icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Laser ou Luz Pulsada?

Como sabem há uns 2 anos que faço depilação a laser em todo o corpo (buço,braços, pernas, virilhas e afins e axilas), neste momento estou em processo de manutenção, já só preciso de ir de 6 em 6 meses. A minha escolha pelo laser foi apenas porque era o método que a Clínica em que fazia usava. Na realidade nem sabia a diferença entre a luz Pulsada e o laser.

Ontem decidi mudar e experimentei a Luz Pulsada. Para ser sincera estou muito satisfeita, não sai a cheirar a porco queimado, nem com espasmos dos choque que levei. O processo é praticamente igual, só que em vez dos pêlos serem rapados de lamina, são cortados. Também irão cair, nascer e voltar a cair. Não tive ataques de comichão e estou perfeitamente normal e não me incomoda nada. Durante o trabalho da Luz, confesso que me tive uns espasmo em cada flashada, mas eu tinha dormido 2 horas na véspera, por isso, só posso voltar a falar sobre este assunto quando voltar a fazer uma nova sessão.

Mas segundo percebi, o laser é um sistema antigo pelo qual a fotodepilação deu inicio. A luz pulsada é o sistema mais actual e menos abrasivo de se fazer depilação definitiva. É mais fácil de ler peles escuras e bronzeadas

Em relação ao laser a única zona do meu corpo que não funcionou foi o buço e deixei completamente de o fazer e agora faço a cera em casa.

A depilação definitiva foi a melhor coisa que fiz, foi um investimento que me deu um descanso e conforto. Não me saiu mais caro do que fazer mensalmente a cera, ou de 3 em 3 semanas como chegava a fazer no Verão.

Quando aos homens, deixem de ser mariquinhas e façam também desde que não seja nas vossas zonas intimas, porque há quem diga que faça mal. Mas livrem-se dos pêlos das costas e excessos na frente, garanto que as mulheres não gostam, não é nada sexy. 🙂

Beijinhos muito grandes e espero ter ajudado

Sofia

Av D Nuno Álvares Pereira 10 A 2700-256 Amadora