icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Qual o Peso do Teu Passado? e Quanto limita ao Teu Presente?

Vou dar-vos mais um conselho.

Eu sei que abuso um pouco nisto de vos tentar salvar, mas se eu pudesse ter evitado cometer tantos erros no meu passado como cometi, não teria perdido tanto tempo a sofrer como sofri. “Oiçam o que escrevo e não façam o que faço”

Eu acredito na mudança e que coisas boas podem acontecer-nos na vida. Somos fortes o suficiente para pregar umas rasteiras ao karma e a mudar o rumo do nosso destino, mesmo quando já está tudo escrito sobre nós.

É claro que se vão esperar que as coisas aconteçam só por acontecer…podem esperar sentados, até porque eu não estou a falar-vos de milagres, estou mesmo a falar de Vida Real.

Continuo a receber inúmeras mensagens de meninas (acredito que também aconteça com os meninos), agarradas à dor de uma relação que já não existe. Já o outro tem outra e continuam elas a sofrer porque “ele a deixou, ele a enganou, ele já tem outro e eu que sou infeliz!”e passam-se anos e continuam a transportar esta dor, este peso, esta relação que já não existe.

Eu cometi esse erro. Agarrei-me com toda a força a essa dor de ter sido enganada, de ter sido traída e de não querer nunca perdoar a pessoa e escolhi viver triste, amargurada, sobrecarregada (porque também não havida largado outras dores).

Basicamente o que estava a fazer era a carregar todas as minhas dores do passado, mas ao invés de ficar mais forte, ficava, cada dia que passava, mais cansada, mais pesada, mais triste e deprimida.

Com isto não avancei e perdi dias e dias, meses e meses e anos e anos a viver sobre uma nuvem negra. Atrai tudo o que era mau e vinha de esgoto porque recusava-me a sair de lá. Parecia que não havia salvação e pior que tudo é que não me permiti a ver a luz. Por muito que me mostrassem sentia-me sempre melhor a ter pena de mim, raiva do outro e aa esperar sabia lá eu pelo o quê.

Isto é o mal quando não deixamos a bagagem má da nossa vida. Ficarmos presos a um passado de dor é simplesmente não nos permitimos a ter um presente e um futuro de luz. Se for preciso finjam por uns tempos que estão bem, pode ser que pegue e que aos poucos comecem a sentir melhor. Saiam de casa, façam programas, viagem, conheçam pessoas novas, olhem para o sol, para a lua as estrelas, mas evitem olhar constantemente para a lama..

Custa muito, muito mesmo, tomar a decisão de dar a volta, de acreditar que tudo vai correr bem. Custa imenso dar um passo que nem sabemos para onde vai, mas custa-vos a vida se ficarem parados a sofrer.

Costumo dizer a quem perdeu alguém que a traiu ou que deixou de gostar de si “Só te fez um favor ir-se embora. Assim estás livre para encontrar o teu verdadeiro amor por ti e por quem te merece”

Hoje, depois de lerem este texto, quero que escrevam ou façam uma lista (adoro listas e nunca são demais). Como gostariam de se sentir que projectos têm para a vossa vida e os vossos sonhos!! Amanhã começam a dar o primeiro passo para a superação e vão prometer-se a vocês mesmos começar aos poucos a largar o vosso maior peso.

Beijinhos e sejam muito felizes

Sofia