icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Viver Sozinho Não é Estar Só

 

Na semana passada uma seguidora pediu-me para escrever um texto sobre como lidar com o facto de se estar e viver sozinho.

Estar sozinho não significa que se está só, mas pode realmente ter essa conotação mas dependerá da forma como vocês encaram essa situação.

Demorei algum tempo a entender essa diferença. Sentia-me sozinha porque estava sozinha. Tornei isto quase como um tortura psicológica e a sociedade não ajuda. “Vais ficar encalhada”, “Estás sozinha”, etc

E realmente foi duro e para mim durante algum tempo e chegou a ser impensável ir a um cinema sozinha, teatro e muito menos viajar. Achava que seria bater no fundo. Isto tudo até há 2 anos atrás.

Um dia pensei, porquê é dramático ir ao cinema sozinha? o que tem de mal? ninguém no vê, não é suposto conversar durante o filme. Então numa antes-estreia em que ninguém estava disponível para me acompanhar decidi ir sozinha e sabem que mais, adorei. Achei o máximo, vi o filme em vez de ficar em casa a pensar: “Será que foi bom?”

E ai comecei a entender que não havia mal algum estar sozinho e uns meses depois estava a planear uma viagem de 4 dias por São Miguel completamente só. E foi sem dúvida das viagens mais incríveis e maravilhosas que fiz na vida, por tantos motivos e porque a cima de tudo eu estive comigo e nem por 1 segundo me senti só.

O truque é libertarem-se da ideia de que precisam de alguém na vossa vida para se sentirem preenchidos. Aos poucos vão treinando estar sozinho: ir ao cinema, passear e à medida que se vão sentido mais seguros, vão estendendo o tempo ou fazendo coisas diferentes e menos prováveis: ir à praia, jantar fora, um fim-de-semana. Levem um livro, uma revista os phones e oiçam música por exemplo para ajudar a passar o tempo ou desencalhar quando se sentirem mesmo necessidade.

Agora não deixem de viver por causa disso ou se fechem em casa à espera de ter um namorado ou um grupo de amigos que resolva o vosso problema de solisão. Quem sabe nesses momentos só até conhecem alguem que está igual a vocês.

Eu sei que a principal preocupação é “O que Vão Pensar os outros por estar Sozinho?!!!”. Quanto mais descontraídos estiverem, menos as pessoas vão dar pela vossa presença e sinceramente ninguém está paranóico a olhar para vocês, só vocês mesmo é que imaginam isso em relação aos outros.

Costumo dizer isso em relação à dança quando as pessoas dizem “não vou fazer más figuras, vai ficar tudo a olhar para mim”!! Nada disso, ninguém quer saber a não ser de si mesmas :),

Relaxem e aproveitem a vida da melhor forma, quanto mais fechados vocês estiverem para ela menos será provável serem felizes.

O trabalho de casa é fazerem uma lista (eu adoro listas) e coloquem tudo o que gostariam de fazer e não fazem porque estão sozinhos e aos poucos vão começando a riscar à medida que vão concretizando. Não tem que ser tudo de uma vez…baby steps

Para terminar perguntem a amigos que têm relacionamentos se eles se sentem sozinhos ou acompanhados, vão ter uma bela surpresa. Aproveitem o estado solteiro para viver ao máximo sem ter que dar respostas a ninguém

Boa sorte e sejam felizes e mais humanos

Beijinhos

Sofia