icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Façam este teste de Numerologia

Nos últimos dias de 2017, Estava a passear-me pelo facebook quando vi um video, completamente por acaso, de um actor conhecido (mas que já não me lembro quem é) a dizer que estava completamente pasmado com um site de numerologia.

Apesar de já ter feito o meu mapa numerológico no ano passado com a (lucinda.freitas2009@gmail.com), sinto-me sempre tentada a fazer novamente para confirmar todos os números, relações etc

Obviamente que decidi fazer e depois de ficar como ele, partilhei de imediato com algumas amigas próximas e todas ficaram encantadas com a analise que tinha sido feita baseada em algo muito simples a nossa data de nascimento e nome completo.

Para quem não sabe a numerologia é das ciências mais antigas da história e foi descoberta pelo filosofo Pitágoras, o pai da matemática, que descodifica datas e o nome através de cálculos simples. O nome que nos foi dado à nascença tem um poder muito grande e influência não só na nossa personalidade como no nosso destino.

Não sei se acreditam essas coisas, mas mesmo sem ser da área, consigo dizer que as explicações, os resumos, as analises fazem muito sentido e parece que foram escritas por alguém que me conhece muito bem…coisa rara neste mundo.

Experimentem e depois digam-me como foi para vocês

https://rellboxx.clickfunnels.com/free-reading

Façam o teste e depois tenham atenção aos email que recebem e as informações que vão complementando ao vosso nome

Divirtam-se e boa sorte

Beijinhos

Sofia

Mapa dos Sonhos para 2018

Quem não gosta de sonhar? mas o melhor de tudo é quando os sonhos se tornam realidade

Para eles acontecerem vou dar-te uma pequenina ajuda e ensinar-te a fazer o Mapa dos Sonhos. Basicamente é um recurso em que colocas num papel tudo o que queres que aconteça na tua vida nos próximos tempos.

É importante que tenhas bem claro o que desejas, caso contrário o próprio universo vai ficar sem saber como ajudar. Os desejos podem ser profissionais, amorosos, escolares, emocionais, família, filhos, amigos etc.

Se estiveres num momento de indecisão então coloca esse pedido no mapa. Que ele vos ajude a encontrar as respostas. Tais como fazer cursos, novas formações, ou fazer aconselhamento de Coach etc, ler mais livros de auto-ajuda e os teus objectivos vão ficar cada vez mais claros.

COMO FAZER O MAPA DOS SONHOS

  1. Pega numa folha A3, branca de preferência sem linhas, para ficar mais fácil desenhar e detalhar os teus sonhos
  2. No meio da folha escreve o teu nome completo e logo debaixo coloca a data de nascimento (DD/MM/AAAA) e faz um circulo à volta de tudo.
  3. Desse círculos puxa setas com os tópicos correspondentes aos aspectos da vida para os quais queres pedir que aconteça nos próximos meses. Coloquei em anexo um exemplo
  4. Escreve um tópico de cada vez. Quando terminares um tópico começa o seguinte, assim por diante até terminares o Mapa dos Sonhos. Tenta é fazer o Mapa de uma só vez e não em dias diferentes. Podes organizar os temas num caderno antes para não esqueceres de nada. Mas caso precises acrescentar algo, não há qualquer problema algum e fazes noutro dia.
  5. Escreve mesmo como irá acontecer. Não coloques o “gostaria” ou dúvidas, diz mesmo “vou a paris”, “Vou comprar um carro novo”, “quero que me chamem para trabalhar na empresa x etc e vou ganhar tanto por mês
  6. Evita palavras negativas como “não vou ficar doente”. O Universo não entende o Não e pode ficar baralhado e fazer o inverso, por isso mais vale escrever “vou ficar cada dia mais saudável, alimentar-me melhor, ser mais forte e ter mais energia”
  7. Não tenhas medo de pedir, por achares que é demasiado grande ou inatingível tu mereces. Sê descritivos e focado.

Recomendo que antes de puxares os tópicos escreve uma frase estilo mantra. Pode ser por baixo do nome ou por cima. Pede ao Universo que o melhor se manifeste na tua vida a partir de agora. Pede com o coração e não com o ego.

