icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Aqui vou eu Novamente tentar

Como sabem que de ha um ano para cá aumentei de peso 7 kilos.

É claro que a olho nu e vestida ninguém dá por nada, mas o meu aumento de peso veio a reflectir-se na minha auto-estima, confiança e aos comentários na praia.

Podia dizer segura e feliz que a opinião dos outros não me faz mossa mas sabemos que isso não é bem verdade e o que é certo é que chego até a privar-me de alguns dates porque me podem achar-me na medida errada ou algum fofinho que eu própria ainda não descobri.

Mas isso agora nem interessa porque acima de tudo temos que pensar na saúde e no bem estar.

Na semana passada tive a minha 1ª consulta com a especialista de Nutrição Paula Henriques da Clinica iCare e a primeira coisa que ela me disse foi que estava com celulite e muita e pior que tudo é que estava inflamada…ela apertava e doía muito.

O primeiro passo a dar antes de começar um plano nutricional é fazer o exame de intolerância alimentar, coisa que já tinha feito no ano passado, mas como o corpo está sempre a mudar e a evoluir decidimos fazer novamente. As noticias podiam ser melhores mas entendo agora porquê me sinto inchada entre outras coisas. Praticamente tudo o que faz parte da minha alimentação actual eu sou intolerante (não é alérgica é intolerante). Trigo, Lactose, frutose…é para esquecer, mais os ovos, o bacalhau, sal etc.

As boas noticias é que detectado esta incompatibilidade, que até pode ser de momento, não eterna, eu posso a mudar a minha alimentação, a vida do meu corpo, do meu organismo e não só melhorar a minha forma física como também a beleza exterior (e interior como é óbvio porque a confiança vai aumentar).

Neste caso nem estamos a falar de sacrifício é apenas fazer um ajustes e escolher as coisas de forma diferente. Por exemplo evitar os leites, iogurtes, queijos manteiga, pão, bolos fofos, beringela, ovos, sal, mas posso perfeitamente comer pão e tostas sem gluten, broa de milho, queijo chedar, massas integrais, arroz branco, frango, atum, as papas de avei que estou viciada toda a fruta menos o abacate que também não morria de amores.

Vamos lá a ver se é desta que a boiá que nasceu à volta da barriga depois do 40 sai e se me sinto mais seca como era antigamente.

É óbvio que isto não vai tudo ao lugar sem desporto, as caminhadas em passo rápido, que devo fazer todos os dias durante 30 minutos para eliminar a celulite, beber 1l50 de água/ chá verde, comer mais devagar e com menos ganancia

Façam o vosso teste e estejam focados nestes resultados. A mudança só vai acontecer se partir de vocês essa determinação. E eu ando super determinada e cheia de vontade de mudar.

Beijinhos

Sofia