina ou exposição solar nas horas de maior calor (coisa que eu não faço confesso)

Beijinhos ao de leve não vão alguem estar aflito

Sofia

Conhecem o Hipotiroidismo?

Um dia ao segurar a mão de uma amiga notei que estava a tremer. Na continuação, o seu Braço também tremia, o tronco, a cabeça. Não era de medo, nem ansiedade, era um abanar geral do corpo.

Assustada comentei com ela. Estás a tremer?! O que tens?

Ela comentou que não sabia, que era algo recente e que de certeza que iria passar em breve. Possivelmente seriam nervos, stress, etc.

Claro que as 2 pensámos interiormente no pior. Parkison?! Comecei a insistir com ela para que fosse ao médico e ela arranjava sempre desculpas e soluções rápidas. Até porque ela tremia sempre, o que se tornou um desconforto para ela que sentia, para quem lhe tocava, fosse nas mãos, nas costas, na cara. Um bambolear irritante e interminável.

Um dia liguei-lhe, sabia que estava cheia de medo, eu também estava, mas lembrei-me de uma outra amiga minha que tinha uns sintomas similares. “Tiróide”, o teu problema deve ser Tiróide e caso seja, medicada terás uma vida normal sem tremuras.

Dias depois ligou-me a dizer que sim, que tinha um problema na Tiróide – Hipotiroidismo e que estava medicada pelo médico e que aos poucos sentia-se muito melhor e as tremuras a diminuírem.

De 25 a 31 de Maio comemora-se a Semana Internacional da Tiroide – Hipotiroidismo. Um problema que afecta 10 vezes mais mulheres do que homens e 5% das mulheres desenvolvem-no durante a gravidez.

Os seus sintomas são confundidos muitas vezes como sinais de stress e depressão o que faz atrasar a maior parte das vezes os diagnósticos. A produção insuficiente ou mesmo nula de hormonas tiroideias pela tiroide faz diminuir o metabolismo do corpo e provoca intolerância ao frio, memória enfraquecida, aumento de peso mesmo com dieta equilibrada e exercício, depressão, ritmo cardíaco baixo, obstipação, períodos menstruais anormais e/ ou problemas de fertilidade, dores nos músculos e articulações, cabelo e unhas fracos e quebradiços, queda de cabelo, pele seca, escamosa e pálida, diminuição da libido.

Através de um analise de sangue se consegue confirmar o Hipotiroidismo. O tratamento é a substituição das hormonas tiroideias – levotiroxina – uma hormona sintética.

Caso notem alguma coincidência nos sintomas, em cima descritos, procurem o vosso médico e falem-lhe nisso. Principalmente quem está grávida, na menopausa, já tenha mais de 50 anos, etc. São mulheres de risco e em situação favorável a esta doença.

Este meu texto não é para vos assustar, é apenas um alerta de uma doença, que é mais comum do que se pensa e que pode ser tratada e acompanhada se problema algum.

Deixo-vos alguns links que podem consultar – https://www.thyroidweek.com e o facebook https://www.facebook.com/adtiroide em quem podem consultar as iniciativas que decorrem no ambito da Semana Internacional da Tiróide

Beijinhos e saúde

Sofia

Os meus olhos são Prioridade

Eu abuso e estico a corda constantemente. Chego a um ponto em que penso que o cérebro vai explodir e que o meu corpo vai ceder.

Sou uma pessoa extremamente activa que passa literalmente os seus dias a pensar, magicar, a fazer, planear, a viajar, a saltar e a correr de um lado para o outro. O excesso de trabalho não me assusta, até porque a maior parte das vezes sou eu que me enterro nos meus próprios projectos porque não suporto estar parada e sem nada para fazer…sinto-me inútil…uma sensação que muitas vezes tem um peso gigantesco ao ponto de substituir outra actividade interessante e social por limpar a casa, arrumar, deitar fora, etc…

Mas o meu problema não é toda a actividade que tenho durante 24 horas, mas sim o pouco que durmo nas horas que me restam. Continuo com o péssimo habito de adormecer no sofá com tudo ligado, levantar-me às 6 da manhã e ir para a cama tentar dormir. Ou então são as noitadas, acordada a escrever artigos até às 3…4 da manhã. Não há cabeça e corpo que aguente.