Quando Terminar de fazer o Mapa dos Sonhos

O timming perfeito para fazer o Mapa dos Sonhos depende de cada um. Convém ser num dia em que te sintas bem e confiante. Deixa o Mapa num lugar de fácil acesso para olhar para ele de vez enquanto e relembrar tudo o que desejas. Deves mesmo pegar nele e reler.

Quando um tópico se realizar coloca um agradecimento em frente

Podes sempre fazer um novo sempre que sintas necessidade basta rasgares ou queimares o antigo. Agradece tudo o que ele de ajudou a realizar.

Beijinhos Feliz Ano Novo

Sejam muito felizes e Bons Sonhos

Sofia

 

Este País Não tem Paciência para Velhos

Sinto-me triste quando apercebo-me que somos um pais de pessoas idosas e que ninguém tem paciência para eles

Estava na Worten e foi notório a falta de paciência da equipa perante um casal mais velho que tinha acabado de gastar 400 € das suas poupanças. O sistema estava a dar problemas e a senhora comentou para mim, timidamente, encostada a umas caixas “devia ter aceite a cadeira”. De imediato comentei com a funcionária “Onde se pode ir buscar uma cadeira para esta senhora sentar-se?” Eu e outra senhora olhávamos ao redor para tentar ver uma solução para a senhora sentar-se.

“Já lhe tínhamos oferecido a cadeira ela é que não quis!” disse a funcionária com voz de rebiteza.

A outra funcionária quando viu a cadeira a chegar disso rigorosamente o mesmo com uma voz de falta de paciência. O casal sem grande força, nem teve coragem de dizer nada. Até porque as pessoas mais velhas sentem que estão a mais, todos os dias têm a prova que ninguém tem paciência para eles, a não ser os seus e mesmo assim às vezes nem esses.

Eu disse “se calhar ela não sabia que iria demorar tanto, o sistema não está a dar problemas?”. Depois os senhores assinaram uns papeis e foram-se embora sem grandes despedidas da parte da equipa. Já estavam despachados era o que parecia. O que me custou mais foi a simpatia e prontidão que me atenderam a mim a seguir, que nem sabia o que queria e que sai da loja com as mãos a abanar.

Somos um País que não gosta dos velhos, que os abandona literalmente. Mas pensem eles um dia foram como nós. Tiveram uma vida agitada, empregos, sonhos, desejos, força, mobilidade, famílias, eventos, actividades. E as coisas mudam e o que me assusta é que eu vou ser assim e não quero sentir-me a mais, não quero pensar que irei ser um fardo para alguém e para a sociedade porque peço uma cadeira para me sentar, ou porque demoro mais tempo a atravessar a passadeira e que irei falar mais arrastado, isto se conseguir ser independente.

Respeitem aqueles que foram a nossa origem, os nossos antecessores que nos ajudaram a criar a crescer e a ter melhores condições. Em todas as sociedades evoluídas os mais velhos são vistos como anciões. Guardiões do conhecimento. Há oportunidades para eles, terem partimes, criarem negócios para se sentirem úteis e menos sozinhos. Os nossos vivem sozinhos nos jardins, ou em centros comerciais sentados na zona da restauração, ou nos centros de saúde à espera de serem atendidos, com reformar miseráveis e tristes pois o Mundo esqueceu-se deles e virou-lhes as costas.

Pensem 2 vezes antes de vos faltar a paciência para alguém mais velho. Imaginem o que seria alguém ser bruto com os vossos avós ou eles sentirem que ninguém gosta deles e que são um fardo para a sociedade?!

Até porque eles não são “velhos” por opção, infelizmente vamos passar todos por isso.

Beijinhos enormes, sejam felizes e mais humanos

Sofia

PS. Não gosto de me referir a pessoas mais velhas como “velhos”, foi só para dar alguma força ao texto. como diz o ditado “velhos são os trapos”

 

Quando Tudo Era Perfeito e depois Deixou de Ser

Amizades, relacionamentos são difíceis de manter nos dia de hoje.

Não se admirem que o que parece forte e resistente, um dia acabe sem mais nem menos. Não estou aqui a assustar ninguém, mas de certeza que já se passou convosco. Ou foram “deixados”, ou foram vocês que se afastaram.

Mas qual a razão para isto acontecer?

Há mais contrastes emocionais entre as pessoas que antigamente. O que nos aproxima é também o que nos ajuda a afastar.

