icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Como Usar Acessórios

Eu sou uma pessoa que gosta de seguir as tendências desde que se mantenha o gosto pessoal, o estilo próprio e que se seja feliz. Tirando isso o resto são modas.

Por isso aquela historia de que agora já não se combina os sapatos com as clutchs é “treta”, cada um faz o que quer, ninguém vai ser excluído por causa disso e se for é porque definitivamente fazer parte do grupo errado.

Aceitar os outros é o primeiro passo para nos aceitarmos a nós próprios. E já dizia o sábio povo “Gostos Não se Discutem”.

Mas para quem gosta de seguir as tendências deixo aqui a minha humilde opinião .

A clutch não tem que necessariamente ser igual aos sapatos como antigamente. Até o tecido tinha que ser o mesmo o acabamento, etc, mas pode combinar, ter os mesmos tons, mas não é obrigatório. Para um evento formal em que se usa o classico vestido preto gosto muito de ver sapatos ou cluths excêntricas com cores garridas (Clutch Décolleté).

Os colares querem-se gigantes e ostensivo como se tratasse de uma noite de Oscares mesmo que seja em cima de um fato de treino. Podem usar o extremo absoluto, mesmo que pareça exagero (colar Maria Morango).

Os brincos estão a ganhar terreno em relação aos colares. Enormes, brilhantes e dignos de uma princesa. Parecem autênticas jóias da Rainha. Mas se optarem pelos brincos, mesmo com o look muito descontraído, não usem colares grandes para não parecerem uma árvore de Natal. Optem por um ou por outro. (Brincos Boneca de Trapo)

Por outro lado os colares muito fininhos e discretos estão também muito in. Daqueles que usamos sempre a toda a hora e momento, que nos acompanham de manhã e de noite e que nunca saem. Normalmente sao escolhidos por serem originais mais eu prefiro que tenham um significado para mim como o Cristo e o meu nome “Sofia”. Não os deixo nem por nada, funcionam já como amuleto da sorte (USE ME)

Quanto aos anéis os da falange continuam a fazer sucesso. Primeiro estranha-se, mas depois viciam.

 

Espero que vos ajude a decorar melhor.

Beijinhos

Sofia