icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

A Flor que quer mudar o Mundo

Hoje conto-vos uma história verídica.

Uma história que não é minha.

Uma história linda que mexeu comigo.

Uma história que poderia ser de tantas pessoas, mas é apenas a história de uma mulher incrível.

Este fim-de-semana recebo um email como tantos outros que recebo. Uma mulher com nome de flor que se identificava com o meu blog, que me achava fantástica, que gostava das minhas dicas, etc.

Uma mulher que em forma de agradecimento gostava de partilhar comigo o que melhor sabia fazer: Massagens. Convidou-me para o seu espaço na minha próxima viagem ao Porto.

Aos poucos fui conhecendo melhor a Flor (nome fictício para este texto) e fui-me apercebendo dos seus likes, comentários no facebook, etc. e começámos a trocar mensagens e foi assim que fiquei a conhecer a sua linda história, por causa de um post meu em que simulava o cabelo curto.

“Corta” escreveu-me ela, “Corta que ele volta a crescer e dá a quem o merece!”.

Flor é uma mulher feliz, muito realizada, muito bonita, casada e com um filho. É uma mulher que se dedica de corpo e alma a si, à sua família e a outras mulheres. É uma pessoa que tem o dom de concertar pessoas com a alma partida, que um dia perderam a sua auto-estima, a sua força, beleza e vontade. Está preparada para dar e recebe com lágrimas, sorrisos e corações cheios.

Um dia olhou para o seu longo cabelo e quis doa-lo e oferecer para que uma mulher pudesse ter aquilo que ela tinha. E assim o fez. Começou a cuidar dele e chegada altura certa cortou e mandou fazer uma peruca, porque a entidade que devia, dizia ser muito caro. Para além de oferecer o seu bem mais precioso ela teve o cuidado de garantir que o seu cabelo iria ser transformado numa peruca para alguém.

15 dias depois, “Flor” descobriu que tinha um tumor cerebral. Teve que ser operada, fazer quimio, rádio, perdeu o cabelo a sua pele começou a envelhecer e mesmo assim não perder a vontade e força de viver. Sempre com um sorriso lindo e uma beleza que bem do coração, mesmo com os seus lenços e turbantes

Hoje, passados alguns anos continua com a mesma coragem, beleza e a sonhar. Já trocámos inúmeras mensagens sobre ela, sobre mim, sobre outras mulheres. Quer se dedicar a todas e ajuda-las a serem felizes a sentirem-se bem e maravilhosas graças ao seu enorme coração e às suas massagens.

Obrigada pelo exemplo que me deste “Flor”, vou adorar conhecer-te em breve

Beijinhos

Sofia