Somos mais sensíveis, mais dispersos, mais egoístas, mais traumatizádos, mais contactáveis mas muito menos disponíveis, mais corajosos nas palavras mas mais cobardes nas acções. Seguramo-nos a clichés para dar explicações, falamos por entre murais de facebook e mandamos recados pelas redes sociais ao em vez de resolver olho no olho, palavra a palavra e claro que não há relação que dure por entre a indiferença.

As relações fortes aguentam tudo: a seca, a distancia, as brigas, as tempestades. São relações preparadas para se manterem e durarem. Outras são apenas passagens nas nossas vidas e temos que também entender que para um dos lados ou até para ambos, não tinha a força que aparentava ter.

Está em cada um de nós a vontade de mudar uma relação partida. Saber pedir de desculpa é o 1º passo. Todos temos culpa em algum momento, não é uma questão de nos rebaixarmos é uma questão de principio. Os valores e a educação é que vão ditar o destino de tudo. Se vocês virarem costas é normal que a coisa acabe. Se simplesmente não a “alimentarem” alguém vai passar fome. Se não lutarem por ela…simplesmente perdem.

Por isso também não se admirem nem muito menos façam de vitima, por muito errados que tenham estado, terão sempre do vosso lado “Eu tentei”.

São complexas as relações, mas também porque são tratadas de forma superficial. Há amigos e amigos, há amores e amores. Cabe a cada um de nós pesar o que sentimos e se a pessoa em causa vale a pena.

Mas da mesma forma que vos quero ajudar a salvar algo que está a morrer, também sou a 1ª pessoa a dizer para se afastarem de quem não vos merece, não respeita o que estão a sentir, ou que apenas não quer saber da vossa história.

Pensem bem antes de tomarem decisões e não sejam impulsivos, pode deitar tudo a perder. Mais vale respirarem antes, pedir um conselho a alguém em que confiem e só depois actuar.

Beijinhos enormes, sejam felizes e mais humanos

Sofia

 

 

 

Para Quem Quer Ajudar as Vitimas dos Incêndios

Quero ajudar Portugal e os Portugueses que foram vitimas dos incendios e tu?

Depois dos acontecimentos drásticos que aconteceram pelo nosso País nos últimos dias, por causa do descontrolo dos incêndios. Voltamos a deparar-nos com inúmeras famílias desalojadas que perderam tudo, casa, bens, animais, a esperança, etc

Se és como eu e não consegues ficar quieto e queres ajudar e contribuir deixo aqui alguns links que te podem ajudar a direccionar as tuas acções:

Bens

Faculdade de Direito https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1617594678286143&set=a.373994619312828.83041.100001068791675&type=3&theater

On Coimbra https://www.facebook.com/EyesOnCoimbra/posts/1988349991401488?hc_location=ufi

Município de Tondela https://www.facebook.com/municipiodetondela/photos/a.1946822395458463.1073741828.1945223145618388/2506353896171974/?type=3&theater

Oliveira do Hospital Lovers https://www.facebook.com/OliveiraDoHospitaLovers/posts/1622664257783815?hc_location=ufi

Rir é Fácil Ajudar – https://www.facebook.com/events/185903628636372/?acontext=%7B%22action_history%22%3A%22[%7B%5C%22surface%5C%22%3A%5C%22messaging%5C%22%2C%5C%22mechanism%5C%22%3A%5C%22attachment%5C%22%2C%5C%22extra_data%5C%22%3A%7B%7D%7D]%22%7D

Hugo Paiva – Ajuda Avó – Oliveira do Hospital –  https://www.facebook.com/hugo.paiva/posts/10209782987678815

Junta de Freguesia de Alcantara – https://www.facebook.com/jfalcantara.pt/?hc_location=ufi

Animais

Ira – https://www.facebook.com/intervencaoeresgateanimal/

Hospital Veterinário Universitário de Coimbra – https://www.facebook.com/HospitalVeterinarioUniversitariodeCoimbra/posts/1601836419882967

Centros Veterinártios https://www.veterinaria-atual.pt/na-clinica/medicos-veterinarios-voltam-ao-terreno-ajudar-animais-afetados-pelos-incendios/

Animais de Grande Porte – https://www.facebook.com/Ancose-Associa%C3%A7%C3%A3o-Nacional-198493403815120/

