icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

O Que Esperar para 2018

De há uns anos para cá que deixei de fazer grandes planos para o ano seguinte. “O que será será”, assim evito aquela decepção de final do ano em que “Bolas nada aconteceu como eu queria”.

Mais uma vez falamos das expectativas que podem ser duras e frustrar uma pessoa que estava toda ambiciosa no inicio do ano e termina a achar-se um fracassado.

Mas eu não quero aborrecer ninguém com estas teorias todas e com as conspirações do Universo, mas umas coisas aprendi ao longo da vida e é importante salienta-las aqui:

  • Sonhos sem objectivos não passam de sonhos
  • Não se anulem por ninguém só para terem alguém
  • Estar sozinho não é igual a solidão
  • Conheçam-se e aprendam a amarem-se
  • Atenção as expectativas, “go with the flow”
  • Não coloquem numa pessoa a responsabilidade de vos fazer feliz. Sejam felizes!
  • Não deixem que a vossa mente seja mais forte que os vossos desejos. Ela pode ser destruidora
  • Não se rodeiem de pessoas más, negativas e interesseiras
  • Se querem mudar algo na vossa vida, aprendam que o tempo faz parte de todo o processo e que é preciso respeitá-lo
  • Imprevistos acontecem e não é possível controla-los, mas podemos controlar a forma como os encaramos na vida e como respondemos a eles.
  • Não sofram por antecipação, aprendam a relaxar até terem a certeza
  • Aprendam com os erros, as vezes que for necessário
  • Não sejam vitimas de tudo e de todos. Tentem ser um arbitro da situação e saber avaliar as 2 partes da questão
  • Sejam produtivos, é completamente diferente de ser ocupado
  • Se não acrescenta nada na vossa vida é porque não deve fazer parte dela
  • Sejam selectivos nas vossas batalhas. As vezes ter paz é melhor do que ter razão.
  • Não deixem para amanhã o que podem fazer hoje. Como viver por exemplo

Aqui ficam algumas dicas que gostaria muito que interiorizassem. Para mais informações e desbloquear a vossa maneira de pensar leiam o livro “Como deixar de se preocupar e começar a Viver” de Dale Carnegie.

A minha dica final será fazerem listas. Eu adoro uma listinha para ficar na agenda, no caderno ou até para pendurar em casa: Façam a lista do que acalçaram no ano de 2017 e o que gostariam de alcançar em 2018. Mesmo que sejam coisas insignificantes escrevam. Primeiro vão descobrir que no ano que passou fizeram muito mais do que tinham imaginado e isso vai dar-vos forças para começarem a fazer 2018 ainda mais.

A ver se ainda hoje vos ensino a fazer o mapa dos sonhos 🙂

Eu continuo nas minhas guerras e vitórias e foi mais um ano sem fumar…yupiiiiiii!!! Para 2018, adorava tirar um curso de fotografia, aprender a falar francês e a tocar piano, mas isso só vai depender de mim 🙂

Beijinhos e sejam felizes e mais humanos

Boas Entradas e um excelente 2018

Sofia