icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Meias de Rede

É oficial voltei às meias de rede!!!!

Foi um acaso que se tornou rotina. Um dia, daqueles em que uma mulher está super atrasada, não encontrava uma meia de vidro que não estivesse furada, ou com malha.

Em desespero e quase a colocar a hipótese de ir trabalhar sem meias com 9º na rua, avistei um pacotinho de meias de rede que sobraram da minha ultima actuação (mais fácil dançar com meias de rede, porque os sapatos não escorregam). Decidi colocar e gostei do conforto nas pernas. Eram mais quentes que as meias de vidro e mesmo não sendo brilhantes, acabam por tornar a perna mais natural e ao longe até parece que não uso meias.

O que é certo que no ultimo mês só tenho usado meias de rede. Duram muito mais, só preciso lavar e deitar fora quando fazem um buraco maior na zona dos dedos dos pés.

As que uso são nude, cor de pele, confesso que já não me entusiasmo tanto a falar das pretas, ai prefiro usar as opacas ou as meias opacas de vidro. Acho que as pretas dão um look trashy que acho piada em miúdas mais novas.

Deixo-vos aqui a dica, faço-vos o desafio de tentar voltar às meias de rede e partilharam comigo se estão felizes.

Eu só de pensar de não deito fora 100.000 collants de vidro durante um inverno já dou pulos de felicidade. Se ao menos dessem para fazer para-quedas como antigamente, mas é mais lixo que produzimos.

Beijinhos e sejam muito mas muito felizes de preferê-ncia com meias de rede

Sofia