icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

O Mundo está Cheio Deles

Pessoas que querem muito ser amadas acabam sempre por acabar nas mãos erradas e em situações muito complicadas de sair.

O mundo está cheio de pessoas carentes, que sonham em encontrar o amor, querem muito sentirem-se amados e viver a felicidade que tantos outros casais vivem. Querem ter a sua história de amor e por isso tornam-se alvos fáceis!

Infelizmente o Mundo também está cheio de pessoas manipuladoras, desequilibradas e mal formadas que se tornam autênticos sugadores de felicidade e capazes de destruir uma vida.

O esquema é muito parecido em todos os casos. São pessoas sociais, adorados por todos, com todas as características ideias para uma mulher/ homem se apaixonar e sonhar alto

A relação torna-se séria em pouco tempo, pois eles têm muita urgência em ter tudo muito real e intenso.

Começam a vir os primeiros sinais, aos poucos tudo começa a mudar e é normal que a vítima acredite que seja por amor, até cair em si e ver que faz parte de uma relação doentia (isto pode demorar anos) e sem saída (tem saída, mas dificilmente a vai encontrá-la sozinha).

Quando dá por si, já está isolada de amigos, num esquema de agressões verbais e até físicas.

Contar implica assumir e desencadeia novos medos difíceis de superar. Então fecha-se num mundo que não suporta mas que acredita que tem que viver, até, sabe-se lá quando.

Para os que acham que é fácil libertar-se de uma relação assim, acredite que não é pois a vítima é massacrada diariamente de forma a ficar mais fraca, instável e insegura. Aos poucos perde as forças e até a razão. Como está sozinha poucos sabem do que realmente se passa.

Infelizmente a justiça não faz muito nestes casos e muitos casos acabam em tragédia. O agressor quando se sente ameaçado torna-se mais forte, inconstante e desequilibrado. Tem medo e por isso deixa de pensar de forma lógica e coerente.

Se souberem de casos destes não abandonem os vossos amigos e ajudem-nos a encontrar uma solução.

Beijinhos e força

Sofia