No outro dia, depois de uma semana intensa de abusos e poucas horas de sono, estava a trabalhar e senti os meus olhos a tremerem. Não era a pálpebra, mas sim o olho, a parte branca..foi um bocadinho assustador e pensei para mim “algo não está bem”. Uma tremura estranha e consistente. Isto manteve-se até eu ter uma boa noite de sono (o que é raro porque sofro de insónias, por causa do hábito do sofá). Mas quando volta a abusar…lá tinha o olho a tremer. Para além disso, apesar de ter mudado recentemente as lentes, os meus olhos criavam um genero de uma gordura que me sujava as lentes.

Aproveitei a minha ida ao Porto para ser vista na Optica da Boavista. Medi a tensão, vimos as dioptrias e tudo o resto. Os meus olhos estão bem e felizmente as minhas dioptrias não subiram (tenho cerca de 14 de miopia e já me chega), A tensão ocular está optima e os olhos a tremer deve se ao facto de estar exausta…e ensinaram-me umas técnicas de relaxamento para cada vez que isso acontece. Eu vou tentar dormir mais prometo, até porque quero ficar bem e voltar a fazer desporto diário.

Quanto aos olhos empastados, deve ser da rinite e da minha inflação e nariz, olhos, ouvidos está tudo ligado. Vamos ver se o pólen acalma para eu também ter melhor qualidade de vida.

Beijinhos

Sofia

Spyder News

O que parecia ter sido o fim….acabou por tornar-se um milagre.

Há 3 semanas recebo um telefonema do Dr. Joaquim a dizer que já não havia muito a fazer. Os rins do Spyder começavam a falhar assim como todos os outros órgãos. O fim estava próximo e que dar-lhe esse merecido descanso seria o melhor.

Decidi esperar e o meu menino melhorou em todos os sentidos. Já engordou 600gr. está muito melhor e mais estável, apesar de continuar a ter insuficiência renal crónica.

Deve-se a mim apenas a decisão de esperar, porque para quem já teve que tomar a difícil decisão de acelerar a partida dos nossos meninos sabe o quão difícil é, mas o Milagre, deve-se à fantástica equipa do Centro Veterinário de Berna. Que tratam dos animais com tanto carinho e amor como se fossem deles. Não esquecendo que os donos sofrem, amam, tratam-nos a nós de igual forma. Respeitam os nossos sentimentos, aflições, dores e momentos.

Às vezes gostava de lá ficar internada, só para que tratassem de mim 🙂

O Spyder continua internado, porque quando estava mais debilitado apanhou uma bactéria na bexiga que pode infectar-me a mim e aos meus outros animais. Por isso me vêm sempre de luvas. Infelizmente os antibióticos não têm tido força para eliminar a dita bactéria e estamos a fazer uma nova tentativa.

Estamos a tentar encontrar uma forma do Spyder ir para casa sem nos contaminar, porque não pode viver eternamente no veterinário.

Graças ao carinho que muitas pessoas têm por mim, vão me emprestar uma gaiola e ele ficará assim fechadinho durante o dia até eu chegar a casa. Vamos ver se não pioro o seu estado de saúde e se conseguo mante-lo estável por muito tempo.

Beijinhos e muito obrigada por tudo.

Deixo-vos as fotos que tiramos ontem com o seu novo amigo Chihauhau

Sofia

Bye Bye Juizo

Ontem numa ida ao dentista, numa consulta de rotina para limpar os meus dentes, partilhei com o Dr. Pedro, da Policlínica da Malveira que me doía um dente atrás.  Sentia um um desconforto, um liquido….enfim, não era agradável e que tinha medo só de pensar que estaria com mau hálito.

O Dr. Muito paciente viu e disse “Pois é, estás com uma infecção nos dentes de trás”…..”Vamos tirar o Siso”

eu – “Como vamos tirar o dente do Siso…o quê agora?!”

Dr – “Sim agora. Enfermeira prepara a anestesia”

eu – “Mas espera calma!!! (pânico total), quanto tempo vai demorar?!

Dr – 10 Min.

eu – Vai doer?! Eu hoje tenho um jantar, vou ficar inchada? e babar-me? Posso comer?