Encontros, caminhadas, manifestações pelas vitimas

Lista de Manifestações pelas Vitimas dos Incêndios – https://www.facebook.com/umactivismopordia/posts/1946714992254661

Portugal Contra os incendios – https://www.facebook.com/events/288479608311025/?acontext=%7B%22action_history%22%3A%22null%22%7D&__mref=mb

Plantar Portugal

http://www.plantarportugal.org/

CTT – https://greensavers.sapo.pt/2017/07/ja-pode-plantar-uma-arvore-pela-floresta-portuguesa-basta-ir-aos-correios/

Beijinhos e sejam mais felizes e mais humanos

Sofia

Obrigada a todos que contribuíram para eu fazer este artigo

Saltitar de Amor em Amor

És daquele tipo de pessoa que não consegues estar sozinho? que quando terminas um relacionamento começas logo outro de seguida?

Se fores, então recomendo que leias este texto pois tenho a certeza que nenhuma dessas relações está a resultar.

Há um ditado que se enquadra lindamente para quem um problema em estar sozinho “tapar o sol com a peneira” e o que a maior parte das pessoas fazem quando terminam um relacionamento e têm necessidade de saltar logo para outro namoro.

Dói gostar de alguém e deixar de a ter. Mesmo que sejam um terminar calmo porque chegaram à conclusão de que juntos não funciona. Mas essa dor demora a passar e é necessário fazer o Luto.

O luto tem um tempo indeterminado (espero que não seja eterno, até porque isso seria tonto), mas cada um tem o seu tempo para desligar-se emocionalmente da outra pessoa, depende imenso do tipo de relação que tiveram. Relações manipuladoras costumam ser as mais complexas, pois existe dependência, medo, insegurança e tantas mais coisas horríveis e por isso mesmo que terminem ficam sempre imensas “pontas” por puxar e dar cabo da cabeça.

Nunca é bom e saudável quando começas a envolver-te com uma pessoa ainda com a outra no coração, muito menos é justo para esse novo relacionamento. Também não irias gostar se fosse contigo e nada como entrar numa nova fase livre, descomprometido e sem pensamentos extras.

Se tiveres a pensar ainda no ex o que vai acontecer é que vais entrar numa competição a ver quem está mais feliz e mais apaixonado, o que se torna desnecessário e falso para toda a gente. pior ainda se tentas causar “ciumes” pelas redes sociais e “esfregar” na cara do outro “olha eu já estou apaixonado”, chega a ser ridículo.

Nesse novo relacionamento nunca vais conhecer a pessoa realmente bem, só vais descobrir mais tarde se é a pessoa certa para ti ou que andaste novamente a perder o tempo e em vez de estares a construir uma relação forte e duradoura estás novamente a entrar em desgaste e ruptura. Depois ficas sempre com a sensação de que não dás certo com ninguém, que tens azar, que não era para ti e o feitio de vitima vem ao de cima, mas na realidade as pressas nunca foram amigas da perfeição por isso dá tempo ao tempo e respuira entre relacionamentos.

Faz essa pausa até para te conheceres e saberes quem és e só assim saberás qual a melhor pessoa para ti, caso contrário só andas a experimentar e estando ocupado a toda a hora até te pode passar a oportunidade de conheceres a verdadeira alma gémea :).

Não tenhas medo de ficar sozinho nada de mal vai acontecer, alias até te podem acontecer coisas fantásticas

Beijinhos e sejam muito felizes sozinhos ou acompanhados

Miss Tips

Tens Medo de Quê?

Quando montava a cavalo no 4ª esquadrão da GNR ali na Ajuda. Havia um tenente que se colocava junto ao obstáculo (que estava bastante alto) e gritava uma frase que nunca mais esqueci. Cada vez que um aluno era obrigado, sozinho, a contornar o picadeiro a galope e a saltar, quer o cavalo quisesse ou não ele dizia: “Meus amigos quem tem cu tem medo!”.

Quer ele tivesse razão nos métodos de ensino ou não, coisa que hoje em dia seria perfeitamente proibido. mas a frase dele permanece comigo há mais de 30 anos.

Todos temos medo de alguma coisa seja de uma barata ou de tubarões, seja de morrer ou viver, ser feliz ou não fazer nada com a vida. Mas o que é certo é que esse medo por ser impeditivo de imensa coisa inclusive castrador.

