icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Smile

Partilho convosco o meu lado mais doce e nostálgico.

Depois de um braço de ferro com o fotografo Tiago Costa, aceitei despir-me e a “nú” deixei-me fotografar sem sorrir.

O sorriso faz parte da minha vida. Faço-o com gosto, porque em 24 horas somos brindados com tantas alegrias. Mesmo nos dias menos bons, há sempre alguma coisa que nos faz quebrar e rasgar um sorriso nem que seja pequenino ou amarelo.

Aprendi a sorrir em criança e felizmente a vida permitiu-me que ele se mantivesse no meu rosto, todos os dias, várias vezes ao dia. Gosto de o partilhar com o mundo e acredito que um sorriso pode mudar o dia de outra pessoa. Por isso sorrio, quando olham para mim, quando me falam, quando se despedem, quando me chamam, quando me fazem rir e até a chorar sou capaz de sorrir.

Sorrio com o lábios, com os olhos, com as mãos, com o coração e com a alma. O sorriso para mim envolve o corpo todo. E é uma forma de expressão tão forte e verdadeira como a de chorar. Talvez mais difícil de manter, mas nunca impossível de repetir, vezes e vezes sem conta.

Mas quem sabe sorrir e controlar o encanto, é porque sabe enganar e quer enganar. “Vejam-me a sorrir, nunca saberão que estou a sofrer”. Só os atendo e preocupados, sabem que o sorriso verdadeiro vem do olhar e não os lábios.

Aprender a sorrir com os olhos, sem mexer os músculos do rosto, necessita de muita felicidade e amor. É como se o sol brilhasse de dentro do olhar! Como se milhares de borboletas brincassem dentro do nosso corpo! Como se a vontade de viver fosse tão forte que faria falar em código pelo pestanejar.

Hoje partilho convosco o meu maior receio de verem quem realmente sou por detrás do sorriso. Sem tentar esconder as minhas incertezas, os meus medos, as minhas inseguranças, os receios, o que me magoa, o que me entristece, as minhas lutas, cicatrizes e momentos de felicidade que me acompanharam toda a vida, assim como as pessoas que amo, a minha família, amigos, animais, recordações, caminhos, desgostos, quedas, vitórias loucuras e tantas outras coisas que fazem parte do meu olhar!

Obrigada por me seguirem com o vosso bem mais precioso e me receberem tão bem na vossa alma.

Beijinhos e muitos sorrisos para todos vocês

Sofia