icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Água, já Bebo Água!!!!

Como sabem, alguns de vocês no ano passado, em Agosto, mais precisamente, 1 mês antes de deixar de fumar, deixei de beber 1,5 litro de Coca-cola por dia.

Exacto, foi uma luta muito complicada pois eu era completamente viciada, ao ponto de comprar para ter sempre no escritório e se não tivesse começava literalmente a ressacar e a subir paredes.

Para quem não sabe não é só a coca a única droga branca, existe também o sal (coisa que também adoro), a farinha e o açúcar. Todas elas causam dependência e péssimos hábitos.

Água existia na minha vida, para lavar a loiça, tomar banho, dar mergulhos na praia e costumava brincar que bebia água sim, quando lavava os dentes “acaba sempre por cair uma gotinha”. Na realidade odiava beber água. Lá havia uns dias em que tinha um bocadinho de sede e deitava a baixo sem piedade uma garrafita de 0,55 e achava que estava muito mais saudável.

Mas apesar de ter deixado de beber o exagero que deixei de beber de coca-cola por dia e permitir-me a beber em jantares, saídas à noite, eventos, etc, mas apenas 1 copo a vontade de beber água não veio logo. Aliás posso dizer-vos que durante o ano de recuperação eu praticamente não bebi água. Arranjava uns chás, uns sumos, inventava umas águas com sabores e pouco mais, mas sempre em quantidades iguais a 1 copo.

Na minha viagem aos Açores tive no 1º dia um ataque de pânico. Um dos efeitos secundários é ficar sem saliva, secar a boca e eventualmente deixar de engolir…o que me deixa muito muito atrapalhada e com apneias, enfim o horror e uso líquidos para manter os fluidos da boca e facilitar tudo o resto e evitar o pior. Naquele dia de noite, perdida no meio do nada, sem rede, sem ver pessoas, casas, vacas e sem entender onde estava debaixo de chuva, nevoeiro e todos os maus pensamentos de uma cabeça em pânico, eu não tinha água….nem 1 gota. Para quem ainda tem dúvidas, eu sobrevivi :D.

No dia seguinte decidi comprar uma garrafa de 1,5L e prometi-me beber essa quantia todos os dias da minha estadia e manter-me sempre hidratada. Assim o fiz. Todos os dias comprava uma garrafa e de noite terminava-a de beber. É claro que as idas à casa de banho aumentaram ao ponto de ser quase de 5 em 5 min. O que nos vale é que todos os miradouros de S. Miguel estão equipados de uma vista deslumbrante e de um WC.

Quando cheguei a Lisboa decidi, mesmo achando que a água me engorda LOL…ou incha para os especialistas a manter o mesmo ritmo de consumo de água.

E assim tem sido, de há 2 meses para cá 1,5 L de água por dia. Com isto, não só passei a conhecer todas as casas de banho publicas do País e até experimentei os “buracos” chiques na auto-estrada a caminho de Lamego, eu e mais alguns camionistas; mas a minha pele está linda e maravilhosa, mais hidratada. Eu passei a suar no ginásio e passei a ter sede e necessidade de beber água.

Por isso confirmo quase a terminar este longo texto que Água é Vida e que eu estou a gostar de Viver!!!

Nota importante, só gosto de água se beber de uma garrafa, por um copo já me sabe mal. Eu nunca disse que era normal 😀

Bebam água e muita

Beijinhos

Sofia

PS. Usem a água com moderação e valorizem a sua utilização no vosso dia-a-dia. A água está em vias de extinção e quanto mais pouparmos, mais ela dura e a mais pessoas ela pode chegar

Pouring water from bottle into glass on blue background
Pouring water from bottle into glass on blue background