icon-arrowicon-facebookicon-googleplusicon-instagramicon-pinteresticon-playicon-searchicon-twittericon-youtube

Must Have Top Crops

Para muito os Top Crops ainda são um não no guarda-roupa. Por vários motivos, porque acham que já não têm idade para os usar, porque a barriga já não é que era e não se sentem confortáveis em mostrá-la e outras porque são mais discretas e não gostam de chamar a atenção e acham que é uma moda das miúdas e teenagers.

Não sei se é por ser do contra ou por achar que ainda tenho perfil para isso, mas na realidade cada vez gosto mais dos Top Crops e lá ando a mostrar a barriguinha e o estômago de vez em quando, mas sempre com cuidado para não ficar ridículo ou improprio para a minha idade e condição física.

Mas a principal razão que eu adoro os Top Crops é porque são perfeitos para usar com as minhas saias e calças justas de cintura subida. Assim fica pela linha da outra peça e não preciso estar atafulhada e a entalar a roupa por baixo das saias e das calças, que no Inverno é fácil graças aos collants mas no Verão fica tudo mais à solta e optimo para se enrolar e começar a subir até ficar com um chouriço debaixo das saias e com um volume a mais que todas dispensamos.

Deixo alguns dos meus momentos Top Crops e a revelação de hoje. Que não é um vestido mas um crop top muito parecido que comprei na Newyorker ontem com a saia do ano passado da Primark. Assm podem ser usados por mulheres mais fortes, mais velhas e mais discretas.

Beijinhos

Sofia

Finalmente Justiça

Alguns anos atrás, pedi para que alguém no Governo (o outro, não este) que me ouvisse sobre algumas sugestões que tinha, referente à defesa e protecção dos Animais, de forma a evitar o abandono, os maus tratos, o aumento de natalidade etc.

É claro que ninguém me quis atender e a minha frustração aumentou ao longo dos anos e tive mesmo que me desligar deste assunto. Não consigo ver, não posso pensar nem imaginar, que alguém é capaz de maltratar um animal. Nem das baratas que eu odeio deixo matar. Todos temos o direito à vida, ao respeito e à dignidade.

Partilho hoje convoco as minhas ideias. Felizmente aos poucos algumas das medidas que eu imaginei, estão a ser adoptadas:

– Maltratar dos animais é CRIME!!!!! Excelentes noticias!!! Já vi que andou tudo a partilhar pelo facebook esta nova lei. Vamos apenas aguardar para ver se as autoridades cumprem essa regra ou quantos vão olhar para o lado…

– Ao que parece o António Costa (por coincidência….em época de eleição…mas isso agora nem interessa) proibiu o abate de cães e gatos nos canis de Lisboa. Isso é musica para os meus e para os ouvidos de muita gente. E que os veterinários locais terão que esteriliza-los de forma a diminuir a natalidade. Sempre disse isso

Há muitos anos atrás, o Jardim de Oeiras sofria um grave problema com os ratos. Ao colocarem veneno os animais que lá passeavam acabavam por morrer para além dos ratos. Então decidiram o seguinte: A Câmara (Isaltino Morais) recolheu a maior parte dos gatos abandonados e distribuí-os pelos veterinários locais de forma a que os operassem impedindo-os de procriar. Quando estavam bem soltavam os gatos no jardim. Os gatos comiam os ratos e todos viveram felizes para sempre, até alguns ratos que conseguiram fugir a tempo :).

– Proibir a venda de animais nas lojas de animais. Já para nem falar no estado em que a maior parte dos bebés Cães e Gatos se encontram. Em que as gaiolas são pouco limpas, não apanham sol, passam o tempo fechados, sozinhos à espera que alguém os compre. A compra na loja a maior parte das vezes é uma compra por impulso e que tende sempre a aumentar no Natal. A maior parte das pessoas nem sabe nada sobre a raça, se cresce se fica pequena, se vai ter paciência para ter um cão, para o ensinar, etc.

As pessoas pensam que um cão e um gato é um brinquedo e tratam-no como um capricho, sem paciência, sem tempo e sem amor.

