icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Detox de Ano Novo

Imagino que por esta altura aguardam ansiosos pelas dicas de Detox, após esta quadra festiva cujo tempo todo passamos a comer.

Mas vou deixar isso para os especialista da área, quero que se concentrem noutro tipo de Detox, mais emocional e que muitas vezes é o causador do vosso apetite. Sim a fome é mais emocional do que pensam. Pois pode ser uma compensação para quando se sentem muito tristes, inseguros ou até quando estão muito felizes.

Essa tristeza e insegurança está quase sempre relacionada com as pessoas que estão à vossa volta e no impacto que elas têm na vida.

Por isso nada como começar o Ano Novo sem as más influências, pessoas negativas e quem vos sugam a energia e a vossa luz.

Quero que fechem os olhos e pensem naqueles que não vos fazem felizes e nos que não acrescentam nada na vossa vida e nos que vos fazem mal. Essas são as pessoas que não devem entrar em 2018 convosco e devem deixá-las bem arrumadinhas em 2017.

Não há nada pior do que andar a arrastar relacionamentos, sejam de amor, amizade ou até família que se tornam um fardo para ambos os lados. Ou mesmo se já não têm essa pessoa concentrem-se em esquece-la, como dizem nos filme “Move On”. Não há medos e inseguranças, porque o vocês pretendem alcançar em 2018 é algo muito superior a tudo isso.

E se o vosso medo é do conflito, do confronto, falem a bem, coloquem um ponto final e expliquem porquê ou então até peçam aquele “tempo” que todos sabemos que será para sempre.

Se têm medo de ficarem sozinhos isso é um total disparate. Sozinhos como se vocês têm a vocês mesmos para vos fazer companhia?! Não é possível colocar nas outras pessoas esse peso e essa responsabilidade. Mas isso até pode ser tema para outra conversa que é como estar “Home Alone” feliz e contente.

Um coisa vos digo o tempo é vosso amigo e se alinharem com ele vão ver tudo de forma mais transparente, tranquila e dá-vos tempo para amadurecer.

Sem medos, cheios de força a pensar no vosso bem estar e na vossa felicidade, este é o conselho que vos dou antes de nos despedirmos de 2017

Beijinhos enormes e sejam felizes e mais humanos

Sofia