Eu cresci com imensas fobias, algumas delas doentias, como o medo de morrer que me perseguiu até aos meus 30 e por causa disso não fiz milhares de coisas. O medo de tubarões que era tão grave que se me dissessem que estava um dentro da banheira eu sairia dela a correr e no entanto já nadei com milhares nas Maldivas e nas Sheicheles e continuo com medo mas com muito respeito. O medo de ser feliz ou de ter sucesso ou da coisa correr bem. Mas faz algum sentido, alguém ter medo disso? Não mas é tão comum como alguém gostar de gelados. O medo de viajar sozinha ou de estar sozinha até fazer a viagem da minha vida no ano passado pelos Açores e faria todos os meses se pudesse.

O que quero dizer com tudo isto é que vamos ter sempre medo de alguma coisa a qualquer momento da vida, mas não podemos deixar que esse medo nos controle a vida, os pensamentos, a nossa vontade e mesmo que ele nunca deixe de existir que se arranje uma forma de se viver com ele.

Conheço imensas pessoas que conseguiram ultrapassar o seu medo de dançar e hoje são super felizes frequentando aulas de dança, assim como os que têm medo de pessoas e da vida social e mesmo mais ou menos escondidos vão fazendo as coisas.

Façam um favor a vocês mesmos, encham-se de coragem e arrisquem, enfrente algum dos vossos medos e garanto que se irão sentir muito mais confiantes e felizes

Beijinhos e sejam felizes e mais humanos

Sofia

 

Dia da Mãe, do Coração e como Marca d’Amor

De todos presentes de Dia da Mãe que vocês possam dar o vosso Amor e Respeito eterno será sempre o mais valioso.

As mães são sem dúvida a nossa maior ligação à nossa existência e graças a elas recebemos a melhor dos exemplos, das educações, carinhos e tudo o resto.

Para ela que merece tudo deixo-vos uma dica valiosa e feita com tanto amor e dedicação que torna um presente comum num presente fora de série e cheio de Amor.

Feito por um grupo muito dedicado, cheio de entusiasmo e carinho por jovens com deficiência da AIREV. A originalidade das peças surpreendente e o que pode parecer algo simples é muito elegante e especial.

Em cada peça, junto, vem a foto e a descrição de quem a fez o que dá um toque especial e não vai ficar indiferente às vossas mães, tenho a certeza.

Vou deixar-vos alguns dos exemplos para vocês ainda pedirem a tempo para Domingo para mimarem a vossa mãe

Em cima de cada imagem vem a pagina e que se destina a encomenda

Beijinhos do Coração

Sofia

Despeja Bolsos pode ser feito em qualquer cor – Do Coração:

Podem escolher a cor do pompom o fio – Marca d’Amor

 

As Boas e as Más Notícias

Há uns 3 meses que decidi naturalmente ser voluntária no canil da Amiama.

Não foi uma decisão muito complexa de ter, apenas senti um género de um chamamento, uma luz que me levou para lá ou uma vozinha que me ia chamando baixinho, “anda cá”, “anda cá”.

E lá fui e lá tenho ido quase todos os fins-de-semana. Comigo tenho levado alguns amigos para ajudar. Uns ficam e já nem precisam de mim para ir para lá ajudar, outros esperam sempre as minhas “boleias” para lá ir.

Mas quase sempre vou sozinha, porque dá-me liberdade de ir à hora e ao dia que me apetece, mas porque sabe me bem estar lá sozinha com os meus meninos. Ser voluntário, pelo menos para mim é ajudar os outros, mas os outros nos ajudarem também a nós. E tem sido das experiências mais incríveis e enriquecedoras esta que tenho tido com os meninos (cães) da Amiama.

Embora duro, para quem adora cães, vê-los ali, em que o tempo passa e ninguém os quer e vão ficando, crescendo, envelhecendo sozinhos às custas das ajudas de estranhos e de conhecidos e como restos que já ninguém quer ficam a ver os outros passarem, uns a serem deixados como eles e outros a seres escolhidos porque são mais pequeninos, mais bonitos e têm a sorte de serem de raça.

E há com cada história que vocês não têm ideia. Na realidade e resumindo todos foram deixados por um humano que não teve coração nem coragem de manter a responsabilidade e compromisso que teve com o seu animal. Foram abandonados e deixádos à sorte….ou na realidade ao azar.

