icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Eu Vivo com um Manipulador(a)?

Pedir desculpas sem ter feito nada

Ser controlado sem fazer nada de errado

Viver com as emoções descontroladas

Passar todo o tempo a chorar

Ter medo…muito medo…de tudo e de nada.

Viver sobre ameaças físicas e as piores de todas, as psicológicas

Depender completamente de uma pessoa e achar que sem ela não vai ser ninguém

Querer sair sem saber como

Ter vergonha de contar

Uns dias se sente Amado nos outros Odiado

Ter a certeza que vive com alguém que a vais destruir mas não sabe como a deixar

Se a tua vida é isto, é porque vives, convives, relacionaste com uma pessoa manipuladora.

É das relações mais destruidoras e podem causar danos graves na tua vida, mente e memórias.

Um manipulador pode ser família, amigos, namorados, conhecidos, patrões, colegas etc.

Por norma são pessoas muito socializeis e que toda a gente adora e torna-se muito dificil vê-los como más pessoas. Vivem como se fossem as vitimas e por isso tudo o que acontece, a culpa será sempre vossa, e aos olhos do Mundo vocês não passam de uns loucos descompensados…até porque na realidade estão assim. O que as pessoas não sabem é quem deixou-vos assim e o que se passa dentro de casa…fica dentro de casa :(.

O mais dificil da relação com o manipulador é sair dela. Deixar e afastar para sempre dessa pessoa que destrói. O sentimento de culpa é frente, os jogos da manipulação uma constante. Ora nos adoram, ora odeiam e dizem que estão fartos. Quando sente que a vitima quer sair e fugir mudam o jogo “Eu vou Mudar prometo”, quando acham que estão a perder o controlo tornam-se agressivos e destrutivos “Não vais ser ninguém sem Mim” “Vais ter com o Outro”…coisas deste género. E o medo está sempre presente: o medo, de apanhar, de ser verdade que não se presta para nada e que não vamos ser felizes e sobreviver sozinhos.

Mas tem que haver o dia em que se foge e não se volta e o Mundo não vos vais trair. O caminho é longo e doloroso como se estivesse a falar de uma droga, mas é o caminho mais certo para a vossa vida. Salvarem-se é o objectivo e Viver é o Caminho.

Quem está a passar por uma situação assim peça ajuda a um amigo, familiar ou a um especialista. Tenham um plano antes de partir e protejam-se das ameaças, das agressividades, dos temperamentos, das esperas, das surpresas e não se esqueçam quem é assim não Muda só tem tendência a piorar.

Normalmente as vitimas destas pessoas são carentes, submissas, meigas, disponíveis e muito crentes de que um dia tudo vai ficar bem.

Nestas relações não existe amor mas sim a posse, o controle, a exigência, a ganância e uma mente muito perturbada que não controla o que sente.

Cuidem-se e gostem de vocês.

Passei por isso e sei o dificil que é ultrapassar, por isso é que decidi escrever sobre este assunto

Beijinhos enormes, sejam felizes e mais humanos

Sofia