Dr. – Não te vai ficar a doer, não vais ficar inchada, não te vais babar a não ser que a outra pessoa seja muito gira e podes comer, de preferência papas, gelados, e para o outro lado

eu – “Ok, vamos a isto, na realidade estou farta destes dentes que me têm chateado há mais de 20 anos” Foi primeiro com um moroso e doloroso crescimento e agora, isto.

10 min. depois, o dente estava cá fora. Tudo se cumpriu e mais uma vez o Dr. Pedro tinha razão. Não doeu, apenas se sente o arrancar do dente do osso. Não tive dores, não babei durante a noite, não tive problemas em comer e sinto-me igual, apenas irritada com a linha dos pontos, mas quando me distraio esqueço.

Não vejo a hora de tirar os outros e libertar-me do meu excesso de Juizo e voltar a ser uma jovem, livre e louca, principalmente agora que estou a chegar aos 40 anos.

A minha boca é pequena e não tenho espaço para ter tanto dente. Felizmente o nascimento dos sisos não entortou muito os meus dentes no geral, mas hoje em dia estão atrofiados lá atrás, sem espaço para entrar bem e devidamente a escova de dentes. Por acaso disso acumula-se comida, aumenta a probabilidade de tártaro, caries e infecções na gengiva que se alastram por todos os dentes.

Os sisos não serem para nada, com a evolução do homem, da espécie passou a ser um dente que incomoda mais do que sirva para alguma coisa.

Para quem andava com duvidas e a deixar para nunca esta decisão….fica aqui o meu testemunho, que se soubesse já o teria feito há muito tempo.

Beijinhos e Juizinhooooo

Sofia

Petisco de Fim-de-Semana – Sugestão

Fica aqui uma sugestão de 2 petiscos para o vosso fim-de-semana:

Mesmo não sendo apreciadora do sabor da Melancia, mas sendo fanática pelo aspecto, o design, as cores e qualquer material com a sua impressão, etc deixo-vos aqui um petisco que me deixou água na boca:

– Triângulos de melancia com queijo grelhado, nozes torradas e mel

Como ainda não experimentei a receita, estou na dúvida se um ligeiro tempero de sal, pimenta e Vinagre Balsamico não seria perfeito.

Mas quem fizer 1º que partilhe. Eu vou tentar fazer amanhã ou no Domingo.

o 2º petisco é com queijo de cabra e figos….hummmmm

 

 

Figos cortados em 4, em goma
Queijo de Cabra
Queijo creme
Mel
Pão ligeiramente tostado e cortado às fatias (pode ser tostas)
1. Misturar o creme de cabra e o queijo creme com um garfo. É necessário ficar cremoso
2. Cobrir cada tosta ou pedaço de pão com o queijo e depois colocar por cima da goma de Figo e regar com um fio de mel
3. Servir fresco
Beijinhos e bons apetites
Sofia

 

Conhecem a Tena?

Como sabem, sou uma mulher desprendida de preconceitos que gosta de conversar sobre qualquer tema abertamente.

Por isso mesmo, hoje venho falar-vos de um assunto que afecta milhares de portugueses mas que continua a ser tabu para muitas pessoas: a incontinência urinária. É uma situação que interfere bastante com a confiança e autoestima mas que, ao contrário do que muita gente julga, tem solução.  Existem no mercado produtos adequados a cada pessoa e ao tipo de incontinência urinária que sofre.

Uma dessas soluções é a gama TENA Pants. Um estudo realizado em quatro países europeus revela que 86% da população que sofre de incontinência urinária confia neste produto. A pesquisa avaliou a notoriedade de TENA Pants junto dos consumidores, em comparação com a concorrência e permitiu criar um selo de confiança que se encontra nas embalagens, desde Maio.

No âmbito deste projeto, a TENA criou também um selo para o meu blog que poderão ver nas próximas semanas. Sejam solidários com esta causa e passem a palavra aos vossos familiares, amigos e conhecidos.

http://www.tena.pt/mulheres/noticias/latest-campaigns/new-tena-pants-with-confiofit/

Ao contrário do que se pensa a incontinência não é apenas um problema de quem já tem alguma idade. Pode começar logo a partir dos 30.

Beijinhos

Sofia