Mas ao menos têm uma caminha fofa, um tecto, comida, cuidados e festas. Eu tento dar-lhes amor e carinho. Gosto que sintam a sensação de ter alguém que gosta deles e que por uns momentos sintam o que é ter alguém, mesmo que por uns minutos. E garanto-vos que na Amiama eles são muito bem tratados e há muita gente boa e pronta para ajudar. Como a Catarina que todos os Domingos limpa o canil a partir das 8 da manhã.

Acho que todos nós em algum momento já nos sentimos uns cães abandonados e já vagueamos pelas incertezas, já mendigámos afecto, já nos revoltámos com o mundo e só desejávamos morder a quem se aproximasse, mesmo aqueles que nos querem bem. Eu senti-me tantas vezes como eles e por isso sei o que é estar sozinho, achar que nunca iremos ter quem goste de nós e é dificil confiar em pessoas.

Ninguém disse que era fácil lidar com estes sentimentos e é difícil controlar o afecto que vai crescendo por alguns dos meninos ali esquecidos. Tem sido duro saber que alguns partem porque chegou a sua hora e que estavam sozinhos e que o colo que tiveram nunca foi suficiente ou o sempre o mesmo. Como o Rick que morreu uns momentos depois de eu o ter passeado e limpo o seu espaço (não gosto de chamar de jaula) e que quando lhe disse até logo seria adeus para sempre. Ou do meu Koala que não resistiu a mais um ataque epiléptico e ele que era tão mas tão amoroso e merecia tanto ter tido alguém que lhe amparasse e vou ter tantas saudades de o ver paradinho como um boneco a olhar para mim e a derreter o meu coração com os seus olhinhos de alma pura.

Nesta 6ª-feira vão buscar o meu patanista, o que são excelentes noticias ele ter sido adoptado….mas era o meu menino, o meu patanisca que me divertia tanto e que na realidade eu adoraria ter levado para casa. Vou ter imensas saudades dele e vai custar-me não saber se está bem. Ou chegar ao canil e não ver a sua animação, as suas corridas e ter os seus beijinhos. Mas é uma gestão que tenho que aprender a ter que ter e saber desapegar-me emocionalmente e continuar a minha missão.

Aprendi nesta vida que por muito dura que seja a “Vida Continua” e haverá sempre momentos tristes em que temos que aprender a libertar e a deixar ir e viver com as memórias de tantos outros que foram fantásticos.

Como isto tudo não quero ser nem sou melhor que ninguém, nem faço mais nem menos, mas espero mesmo que o pouco tempo que tenho disponibilizado para ir à Amiama tenha feito e que faça alguma diferença na vida destes cãezinhos que merecem ter uma família, um lar, um colo, várias festa e carinhos, biscoitos, passeios, viagens, um sofá e milhões de momentos de felicidades juntos dos seus donos.

Por favor eu imploro que não abandonem os vossos animais e se tiverem oportunidade, disponibilidade e responsabilidade que adoptem um cão.

Beijinhos

Sofia

Um Mosquiteiro Uma Vida

Sabiam que a maior causa de mortalidade infantil em África é por causa da Malária?!

Milhares de crianças morrem devido à picada do mosquito e é uma realidade dura e muito complicada de controlar.

Mas uma amiga minha a Virgínia Coutinho, guru das Redes Sociais está neste momento em Moçambique com uma ONG para dar aulas e prestar voluntariado durante 1 mês e meio, ficou rendida a esta história e não consegui ficar indiferente. Aplicou o seu knowhow e aquilo que sabe fazer melhor e criou uma acção linda que pode salvar 1 vida e quem sabe 1000.

Se forem ao site: http://www.3mosquiteiros.org/pt podem doar 3, 10 ou quantos mosquisteiros quiserem que irá fazer toda a diferença na vida de uma criança, uma família, uma comunidade e quem sabe do continente. É super simples e até eu que sou uma naba em compras online consegui dar os 3 mosquiteiros em menos de 3 minutos.

Aproveitem e partilhem esta causa pelos vossos amigos e familiares é tão bom ajudar e saber que podemos contribuir um bocadinho para um Mundo melhor. E não se esqueçam que já todos fomos crianças e que o nosso futuro dependem delas

Beijinhos e sem bons uns para os outros

Sofia