icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Um Sonho…Um Dia…Quem Sabe

No ano passado pensei mudar de casa. Estava farta de estar num apartamento, que já tinha cumprido a sua função comigo. 15 anos de lembranças muito boas, outras muito más.

É uma casa cheia de amor mas que foi comprada num período muito negro da minha vida. Inicio da minha depressão, com um relacionamento completamente equilibrado e violento emocionalmente. O homem com quem estava na altura, achou que eu tinha comprado a casa para ele viver e queria ir viver para lá muito antes de eu poder mudar-me. Foram milhares as discussões, guerras e insultos, até que um dia tive forças para acabar e seguir com a minha vida para a frente, agora aqui estou.

Quando finalmente mudei-me para a minha casa, o meu relacionamento tinha finalmente acabado, mas não as lembranças de tudo o que se tinha passado. Com isso, para a agravar gastei mais do que podia nas finanças, nas coisas para a casa, e andei uns tempos bem atrapalhada a fazer milhares de cortes e poupanças, para conseguir viver sozinha e não voltar para casa dos meus pais.

Lembro-me de viver lá só por viver, só passado 1 ano é que senti-me ligada a casa. Acabei por ir adiando aqueles embelezamentos que gostaria de fazer no inicio: como mudar o chão da sala (de azulejo para madeira, toda a casa de banho, ou porque não queria gastar ou porque não tinha cabeça.

Sou feliz na minha casa e ela é óptima para mim. tenho luz em toda a casa, as divisões têm tamanhos satisfatórios (menos a minha casa de banho….tão pequenina), varandas e na realidade tudo funciona e o que gostaria de mudar são os luxos que qualquer pessoa gostaria de fazer numa casa com mais de 15 anos.

Tenho uma infiltração muito chata na sala que foi durante todos este ano a minha luta no condomínio e ninguém sabe de onde vem, Agora que o problema afecta a todos precisamos de fazer obras no prédio para tentar travar esse problema, mas os custos por condómino são elevados e basta 1 não querer que os outros não avançam. Por causa disso infelizmente não posso pintar a sala (que tanto me iria fazer bem). Mudar o chão é uma fortuna então vou adiando essa decisão…adiando…adiando.

Mas há uma coisa que não preciso adiar. Que são as pequenas mudanças que podemos fazer na decoração. Arrasta um móvel para aqui, trocam-se outros para ali. E dá uma renovada tão boa na casa. Mesmo que mude de cortinas, escolha umas novas capas para o sofá, pinte uma divisão, já parece que tudo mudou à nossa volta.

Na semana passada fiz e isso e continuo tão feliz e sinto e parece que estou numa casa nova, com melhores energias e mais em paz. Continuo a libertar-me de coisas antigas (umas ligadas ao tal passado que não era muito bonito, mas não por querer esquecer, mas porque quero fazer um upgrade da minha home).

Mudar de casa só se for para melhor e os valores que se pedem hoje são surreais. Sonho com uma vivenda, com jardim para os meus cães e gatos e tartarugas e para as minhas plantas crescerem felizes! Alias para sermos todos felizes!!! Até lá vamos fazendo o que podemos com o que temos e agradecendo todos os dias ter uma casa fantástica que está um pouco desactualizada mas que me proporciona coisas fantásticas: abrigo, protecção, paz, amor

Beijinhos enormes e fica a dica. Mexam as aguas na vossa vida que as energias acabam por mudar também, a vosso favor

Sofia