icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Jessy James a Mulher Real na Moda Lisboa

Ai as mulheres são tramadas, em vez de se defenderem umas às outras, estão sempre a arranjar motivos para deitar as

outras a baixo. Já sei que nem todas são assim, alias, eu não sou assim e longe de me incluir neste pacote assim como 90% das minhas amigas, mas conheço bem a fama das mulheres. Alias conheço na pele, assim como vocês.

Eu mesmo assim (agora há uns anos atrás era pior), tenho muita sorte, raramente tenho pessoas a deitarem-me publicamente ou pessoalmente a baixo. Lá vou encontrando uns blogues a dizerem mal de mim, mas custa só no principio, depois passa e é publicidade gratuita. Quem segue esses blogues também não me interessa. Não vou deixar de ser quem sou, porque causa de uma tola invejosa que a maior parte das vezes nem se assume, nem partilham a real identidade.

Criticar às escura é fácil!!! Mas torna credível um comentário de uma cobarde?

Se pensarem bem, antes de se sentirem afectadas por comentários das outras, seja na escola, no local de trabalho, nas amizades, entendam que quem critica por norma é inseguro e tem muita dificuldade em lidar com o sucesso, a confiança, a beleza, a atitude dos outros. Por isso não é válido qualquer tipo de comentário vindo dessa pessoa. Preocupem-se apenas com o que sentem e procurem a vossa confiança dentro de vocês!

Mas esses comentários só vos irão afectar caso deixem! Por favor!!! Procurem a vossa confiança, libertem-se da pressão da opinião dos outros, da aceitação desesperada da sociedade. Vivi anos da minha vida a tentar agradar a Gregos e Troianos e o que consegui disso?! Uma depressão, falta de auto-estima, a rejeição, a solidão a falta de identidade! Cada um é como é e merece um lugar no mundo, o reconhecimento e a felicidade. Há espaço para todos brilharem 🙂

Este texto vem ao encontro da polémica deste fim-de-semana da Jessica Athayde (podem ler aqui o que a própria escreveu sobre o assunto jessyjames.pt) na Moda Lisboa, quando acharam que estava gorda para desfilar de bikini. Na realidade só podemos rir de tal coisa. A Jessy James está é boa como tudo e quem me dera ter essa oportunidade como a segurança que mostra e atitude. O engraçado é que se ela estivesse magra seria chamada de anoréctica e caia-lhe tudo em cima por esse motivo. Que infelicidade de povo, somos todos tão evoluídos para ter smatphones, tablets e brincar no facebook entre outras coisas e tão primatas e mesquinhas no que toca a sentimentos e respeito pelo próximo.

Sinto vergonha de viver num mundo que é feito de pessoas assim. Espero mesmo, do fundo do coração que o meu blogue, os meus desabafos ajudem a mudar algumas mentalidades saloias e de falsas Santas que andam por ai.

Somos todas mulheres, somos todas iguais, devíamos ser todas unidas pelo mesmo

Girl Power!!!!

Sofia