icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Depressão é como uma Erva Daninha

Estamos numa fase em que a Depressão deixou de ser uma moda e um lifestyle, para ser um assunto sério e de grande gravidade.

Várias pessoas são atingidas por ela ao ponto de ser assustador. Um dia estamos bem, no outro só queremos morrer.

Já estive lá e não quero voltar. Apesar de achar que um doente com uma depressão, mesmo depois de curado, fica sempre com raízes prontas a crescer como uma erva daninha.

É um problema que passou a ser social e que continua a haver muito medo de falar sobre o assunto ou algumas pessoas assumirem o problema. Parece que ter uma depressão é sinonimo de fraqueza ou de baixo nível.

Nada disso, esta porcaria apanha qualquer pessoa…MESMO. Por isso mais vale não brincar com o assunto e pegar o touro
pelos cornos e assumir de uma vez por todas que estão com um problema e procurar ajuda.

É normal que se sintam sozinhos e que a maior parte das pessoas se afastem de vocês. Elas não têm estrutura para aguentar ou acompanhar…deixem-nas ir. Se os amigos se vão é porque está na altura de encontrar uns novos.

Por isso caso sintam os sintomas de tristeza aguda, inercia, apatia para a vida, falta de vontade de viver e ser feliz, e acharem-se uma porcaria o tempo todos, feios, horrorosos e que são uns desgraçados, eis o que devem fazer e que não devem fazer:

1- Procurar um psicólogo ou psiquiatra e fazerem psicoterapia urgente.

Fiz semanalmente durante 11 anos. (A foto foi da ultima vez que carreguei na campainha para me abrirem a porta do Consultório em Maio de 2014)

2- Não se isolem em casa, de pijama o dia inteiro, sentados no sofá ou na cama a verem todos os programas deprimentes da TV. Saiam de casa!!!

3- Arranjem urgente uma actividade que gostem. Um hobbie que vos preencha. Eu refugiei-me na dança e no Gospel. Acabei por conhecer pessoas fantásticas que todos os dias me dão alegrias e que ajudaram a sobreviver.

4- Os anti-depressivos não resolvem problemas, apenas anestesiam e drogam-nos de forma a ficarmos sem opinião formada sobre nada, só ter vontade de dormir e não fazer nada. Já para nem falar da seca do desmame. Eu consegui com todas as minhas forças, sobreviver à depressão sem tomar anti-depressivos, porque infelizmente vi o que eles fizeram a pessoas próximas de mim.

5- A depressão é resultado de vários de factores maus, menos agradáveis, recentes ou antigos na nossa vida e como qualquer problema têm que ser detectados para serem tratados

6- Peçam ajuda, procurem ajuda!!

Beijinhos e as melhoras

Sofia