icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Novos Vícios

Como sabem eu deixei de beber 1,5L de coca-cola por dia, de fumar praticamente tudo ao mesmo tempo há 9 meses atrás.

Yeahhh grande vitória, estou tão feliz e tenho-me aguentado (bebo coca-cola em eventos, saídas à noite e jantares. nem nunca disse que iria deixar de beber).

Mas com isso vieram os kilinhos a mais e confesso que não me sinto nada feliz. Roupa mais apertada, o corpo mais pesado, o receio de vir a piorar, a proximidade do Verão :(.

Eu sei o que todos estão a pensar, mas não tens uma Nutricionista?! Sim tenho e é a melhor – Dinora Bastos – mas no outro dia falámos e com lágrimas eu admiti que tinha um problema (sim sei, tenho vários lol). Admiti que andava a fumar bolachas e chocolates (coisa que nem nunca gostei) entre outras coisas. Mas sem dar conta, dei por mim a entupir-me de bolachas, depois de almoço, do jantar, na tarde, de manhã, à ceia, etc. No entanto como estava a fazer tudo o resto bem, nem dei conta da gravidade. Foi como se tivesse apagado da minha memória.

Foi ai que entendi que apaguei o vicio do tabaco e da coca-cola, mas passei a ter outro, Comer. Se formos a ver os vícios estão relacionados com a nossa auto-estima, segurança, conflitos internos, desequilíbrios, amor próprio, faltas, falhas, medos, etc. Por isso mesmo que não esteja a fazer nenhum dos antigos eu passei a ter um novo para me manter ocupada e a satisfazer, mas não de forma positiva.

Pedi desculpas à minha querida Dinora e prometi que iria tentar concertar o meu interior e ganhar forças para manter o prometido. De nada adianta estarmos a fazer dietas se por trás vamos comendo tudo o resto. Há que admitir que estamos errados.

Desde então estou muito mais calma a comer e tenho evitado muito as coisas doces e as malandras das bolachas e do pão com manteiga.

Uma das coisas que cortei foi jantar fora, para evitar os excessos.

Meninas e meninos para terem sucesso numa mudança destas é preciso admitir primeiro que temos um problema, há que saber ler o interior, interpretar os sinais e concertar e só depois é que se deve fazer o resto.

Com o facto de estar sempre a trabalhar e com eventos deixei ter ter tempo e forças para treinar.

Beijinhos

Sofia

PS. Nunca gostei de doces, nem nunca tive necessidades de tal, mas agora entendo é porque a açucar da coca-cola era suficiente para enganar-me.