– A venda de animais de raça seria feita apenas junto de criadores, devidamente registados e que tivesse controlos apertadissimos sobre os nascimentos e a quantidade de vezes que a mesma cadela tem ninhadas. Há criadores que fazem com que a mesma cadela tenha milhares de ninhadas e os animais têm um limite para o fazer. Outros não têm cuidado e deixam mães, filhos e irmãos  cruzarem…o que dá sempre asneira genética.

– A aplicação do chip deveria ser obrigatória na primeira consulta do cão. Mesmo que não fosse possível, porque o animal é muito pequenino (a partir dos 3 meses já podem), essa informação deveria constar na base de dados do veterinários e relembrada sempre que o dono lá fosse. Num mundo perfeito, os Veterinários enviaram às Câmaras as listagens dos novos animais com os dados dos donos, para que o controlo fosse feito via mais legal.

Ficam aqui as minhas sugestões. Espero que este problema dos animais com o tempo vá diminuindo. Os animais não merecem mais nada para além, do nosso amor. Se possível adoptem em vez de comprar. Façam como eu faço há 20 anos e não me arrependo nada, bem pelo contrário. Sou e fui muito feliz com todos os animais que tive, cães, gatos, passarinhos, tartarugas e todos os bichinhos que nos passaram pela vida. Quando falo em nós incluo a minha família, amigos e funcionários. Sempre foi tudo tratado com o maior amor, carinho e respeito.

Espero que façam o mesmo e por favor antes de abandonarem os animais, peçam ajuda, falem com amigos, com instituições, com os veterinários ou até comigo.

Beijinhos grandes a todas as pessoas que diariamente fazem de tudo para os animais sejam felizes!!!

Sofia

 

 

Como escolher um Fato de Banho Masculino

Não sei…querem que continue a dar dicas para os homens?
Que tal agora escolher o fato de banho mais giro?
Eu gosto muito de ver que os meninos na praia, cada vez mais preocupam-se com a sua imagem e conformo.

Uns mantêm o estilo mais surfista: calções mais compridos (por favor deixem a cima do joelho, principalmente para quem é baixinho), calções demasiado compridos fica horrível e corta a perna

Outros usam os calções mais curtos, para queimarem mais perna. Que fica o máximo para

quem as trabalha no ginásio. Perninha fininha e com pouco músculos não fica bem com calção curto. Para quem os usa com confiança, cuidado quando estão deitados na toalha com a perna aberta…..

Quanto às tangas…não são o meu forte, até porque acho que é preciso um corpo de nadador olímpico para ficar bem e nem todos os que usam ficam interessantes. Mas isso tem a ver com o meu gosto pessoal, cada um usa o que apetece e gosta mais. Só relembro é que tem muito……material….fica sempre demasiado exposto e é normal que se olhe e comente, para o bem ou para o mal. Quanto às tangas brancas….nem todas são devidamente forradas…e depois passam o dia na toalha porque se molhar….vai mostar!!! :P.

Não tenham medo de usar cores, padrões divertidos, nós meninas achamos piada e tenho a certeza que poucas vão ficar indiferentes. Hoje em dia quase todas as lojas têm Calções interessantes e se não gostarem podem ser comprar online

Ficam alguma imagens para se inspirarem e as meninas suspirarem lol

Beijinhos

Sofia

 

“Esticar” a Roupa!!

Este não é um assunto recente aqui, mas acho que mais uma vez mostrar versatilidade da roupa não faz mal a ninguém.

Como usar algo de maneira diferente fazendo com uma peça de roupa pareça 2. É mais uma forma de “esticar” a roupa,

No caso que partilho uma túnica, que tenho há mais de 15 anos comprada na feira de Carcavelos e que continuo a adorar e que já fez todas as minhas ferias de verão desde então. Este ano quando a ia usar, achei-a muito curta, então 1º coloquei uns calções brancos por baixo, mas adorei quando usei a túnica dentro dos calções. Ficou tão giro!!!

Agora sinto que tenho mais 1 peça porque a posso usar de diferentes maneiras. Experimentem!!!

