icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Sexo a Cidade e um outros egos Mais

Eu sei meninas desculpem….eu sei que falo muito neste tema e nesta série, mas com o regresso à televisão é impossível que não comente. Até porque há 10 anos atrás quando começou, começo a entender que afinal não entendi metade do “belo” que a série tem.

Quando olhamos no geral, ou quando se fala em Sexo e a Cidade o que nos vem à cabeça é as roupas, os sapatos e a amizade entre 4 amigas. As mulheres começaram a ser mais desinibidas com as relações com as suas amigas, mais extrovertidos e tentavam sempre relacionar-se com uma das personagens da série. Os homens entraram em pânico, lol porque entenderam que afinal as mulheres falavam mais da vida intima e pessoal que eles alguma vez o fizeram.

Mas o que mais me tem prendido à serie, apesar da roupa e dos looks não estarem nada desactualizados e continuarem a ser uma inspiração para mim, principalmente a Carrie Bradshaw, são sem duvida os textos e os conteúdos tão fantásticos que poderiam ser tirados da minha vida neste momento. Há dias que parece que estou num episódio e outros em que escreveram sobre mim.

(aqui faço um parêntesis à actualidade da serie em relação à depilação. Já viram o quanto evoluímos desde essa altura. Será que que quando vimos a serie pela 1ª vez as nossas depilações era menos evasivas? menos intensas? menos desbastadas? Até para a Samanta que de todas, ninguém tem dúvidas que é a mais desinibida, ficava ofendida quando sugeriam que fizesse um pouco de depilação nas virilhas. Pelo menos em Portugal, passados 10 anos tanto as mulheres como os homens voltaram a estar como vieram aos mundo….sem pelinhos “pudicos”, ou com uns pompons, ou brilhantes, ou tatoos etc. Bem dita a depilação e bem dita o Sexo e a Cidade!!! 3 Vivas!!!! Viva….Viva….Viva)

Talvez por ter agora a mesma idade que as personagens, sinto-me ainda mais próxima com as mesmas duvidas, amores, desamores, valores, medos, receios, disparates, inseguranças e claro que com a mesma paixão pela moda…uma moda mais acessível, felizmente.

Mas ontem estava a olhar para as 4 amigas a conversarem no café e comecei a rever-me na Charlotte, na Miranda e na Samanta e comecei a pensar até que ponto os egos, as personalidades, as ambições, as esperanças, as fantasias, etc daquelas mulheres um bocadinho de todas nós. Que ao invés de nos revermos numa única personagem, tenhamos um pouco de todas dentro de nós?!

A inocência da Carrie, o romantismo da Charlotte, a insegurança da Miranda e a loucura da Samanta? Pensem nisso, vejam hoje um bocadinho e tentem-se desprender das semelhanças físicas, sociais das personagens e olhem para o conteúdo….façam isso por favor….porque se não chegarem à mesma conclusão que eu quer dizer que tenho que procurar um psiquiatra porque tenho não dupla, não tripla, mas excesso de personalidades lol, quem sabe hoje ainda descubro um Big e um Aiden dentro de mim (nunca mais pinto moveis, nem fumo charutos lol)

Bem beijinhos, acho que se está a ficar mau tempo e ainda quero ir correr, quem sabe ainda estreio a minha mini gabardine nova. Very Ny Style.

Beijinhos enormes e malucos

Sofia