icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Hoje Celebra-se e Amanhã?!

Hoje celebra-se o Dia Internacional da Mulher. Este dia representa a luta pela igualdade e pelo direito ao voto, às mesmas oportunidades escolares e profissionais que os homens.

O que me custa aceitar este Dia é necessidade de ele ter que existir. A mulher para mim é igual ao homem. Somos feitos da mesma maneira, nascemos da mesma maneira por causa de uma mãe e de um pai, crescemos e morremos.

Existem diferenças físicas, emocionais, como psicológicas, mas isso acontece entre todos os seres humanos e não é por isso que deva existir descriminação.

Chamam-nos de sexo fraco porque temos menos força física que um homem, mas quem aguenta as dores do parto? e porquê devemos ser comparadas pelo tamanho dos músculos quando se fala em força intelectual? ou vamos todos trabalhar num ginásio ou nas obras?

Dizem que somos menos capazes profissionalmente, mas quem é considerado Multitask, porque conseguem fazer várias coisas ao mesmo tempo? porque é conhecida por depois de um longo dia de trabalho ir limpar a casa, cozinhar tratar dos filhos e quem sabe ainda ter tempo para o ginásio para estar linda e gostosa?

E o Qi, mas porquê existe a necessidade da comparação e desde quando a mulher é mais limitada intelectualmente de que um homem?

Se formos a pensar em todos os pormenores talvez por isso devêssemos ganhar mais, trabalhar menos horas, ter sempre o apoio de todos por sermos a geradoras das gerações, uma questão de respeito à Mãe!

E em vez de continuarmo-nos a preocupar entre a diferença dos sexos, as pessoas serem vistas e avaliadas como pessoas. Não acho que um homem tem que necessariamente executar qualquer função melhor que a mulher, cada pessoa é um exemplo e merece todas as oportunidades que as outras.

Será que me faço entender? Neste texto não tem a ver com guerra dos sexos, tem a ver com algumas mentalidades que continuam a achar que somos o sexo fraco. Really?!

E já agora meninas se se orgulham tanto em serem mulheres e neste dia em particular, porquê não começam por aceitar as outras mulheres como elas são? Sabem que acabamos por descriminar a “nossa gente” mais depressa que os homens? Somos às vezes mais machistas que eles e destruímos o ego mais depressa e deitamos a baixo e temos uma tendência feia em julgar as outras sem antes sabermos a verdade?

Desculpem o desabafo e a sinceridade, mas já me conhecem. Eu gosto de honrar as datas importantes 365 dias por ano e não apenas no dia. Se é para respeitar se é para aceitar se é para amar tem que ser hoje, amanhã e para todo o sempre.

Genuinidade é uma excelente característica e fazer um post com palavras bonitas e imagens e rosinhas não faz de nós melhores pessoas, faz apenas pessoas falsas porque lá no fundo não se cumpre o figurino.

Pensem bem e conversem com os vossos botões e tenham a certeza que cumpre e dignam o Dia da Mulher não a rotulando como outro sexo, mas como Ser Humano que merece todo o respeito assim os homens, os animais a natureza e tudo o resto.

Feliz Dia da Mulher e há tanto mas tanto a escrever sobre este dia

Beijinhos

Sofia