Beijinhos

Sofia

Onduzação ZigZag muito económica

Meninas,

Bom dia,

Ontem dormir com o cabelo cheia de tranças. Como não sou muito organizada, cada trança tinha a sua espessura, mas o meu cabelo já é bem ondulado por isso não é grave.

Mas o que quero explicar é que depois de ter feito as tranças borrifei o cabelo e as tranças com um produto de hidratar. Pode ser qualquer um. Mas ai humedecer, faz com que o cabelo seque com os jeitos, neste caso, ondulação.

De manhã desmanchei as tranças com os dedos, passei um creme hidratante em todo ele e evitei pentear com escova para manter a ondulação o mais possível.

Fica aqui mais uma experiência prática, económica que podem experimentar para mudar o cabelo

Beijinhos

Sofia

Passatempo Gel Reafirmante – Nara

Já que na semana passada escrevi sobre o Gel Reductor Reafirmante da Nara e a maior parte das meninas continua muito curiosas sobre os seus resultados (eu estou a usar desde sábado e vou fazer 2 semanas, para confirmar o resultado), decidimos fazer um passatempos para sortear a sorte de alguém que precise mesmo da ajuda deste creme para perder uns centímetros e ficar mais firme.

Coloco o meu artigo para que conheçam melhor o assunto http://diariodeumbatom.com/sem-categoria/gel-redutor-reafirmante.

Mas agora saibam o que preciam fazer para ganhar este fantástico creme

Continuar a ler

Passatempo Ocean Spray – Franck Provost

Vocês elogiaram tanto o meu cabelo quando andei a testar o “Ocean Spray” de Franck Provost que pedi para fazermos um passatempo. Assim quem não vive em Lisboa tem aqui a oportunidade de o ganhar, já que é um produto que só se vende no salão flagship Franck Provost Paris, em Lisboa (R. Braancamp, 11 C – Lisboa).

Vejam o vídeo que fiz para ondular os meus cabelos utilizando o “Ocean Spray”

Continuar a ler

Dançar no Tivoli – Jazzy

Ontem foi a apresentação final da escola de dança Jazzy Dance Studios. Não vos disse nada, porque já me bastavam os nervos que não queria mudar a tradição, Confesso que sou supersticiosa ao ponto de nunca convidar ninguém para me vir ver dançar, não faço grande alarido nas redes sociais, até tive medo que a sorte me mudasse quando soube que uma das minhas professoras ia estar presente, porque nunca consegue estar.

Mas depois dos nervos e os ataques de ansiedade passarem, consegui finalmente recuperar o bom senso e começar a divertir-me. É uma grande pressão, mas que na realidade é colocada pelos alunos. É claro que ninguém gosta de se enganar em palco, principalmente quando estamos a falar de um “monstro” como um Tivoli esgotado.

Ao menos de alguma coisa serviu-me (e outras claro), o meu ex namorado, quando me enviou uma mensagem num dia como estes antes de uma actuação no Santiago de Alquimista em que estava quase a ter um colapso pelos nervos “este dia é para te divertires, desfruta”. Plimmm, fez-se luz. Realmente somos alunos, estamos e vamos dar o nosso melhor e não somos profissionais. É o dia da escola de milhares de turmas e ontem estiveram, cera de 250 alunos a actuar, o que não é brincadeira nenhuma e foi o máximo!! O ambiente nos camarins, a animação, a diversão, o apoio que deram uns aos outros foi maravilhoso.

Apesar de hoje em dia já controlar muito mais os nervos, aprendi a estar calma, a relaxar, a ter o meu momento zen antes de entrar no palco em que revejo na minha cabeça a coreografia, a libertar-me na altura certa, a não permitir que ninguém me enerve ou me prejudique com as suas ansiedades.

Estas semanas de ensaios até à meia noite quase todos os dias foi muito cansativo, mas repetia tudo novamente, ou continuava pelo menos mais 1 mês. Hoje estou “morta”, mas tão VIVA por dentro, porque mais uma vez consegui, dar o meu melhor. Diverti-me ao máximo. Sei que ajudo outras pessoas a sentirem-se melhores com elas mesmas e mais confiantes. Dei tudo o que sabia e que tinha no palco.

Quero agradecer à minha Jazzy por nos proporcionar este grande momento no final do ano e tantos outros durante o ano. À minha professora Vanda Gameiro que será sempre uma inspiração para mim como bailarina e amiga (coreografia de Burlesque – Tango Roxanne). À minha querida Ana Cartaxo que adoro de coração e sua “sócia” Sara Claro que nos brindaram com as animada coreografia de Glenn Miller e Cats – Broadway. A todas as minhas colegas “de dança” que me acompanham nestas aventuras e que me aturam, nas macacadas, comentários, piadas, cantigas e dançariquices e às nossas companheiras de camarim, um grande obrigada assim como tantas outras pessoas queridas que me apoiaram enquanto viam o espectáculo com mensagens carinhosas.

Deixo algumas imagens que representam aquilo que se passou ontem e que tanto segredo fiz

Beijinhos e vou tentar encontrar os videos para vocês verem as actuações, que é giro e quem sabe vos consiga fazer mudar de ideias em relação à dança

Sofia

 

Falta de Civismo enlouquece-me

Eu sou uma pessoa muito pacifica e tranquila, mas se há uma coisa que me tira do sério, que me revolta e confirmo que quase me torno violenta (isto porque não bato em ninguém, mas na minha cabeça há toda uma cena de pancadaria a decorrer, em que espanco aquela pessoa com rotativos estiloVan Dam) é falta de Civismo.

As pessoas são sabem viver em Sociedade e pior de tudo não querem aprender, podendo até garantir que há pessoas que se comportam como autênticos selvagens.

Hoje a sair do IKEA, estava na fila para o elevador e mesmo sabendo que ele é enorme e espaçoso, acho que tem que haver um respeito pela ordem de chegada. Uma senhora que chegou depois de mim num carrinho das compras, estava toda decidida a ser a 1ª a entrar. Colocou-se de lado e nem quis saber quem tinha chegado primeiro. Comecei lentamente a prever e a ferver, mas mantinha-me calma e tranquila.

Continuar a ler

A Gata Borralheira

Tem-me acontecido muitas vezes, quem me conhece na praia, não me reconhece fora dela e principalmente como vocês estão habituados a verem-me nos looks do dia.

O mesmo acontece com pessoas que me conhecem fora da praia e me vêm chegar sem maquilhagem e sem saltos altos. À 1ª não entendem que sou eu.

Para mim, que até me considero uma mulher vistosa, na praia sei que sou transparente. Jogar bem raquetes é um ponto a meu favor e quem sabe depois de me conhecerem a simpatia ajuda assim como alguma conversa mais interessante, mas definitivamente na praia não é um local que vou ter muitos homens a meterem-se comigo, tenho a plena consciência disso.

Evito sempre, o cliché, depois de conhecer alguém, de me encontrar com ela na praia, porque ultimamente sinto-me um “Ora Bolas”… “Gata Borralheira”

Aconteceu-me este sábado um rapaz com quem costumo fazer praia, chegar-se ao pé de mim e dizer, “tens noção que só entendi agora quem eras?!” “Afinal Tu és um mulherão! Já me podias ter dito que eras assim?.”  lol e depois querem me convencer a andar sem saltos e sem maquilhagem…Nunca!!!! Ele passou a noite toda a fazer a comparação de eu ser mais gira arranjada do que na praia….como se eu não soubesse!!! What’s New!! De Noite sou Gata que Mio na praia Sou Gata Apagada.

Quando o miúdo giro meteu-se comigo e no dia seguinte queria ter ido ter comigo à praia, pensei: “vou avisa-lo não vá ter uma desilusão”….felizmente acabou por não ir e até hoje tem uma ideia minha de uma mulher bonita e bem arranjada. Não o quero desiludir e deixar-lhe na imagem a minha versão de Gata Borralheira das Avencas, que alias cada vez, sinto mais quando tiro toda a minha produção diária: maquilhagem, roupa, lentes, etc

Continuar a ler